Game of Thrones: "The Queen’s Justice" 7x03


Interessante, li recentemente que os showrunners de Game of Thrones dizendo que adotariam um ritmo mais urgente para as duas temporadas finais da série. Realmente, após o início dessa temporada, principalmente os dois últimos episódios, fica notório que estão mesmo "correndo" com a trama e isso está sendo muito benéfico para o telespectador. 

Agora, a pergunta que fica: "PORQUE NÃO FOI SEMPRE ASSIM?"

Bom, deixando o passado de lado e indo ao que interessa, Game of Thrones nos deu outro excelente episódio. Como é bom vermos os núcleos principais juntos, interagindo. Como é bom irmos ao que interessa. Cada diálogo é importante, cada momento se torna revelador e empolgante. 

O rei e a rainha, frente a frente. A rainha Daenerys Targaryen se impondo, enquanto o rei Snow não deixava se intimidar. Ajoelhar? Jon sabe que, se foi solicitado, é porque é importante para os planos da rainha e não poderia simplesmente obedecer ordens, também se impôs, deixou seu objetivo claro e acabou convencendo sua rainha. Irão lutar juntos, claro, pois a batalha contra os "mortos" precisarão de todas as forças possíveis.

Daenerys tem Cersei como objetivo e nem imagina que o pior daquele 
mundo é praticamente imbatível. 

Do outro lado do reino, Cersei recebe os prisioneiros Greyjoys (os que não fugiram). Euron chega como "herói" e recebe as condolências da rainha. Mas, ele quer muito mais, para a ira de Jaime. Posteriormente se acalmou ao receber o carinho de sua rainha/irmã/amante, fazendo com que pudesse ir bem mais... "leve" para a "batalha" que encerrou o episódio (mais sobre isso no fim do post).

O engraçado nessa história é que Cersei acha, realmente, que irá reinar pelo resto da vida. Ela poderia crucificar as Serpentes, agora, prisioneiras. Poderia torturar, abusar, sei lá, arrancar suas peles vivas. Mas preferiu deixá-las no calabouço, para que Ellaria sofra ao acompanhar a morte de sua filha. Mas, provavelmente, Cersei não terá o prazer de acompanhar essa sua sentença, pois ela mesmo não deve durar muito naquele trono.


O episódio foi de grande encontros e reencontros, destacando agora Winterfell, com finalmente Bran voltando para casa. O agora "Corvo de Três Olhos" se mostrou frio mas reluzente. O que Bran tem de mais importante para aquele lugar é seu nome, porém, seus dons poderão ajudá-los de alguma forma. Com Arya chegando e com a volta de Jon, o senhor Ned Stark deverá ficar orgulhoso, onde quer que esteja.

Um outro possível reencontro deverá acontecer, de novo, entre Jorah e Daenerys. Era só esfolar o bendito, passar um remedinho e resolvido, são e salvo, pronto pra voltar para sua amada para ser esnobado novamente. Pelo menos um grande guerreiro ele é, terá grande valia. 

E pra fechar o excelente episódio, uma batalha. Boas cenas de ação e um desfecho inesperado. Nosso anão favorito não tem tido boas estratégias, e, mesmo tomando Rochedo Casterly, tem parte de sua tropa fadada à morte. Caíram em uma armadilha, ganharam, mas, perderam a batalha, se é que vocês me entendem.  Ao continuar assim, Daenerys terá que colocar seus dragões para trabalhar, tendo que ser, a contra-gosto, a rainha das cinzas.

Detalhe para a sensacional sequência em que Tyrion narra seu plano enquanto de fundo acompanhamos a batalha. Palmas de pé. 


Um diálogo envolvente e tenebroso fecha o episódio e põe fim à excelente personagem Olenna Tyrell. Será que a víbora morreu mesmo? Sim, né? Acho negligente da parte de Cersei e Jaime matá-la daquela forma. Eles estão "bonzinhos" demais com seus inimigos. Olenna tem sua vida ceifada mas joga na cara de Jaime o assassinato de Joffrey, fazendo os olhos de seu pai marejarem. Uma linda cena, Olenna morre da melhor forma para ela, convenhamos. 

Só espero que eles continuem com essa evolução mas não podem passar do ponto. Considero a série atualmente no auge. Sempre oscilava entre episódios medianos para ótimos, mas agora decidiram exibir um episódio melhor do que o outro. Seguindo assim, provavelmente a temporada será a melhor da série.

⭐⭐⭐⭐⭐

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.