Game of Thrones: "Eastwatch" 7x05


Estamos todos do mesmo lado. Do lado que respira.

É a frase que sintetiza o grande objetivo dessa temporada de Game of Thrones: a guerra contra os "Caminhantes Brancos", "Os Outros", "Mortos-vivos", enfim, chamem do que quiserem, pois, também estamos contra eles, pois, estamos respirando.

Uma pausa na guerra, momento de articular, planejar, deixar de derramar sangue (ou incinerar corpos) e focar no grande objetivo. A guerra prometida deve ser tão grandiosa quanto o plano para combater os "Outros", pois uma difícil e improvável tríplice aliança está para se formar, e, a prova para isso, Snow e alguns comandados foram buscar.

Mas antes disso, "The Spoils of War" 7x04, ainda não tinha terminado. Um super episódio, uma magnífica batalha, mas, como disse na review anterior, terminou de maneira brochante. Nenhuma morte importante, e, "Eastwatch" 7x05 confirmou isso ao iniciar mostrando Jaime e Sor Bronn saindo do lago. Conseguiram sobreviver às águas e não foram capturados por Daenerys.

Nossa rainha do fogo conseguiu que novos guerreiros ajoelhassem aos seus pés e incinerou uma meia dúzia que preferiram morrer. Detalhe, nessa cena, ficou claro que Daenerys tem poder de persuasão mas precisa do rugido de seus dragões para demostrar, definitivamente o seu poder. Por outro lado, Tyron segue tentando frear a rainha, mas suas ideias estão caindo cada vez mais em descrédito.


É notório que nosso anão é um guerreiro de um lado só: o dele.

Jaime sobrevive, mas volta totalmente amedrontado, acovardado, entregando os pontos para Cersei, sua amada irmã que, novamente, carrega um filho seu. Realmente os argumentos de Jaime são válidos, estão completamente indefesos, mas eles não têm pra onde correr, é lutar e morrer ou a rendição e a morte. Resolveram agora usar mais a cabeça e tentar sair dessa com inteligência.

Inteligência essa que fez com que um grande e inesperado reencontro acontecesse: os irmãos Lannisters voltaram a se encontrar. Fica estranho imaginarmos esse plano dando certo. Vão parar tudo e lutar contra os "Outros"? Eles que se odeiam com veemência a milhões de anos. Tyron promente provar que os "Caminhantes" existem, prometendo a captura de um dos soldados. É um plano cheio de inconstâncias, pra não dizer outra coisa.

Isso foi o que mais de importante tratou o episódio. Além disso, tivemos pinceladas nos outros núcleos, que, não tiveram grandes revelações mas trouxe indícios que poderão trazer algo relevante aos momentos finais da série.


Sor Mindinho segue articulando, Ayra que se cuide. Claramente ele tenta causar discórdia entre as irmãs e aquela carta, plantada, é prova disso. Sansa tenta segurar as pontas enquanto o rei do Norte não volta, e olha, deve demorar um pouco mais para isso. Winterfell está controlada, mas não sabemos até quando.

Sobre a carta, o site Screen Rant detalhou o texto:

Robb, escrevo com o coração pesado. Nosso bom rei Robert está morto, por conta das feridas de uma caçada de javalis. Nosso pai foi acusado de traição. Ele conspirou com os irmãos de Robert contra meu amado Joffrey e tentou roubar seu trono. Os Lannisters estão me tratando muito bem e me dando todo o conforto. Eu te imploro: venha para Porto Real, jure lealdade a Joffrey e evite qualquer conflito entre as grandes casas Lannister e Stark.

A carta foi escrita por Sansa na primeira temporada. Ela foi obrigada por Cersei a fazer o texto, logo após Ned afirmar que nenhum dos filhos deles era herdeiro do Trono de Ferro.

Voltando...

Incrível como os personagens estão se movendo, praticamente na velocidade da luz. Dessa vez foi Jorah, que saiu da Cidadela e voltou para sua rainha. Os olhos de Daenerys brilharam ao vê-lo, mas pouco depois já deu a ele outra missão suicida, ou melhor, ele se ofereceu. Jorah não vai sossegar enquanto não morrer por ela.

Falando em Cidadela, Sam, novamente, pega sua família e põe o pé na estrada. Deixa de lado o seu objetivo de ser um Meistre. Ele diz que cansou de ler sobre conquistas de "homens melhores" e tá certo. Chega de ler sobre eles, Sam deve ser um deles, é a vingança dos gordinhos (rs).

O episódio chega ao fim com o rei do norte indo em busca de uma prova para o "pacto nacional" que servirá para deter os "Caminhantes Brancos". Pausa na guerra de brincadeira e vamos para a guerra de verdade.

Veja o trailer do próximo e penúltimo episódio da temporada:

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.