TOP 10 Melhores Séries de 2017



Fim de ano, hora de recapitular tudo de bom que aconteceu na tradicional lista com as melhores séries da nossa temporada. Desde 2010 listamos aqui as 10 produções que se destacaram no ano. Em 2017 foram exibidas ótimas séries, mas ainda espero aquela série fenomenal, arrebatadora, daquelas que fizeram o telespectador literalmente pirar. Séries como Breaking Bad, LOST, Fringe, Friends, a 5ª temporada de The Good Wife, a 4ª temporada de Sons of Anarchy ou a 1ª temporada de Prison Break. Tivemos ótimas séries em 2017, mas reitero, falta aquela série que traga o famoso diferencial para a TV. 

Essa lista é feita por apenas uma pessoa. Como sempre, é quase impossível acompanhar todas as séries que foram exibidas e/ou que pretendia ver. Algumas não vão entrar nessa lista porque eu simplesmente não terminei de vê-las, como The Deuce, The Crown, This is Us e Twin Peaks (que precisa estar atualizado com TODA a série para acompanhar a nova temporada). 

Além de acompanhar as novas séries, dediquei o ano pra colocar em dia séries históricas como The Sopranos, The Wire, Six Feet Under e as recentes encerradas The Knick e Rectify. Séries brilhantes e obrigatórias para todo Viciado em Série. Séries que fazem falta, do tipo que mencionei no início desse post. 

Separei 19 séries para montar esse TOP 10. Portanto, 9 ficaram de fora, apesar de serem também ótimas séries. São elas: 13 Reasons Why, Bates Motel, Homeland, House of Cards, The OA, Vikings, Stranger Things, Santa Clarita Diet e Ozark.

Sobraram então, segundo o Viciado em Série, as 10 melhores séries de 2017:



10 - Game of Thrones

Poderia estar facilmente no TOP 3. A produção é sempre impecável, mas sua sétima temporada teve problemas de roteiros e comodidades que não podemos deixar passar. Mesmo assim, tem que estar entre as 10 melhores séries do ano. Uma última temporada está sendo produzida. Pode colocar a série no ápice de todos os tempos ou deixa-la como a maior decepção da história, não terá meio termo.


09 - Dark

Uma grata surpresa. Nunca teríamos visto essa série se não fosse a Netflix. Produziu uma série Alemã e a viralizou pelo mundo. Uma série que te desafia, exige dedicação do telespectador e o recompensa no final. Série sobre viagem do tempo e que colocam os mesmos personagens interagindo com suas versões do passado e futuro.


08 - Mr. Robot

Tem um pouco daquele diferencial que pedi no início do post. É a melhor série do tema Hacker de todos os tempos, digamos de passagem. Acompanhamos o tema de uma forma nunca vista na TV, atrelado ao drama de psicopatia vivido pelo protagonista Rami Malek, que mais uma vez fez um trabalho fantástico.


07 - The Good Fight

É The Good Wife sem Alícia. Sem censura, com nudez e palavrões. Drama que tirou o melhor de The Good Wife (que acabou sem acabar) e mantém vivo o drama jurídico em alta qualidade na TV. É a TV aberta se tornando TV a cabo, abrilhantando o serviço de streaming da CBS.


06 - Narcos

Mesmo sem Pablo Escobar. Confesso que não esperava muito da temporada após a morte anunciada do até então protagonista da série, mas a série mostrou que o protagonista não é nenhum personagem e sim, o Narco tráfico histórico da Colômbia. Tivemos episódios de tirar o fôlego, literalmente


05 - Big Little Lies

Uma minissérie que virou série. Impressionante e pesada, com drama sendo contado por excepcionais atores e um roteiro brilhante. A série te prende até o último segundo. A tensão te envolve e aguça a nossa curiosidade, para chegar ao fim derradeiro, fechando redondamente a história de, acima de tudo, mulheres guerreiras.


04 - Black Mirror 

Esperei até o ultimo dia do ano por Black Mirror. Sabia que iria entrar nesse TOP, só não sabia a posição. Juro que pensei em colocar ela na primeira posição, pois é uma das minhas séries favoritas, mas é preciso ter coerência com as três primeiras colocadas que tiveram anos brilhantes. A recente estreada quarta temporada foi excelente, sinceramente não tenho nada a reclamar. Claro, dos 6 episódios, 4 foram excelentes e outros 2 foram muito bons, como a famosa obscuridade de Black Mirror atrelado à impressionante facilidade de nos conectarmos aos episódios.


03 - The Handmaid's Tale

Tão perversa quanto bela. Uma série pesada, que faz o telespectador sofrer. Um mundo distópico que não é desejado por geração alguma, mas, por outro lado, pode-se traçar paralelos com muitos problemas que combatemos nos dias de hoje, principalmente em relação à religião. É o cinema na TV. É a definitiva estabilização dos serviços de streaming, dando para a série o primeiro Emmy de melhor drama para uma série dessa plataforma.


02 - Better Call Saul

Breaking Bad ainda vive. No início do post disse que precisávamos de uma série como Breaking Bad, mas temos Better Call Saul! Claro, guardadas devidas proporções, Better Call Saul segue a passos largos para chegar no mesmo nível da série que a gerou. São praticamente os mesmos produtores, a qualidade é notória. Claro, Walter e Jesse não estão em Better Call Saul, mas Saul Goodman, Mike, Gus e cia, seguem mantendo acesa essa chama criada por Vince Gilligan de forma brilhante.


01 - The Leftovers

HBO e Damon Lindelof. Essa dobradinha não tinha como dar errada. Aliás, Lindelof um dos criadores de LOST, umas das séries também mencionadas no inicio do post. The Leftovers não empolgou em sua sofrida primeira temporada - apesar de te recompensar no final - fato que afastou a audiência e fez com que a HBO não desse tanta "importância" para ela, que, também, foi preterida nas principais premiações da TV. Mas o reconhecimento é notório, agora, por toda a imprensa mundial, dando a ela a credibilidade que mereceu. Um fim brilhante, emocionante e coeso. Um final que lavou a alma de Damon Lindelof, mas, acima de tudo, recompensou o telespectador que sempre acreditou no seu trabalho.

—//—


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.