Diário de um Viciado em Série: Luke Cage, Samantha, The Rain, GLOW e mais!


O problema de série ruim: você empaca na temporada e acaba atrasando toda a sua grade.

Maldito problema de não gostar de deixar temporadas inacabadas, mesmo gastando "10 anos" para terminá-las. Foi o que passei com a segunda temporada de Luke Cage, parecia que eu nunca ia terminar a temporada de tanto que ela foi arrastada. Cada episódio parecia durar umas três horas.

A reta final da segunda temporada foi até boa, mas "até boa" não dá mais, pois pra chegar até esse momento, tive que engolir muito marasmo, presenciar uma produção cheia de conveniências e um roteiro cheio de furos. Já não tinha me animado muito com a temporada de estreia, então com essa segunda, acho que não volto mais.

Costumo insistir com algumas séries, pelo menos tentar fechar a temporada, mesmo aos trancos e barrancos. Procuro ver comentários de algumas pessoas na internet, críticos, amigos...  Acabei confiando no post do Davi Garcia, pessoa que admiro bastante, mas Davi, não Davi, não.
Sim, boas referências ao Poderoso Chefão, a trilha sonora é um ponto alto da série, que sim, tem acertos, mas no balanço geral, tem mais problemas que acertos. Terminei e parei a temporada várias vezes. Nessas pausas, vi a primeira temporada de Samantha, série brasileira da Netflix e fiquei surpreso: realmente, muito boa, leve e divertida. Mas acho que quem viveu a infância nos anos 80, meu caso, irá gostar mais. A juventude de hoje pode achar a série baranga.

Antes que eu me esqueça: o que fizeram com Arrested Development?!

O ponto alto de Samantha foi a transição entre o passado e o futuro da história, pois inseriram redes sociais e situações que vemos atualmente. Grande acerto da Netflix, já não vejo a hora da segunda temporada.

Mas a Netflix, as vezes, faz um "mal"...! As vezes a comodidade faz a gente começar alguma série do catálogo, é muito cômodo. Foi então que comecei The Rain, série curta, dinamarquesa, e que tem um piloto bem instigante. Fui conferir o que disse meu amigo André Zuil e acabei dando uma chance para a série.
The Rain apresenta uma trama bem interessante, mas se perde muito rapidamente. Acaba ficando morosa e desinteressante. Felizmente é curta, não sei se dá pra aguentar 13 episódios de uma hora, como Luke Cage. Mas ainda é uma série que aguça a curiosidade, gosto disso, devo ver a segunda temporada.

Parece que o Zuil também desanimou nos episódios posteriores.
Ainda dentro da Netflix, conferi a segunda temporada de GLOW, que começou bem devagar mas melhorou muito a partir da metade da temporada. Quando eles, definitivamente, botaram as garotas pra brigar, a temporada melhorou muito, pois esse é o grande ponto alto e objetivo da série. A trama dos personagens tem que estar conectada ao mundo da luta livre feminina, o tempo todo, e não solta como vi na sua primeira metade.

Nesse quesito concordei muito com o Michel Arouca do Seriemaníacos, vi seu post antes de começar a série (não gosto de saber, foi sem querer) e foi bem por aí mesmo.
Nesse meio tempo decidi que vou ver algumas sitcons famosas e que não pretendia ver. Até as que eu dizia que nunca ia assistir. Sitcons é muito tranquilo de ver, 20 minutos, na hora do almoço, numa sentada você vê um ou dois episódios. Vi a primeira temporada de The Big Bang Theory, as duas primeiras de Seinfield e estou vendo a primeira de Tho and a Half Man, já tinha visto uma temporada da série após a saída de Charlie Sheen. Mas parece que vendo apenas uma temporada dessas séries você nem precisa ver o restante.

Agora é partir para novas séries, ou melhor, ver as atrasadas. Só que nada de Netflix, por enquanto, vou acionar o bom e velho Torrent, com a segunda temporada de The Handmaid's Tale, Atlanta, The Good Fight e tentar terminar a segunda temporada, também, de Westworld. Parei no sexto episódio, estava um porre, mas como sou insistente...

Terminando volto aqui pra comentar.
—//—

Recomendo: Samantha e GLOW — Não recomendo: Luke Cage e The Rain


Diário de um Viciado em Série é a nova coluna do site, que abordará superficialmente a minha grade de séries. Espero que gostem.

2 comentários:

  1. Gosto de Luke Cage... Mas Samantha! realmente superou as expectativas. Ainda quero ver Glow, mas The Rain por algum motivo não me chamou atenção. E olha que adoro suspense. Te recomendo The Man in the High Castle (tem no Amazon Prime), Party of Five e Anne with an E. As duas últimas são ótimas para se ver em família.
    Adorei a nova coluna.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.