Pular para o conteúdo principal

Better Call Saul: "Klick" 2x10 [Season Finale]


No último domingo foi votado no plenário da câmara dos deputados a admissibilidade do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Nele, ocorreu um evento desagradável, quando o deputado Jean Wyllys deu uma cusparada em direção a outro deputado, Jair Bolsonaro, após ter sofrido suposta provocação.

Quem está errado? Simples dizer: os dois. Quem está menos errado? Quem cometeu "maior" crime? Pouco importa, crime é crime. O que isso tem a ver com Better Call Saul? 

É o sujo falando do mal lavado (incluindo a maioria dos discursos dos deputados), e o season finale de Better Call Saul exemplifica isso muito bem. O até então "incorruptível" Chuck vinha lutando contra o corrupto assumido Jimmy, enquanto nós não sabíamos qual lado escolher. Claro que a tendência é que torçamos para Jimmy, que, apesar de seus trambiques, muitas vezes tinha fim "justificável" para isso.

Jimmy é uma boa pessoa, por isso é "avalizado" por nós. Ele segue sua carreira de trambiques mas tem ótimo coração. Mesmo colocando tudo a perder, mesmo ele correndo o risco de ser preso, perder sua licença de advogado, larga tudo para salvar seu irmão, passa por cima de qualquer orgulho e fica ao seu lado, cuidando de sua pessoa. Confessa seu crime para que seu irmão não tenha que se aposentar. Jimmy é muito esperto, mesmo, mas seu coração mole acaba muitas vezes com ele.

O episódio mostrou claramente de onde vem toda a implicância de Chuck para com seu irmão. Orgulho, ódio, inveja, são sentimentos presentes em Chuck (ausentes em Jimmy) que fazem com que ele não crie valor algum a seu irmão. Esses sentimentos vieram da sua inveja, pois sequer foi capaz de dizer a Jimmy que a mãe de ambos clamava pelo seu nome nos últimos segundos de vida. Ele mentiu. O "incorruptível" Chuck mentiu.

O "incorruptível" Chuck foi capaz de criar provas para mostrar para todos que ele estava certo, que Jimmy deveria pagar pelos seus crimes. Provas conseguidas ilegalmente, não terá valor jurídico. O que espanta é que, de novo, Chuck era o dono da verdade e agora segue infringindo a lei. E pior, falta de reconhecimento total à pessoa que cuida e salvou sua vida.

De novo Vince Gilligan nos coloca em pontos polêmicos, conflitantes, nos forçando a escolher um lado, entre dois criminosos. O núcleo de Jimmy termina muito bem, incrivelmente bem, e, tudo que foi mostrado na temporada até o momento é bem justificado. Nos mostrou que quando reclamos da morosidade em alguns momentos da temporada, estávamos errados.


Mike desgarrou de Jimmy nessa temporada. Pouco dos dois núcleos foi visto, apenas nos primeiros episódios. Nos mostraram quase que duas séries ao mesmo tempo, e, nós só temos a agradecer. Apelidamos o núcleo comandado pelo nosso carequinha de "Better Call Mike", e esses momentos foram, além de fantásticos, nostálgicos.

Ele não quer deixar pontas soltas e sabe que pode morrer (ou algum ente querido) a qualquer momento. Não quer arriscar, não quer viver com essa dúvida. Mike "não esqueceu" de Hector e armou uma emboscada infalível para acabar com o crápula, porém...

Sabemos que Hector, Tuco, Os Primos e Mike não vão morrer em Better Call Saul, óbvio, mas mesmo assim aquela tensão esteve presente. "Atirar ou não?" "Sai da frente!!!" Até que uma buzina é acionada.

O mistério? Quem acionou a buzina do carro de Mike? Todos os Salamancas estavam em sua visão, não foi nenhum deles. A resposta óbvia e saudosa leva o nome de... Gustavo Fring, única pessoa capaz de fazer com que Mike desista (e ele vai desistir) de matar Hector. Tudo leva crer que seja ele mesmo e até bate com essa teoria. Gus não apareceu no season finale de corpo mas esteve presente de alma.


Alma lavada, aproveitando a palavra que fecha o parágrafo anterior. Além de toda essa trama envolvente e empolgante, acompanhamos 48 minutos tecnicamente perfeitos. Impressionante a edição de som no deserto enquanto Mike preparava para atirar. Impressionante as tomadas de câmeras inversas, enquanto acompanhamos Chuck sendo aterrorizados pelas luzes. Impressionante os takes focados em objetos, trilha sonora... Que fotografia fantástica! Enfim. Um show de episódio, literalmente.

A temporada nos mostrou isso em vários momentos mas em seu season finale houve esbanjamento de qualidade. Talvez porque, quem escreveu e dirigiu foi ninguém menos que Vince Gilligan. Fantástico, ansiedade já toma conta para novos episódios, novas temporadas, vida longa à Better Call Saul.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

Vencedores do Emmy Awards 2017

2017 entra pra história do Emmy como o ano que fizeram "tudo certo". 
O Emmy é uma premiação sempre polêmica, inconclusiva e injusta, como convenhamos, toda premiação. Mas por incrível que pareça os vencedores da edição desse ano foram bem recebidos pelo público e crítica. Claro, um ou outra série tem certa preferência de cada telespectador, porém, não se pode negar a qualidade dos premiados.
Game of thrones, o maior vencedor da história do evento, não esteve presente, fato que gerou piada para o apresentador Stephen Colbert. Foi cômico mas foi verdade: os vencedores deveriam agradecer a série por não estar levando todas as estatuetas esse ano.
Muitos ganharam o Emmy pela primeira vez: Donald Glover foi o primeiro negro a ganhar em uma categoria de direção, por "Atlanta". Lena Waithe se tornou a primeira roteirista negra a levar uma estatueta. E Reed Morano foi a primeira mulher a vencer como diretora em 22 anos.
Abaixo você confere a lista dos vencedores,destacado…

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…