Crítica: Marvel - Os Defensores Estreia com Altos e Baixos


Com Spoilers

Então, finalmente, a senhora Marvel nos apresenta aquele "junta junta" que tanto esperávamos. Foi menor pior do que imaginava.

Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage e Punho de Ferro. Todos reunidos em uma espécie de "Os Vingadores", e, da mesma forma de sempre, a senhora Marvel colocou seus heróis secundários para defender Nova York de vilões que não trouxeram aquele temor de outrora.

Então nasceu "Os Defensores", que deu sequência às temporadas dos heróis em questão e isso foi o primeiro grande acerto. Por outro lado o telespectador que não está em dia com TODAS as quatro séries teve dificuldade em boa parte da trama.


Para melhorar mais o núcleo heroico da série, o personagem Stick se juntou a eles, fortalecendo a equipe. Os coadjuvantes também tiveram destaques, como Colleen, Foggy, Misty e Claire - a enfermeira que tá em todas e que agora "preenche" o coração de impenetrável Cage.

Por outro lado a equipe de vilões também veio fortalecida, principalmente com a ressurreição de Elektra Natchios, o amor de Matt Murdock que tinha sido dada como morta, mas, como sabemos, não matam heróis tão facilmente assim.

Por falar em matar, esse foi um dos pontos altos da série. Muita gente morreu, mesmo. Personagens importantes morreram. Séries desse tipo é aquela coisa sem graça, não costumam matar ninguém. Muita luta, muito lero lero, muito soquinho que desmaia qualquer um, enfim. Parece que existe uma lei que os heróis não podem matar e isso é uma pena.

As mortes sensacionais e inesperadas ficaram por conta de Stick e Colleen que degolaram seus adversários e Elektra, que matou Stick de forma perversa, sem pudor, sem titubear, ao contrário quando teve a oportunidade de matar o Demolidor.

Oito episódios que tiveram como trama principal "defender Nova York", como disse, enquanto os vilões queriam, além de destruir a cidade, capturar o Punho de Ferro e usá-lo para conseguir uma substância que fariam eles "viver mais", "ressuscitar". Aí o grande problema.


Por esse enredo tiveram que dar muito fuco ao pior personagem da série, Danny Rand - o Punho de Ferro. O personagem é muito chato, mimado, superestimado. Sua série já foi difícil de acompanhar, de longe a pior da franquia, agora basearam uma das séries mais esperadas do ano em sua personalidade.

Seus poderes não são tão interessantes e seu kung fu não é tão diferente dos outros. Queria resolver tudo sozinho e iria morrer se deixassem. Infelizmente não deixaram, obteve ajuda em horas improváveis e inexplicáveis - quando Luke apareceu do nada no prédio dos inimigos. Como ele soube que Danny estava lá?

Muita luta, muita ação. As vezes o telespectador pouco se lixa pra trama e quer ver mesmo o "pau quebrar" e nisso não economizaram. Claro, muito "me engana que eu gosto", muito "truco", muito mentirinha de verdade. Tá bom, eles fingem que explicam e nós fingimos que entendemos. Mas o sangue rolou, como disse, isso compensou.


Momentos cômicos, claro, foram vistos. Boas piadinhas que foram inseridas em bons momentos. Esse tom misturou-se a momentos de muita luta e certo suspense. Apesar de que meio que já sabíamos o desfecho da história, foi muito bom sermos surpreendidos com algumas mortes inesperadas.

Porém...

Óbvio que o Demolidor não iria morrer, alias, melhor personagem disparado da franquia. A temporada termina com o prédio onde residia o "Tentáculo" sendo demolido pelos salvadores da pátria. Ficaram lá, de importante, além do Demolidor, sua amada Elektra e a vilã Gal, aliás, muito mal aproveitada nessa temporada.

Aquele "suspensezinho" de... "Ai meu Deus, o Demolidor morrreu!" Não acredito que aquém sentiu isso.

Uma temporada curta. Fazem 13 episódios de Punho de Ferro e míseros 8 episódios para Os Defensores, impressionante. A temporada é de fácil conexão e dá curtir e entreter tranquilamente, claro, deixando de lado e relevando os pontos negativos que mencionei. Poderia ser melhor, mas, a estreia serviu para apresentar os personagens para eles mesmo, para que próximos encontros sejam ainda melhor.

⭐⭐⭐

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.