Últimas Notícias

'La Casa de Papel', 'Big Little Lies', 'Olhos que condenam' e 'The Boys' - Diário de um Viciado em Série


A vida de um viciado em série segue, com milhões de séries pra assistir e pouco tempo pra isso. Mas tem séries que você tem que parar tudo que está fazendo e assisti-las, como no caso de 'La Casa de Papel'.

Isso porque o perigo de spoilers é eminente, praticamente instantâneo. É a série modinha da Netflix, que veio pra uma terceira temporada retomando a grande franquia que se tornou após o estrondoso sucesso na plataforma. E veio mantendo a mesma estrutura de seu início, que se baseou em um grande roubo, mas que também deu sequência aos momentos que tinha nos deixado, que até àquele momento se tratava de um 'fim'.

Foram ótimos episódios que compuseram sua terceira temporada, com muita ação, tornando a maratona rápida e eletrizante. Sim, mesmo mantendo parte do roteiro de forma novelesca, "La Casa de Papel" é uma das séries mais gostosas de se ver.

Ao contrário de "Big Little Lies" da HBO, outra série que tinha data pra terminar e também foi alongada devido ao seu sucesso. Porém, após os primeiros episódios, aquela pergunta obrigatória vinha em mente: "Porque diabos essa série teve que continuar?" Mas após meados da segunda temporada a série decolou, após afunilamento entre o embate da série, com as magníficas atrizes Nicole Kidman e Meryl Streep. O clima jurídico lembrou as belas e grandes séries jurídicas, enquanto o clima familiar pegava fogo. 

Ao fim, "Big Little Lies" mostrou que tem mais histórias pra contar, agora que se restruturou como série, deixando o rótulo de minissérie para trás. Quem venha a terceira temporada.

Falando em minissérie, essa que com certeza não terá continuação, terminei de ver "Olhos que condenam", minissérie da Netflix baseada em fatos reais. Como eu adoro séries e filmes baseados em fatos reais, vocês não tem noção! E por isso mesmo o impacto é grande, pois sentimos na pele a dor que aqueles cinco jovens sofreram e sofrem até os dias de hoje.

"Olhos que condenam" tem apenas 4 episódios com 60 a 90 minutos cada, que traz uma história impossível de se desviar os olhos. Uma maratona absurdamente rápida, pois a trama é completamente envolvente. Felizmente o fim compensa, pois a injustiça é uma das coisas mais deploráveis da humanidade, ainda mais da forma que foi. 

Mudando totalmente de assunto, conferi a nova série da Amazon, "The Boys", que mesmo se tratando de super-heróis, a série traz um outro ponto para o tema, onde esses super-heróis são do mal, criminosos, e os seres humanos responsáveis por detê-los. Cenas de sexo, nudez, palavrões, tudo que uma série de super-heróis não pode ter, ela tem. Mas é uma produção claramente voltada para maiores de 18 anos.

Com o passar dos episódios somos aprofundados ao roteiro, que não se baseia apenas em mostrar os poderes dos crápulas, mas como surgiram e quem está por trás disso tudo. Uma ótima série.

Hoje só falei de ótimas séries, adorei todas elas. Atualmente estou terminando a terceira temporada de "The Handmaid´s Tale" e "The Good Fight", séries que gosto muito mas estava protelando-as. Devem aparecer aqui nas próximas postagens da coluna "Diário de um Viciado em Série".  

Nenhum comentário