Pular para o conteúdo principal

A simplicidade e genialidade de Master of None [Review]


Seguindo a maratona de sucessos das produções originais da Netflix, uma ótima pedida é a comédia Master of None, que na verdade não é lá uma série exatamente de comédia. Totalmente diferente do tipo "sitcom", a série (no formato de 30 minutos por episódio) se utiliza do bom humor para tratar temas importantíssimos para a sociedade atual.

O criador e protagonista de Master of None é Aziz Ansari, conhecido por seu papel em Parks and Recreation e por alguns livros e stand-ups. Além da ideia ser bem original, Ansari escreve com uma sutileza e honestidade surpreendentes! Também aproveita para colocar seus próprios pais como pais de seu personagem, Dev, o que causa uma ótima atmosfera na história, aumentando o grau de naturalidade. Destaque para a abertura do show, que faz um excelente contraste retrô.

Acompanhamos em 10 episódios um pouco da vida de Dev, filho de pais indianos que mudaram-se para os EUA em busca de uma vida melhor. Dev tenta conciliar sua carreira de ator (até então formada basicamente de comerciais televisivos), com as saídas com os amigos e um relacionamento amoroso. Nisso tudo, ele imagina como serão seus dias futuros, baseando-se nas experiências de conhecidos. Logo no primeiro episódio, por exemplo, ele pesa as vantagens e desvantagens de ter filhos; no último, imagina como e por quê se casaria com sua atual namorada. Essas cenas de imaginação de possibilidades, sempre mostradas em preto e branco, são muito reflexivas e realistas, o que logicamente faz o telespectador pensar em si mesmo.

Dentre as outras questões postas na série, estão o racismo (como no caso de uma sitcom não poder ter mais que um ator étnico), os problemas com as tecnologias e os hábitos contemporâneos (como assistir Sherlock) e o relacionamento com as pessoas mais velhas, pais e avôs, tema que foi lindamente retratado no episódio "Old People".


Durante altos e baixos, a vida de Dev provavelmente tem mais altos nesses 10 episódios. É no último que as coisas complicam, tanto no campo amoroso quanto profissionalmente (caso que lembrou totalmente o Joey Tribbiani, de Friends). E é seguindo um grande conselho de seu pai que Dev busca ajuda em um livro, uma metáfora de escolha de figos, o que abre a mente do protagonista para as mais novas possibilidades e, consequentemente, para uma nova temporada (a série já foi renovada).

Algumas sacadas durante os plots são geniais, como nesse último, quando no começo Dev não consegue se decidir entre tantas opções de comidas, e em seguida, entre opções de tacos. A vida é feita de escolhas e não dá pra ficar pensando muito tempo.

Master of None é uma ótima recomendação para todos, independente do gênero preferido de série. Não é aquele show que vai te deixar louco pelo próximo episódio, mas é cada episódio que causará profundas reflexões sobre questões que estão batendo a nossa porta constantemente. É para ser apreciado aos poucos, uma meia horinha de vez em quando para relaxar e filosofar. E claro, aproveitar para fazer uma das melhores coisas da vida: dar risadas!

Postagens mais visitadas deste blog

Mais de 40 produções deixam o catálogo da Netflix a partir de hoje

Mais de 40 produções deixam o catálogo da Netflix a partir de hoje. Veja a seguir tudo que sai da Netflix nesta semana.
27/06

The Unlikely Girl


29/06

Um Crime de Mestre

Rede de Mentiras

The Way Steve Jobs Has Changed The World (Steve Jobs: Como Ele Mudou o Mundo)


30/06

Europa Report

Cuidado Con El Angel

O que é Manzai?!!!

Canção Para Marion

Girl Most Likely

Gentlemen Broncos


01/07

Soldado Universal - Juízo Final

Acorrentados

Água Benta

Aquamarine

Além da Linha Vermelha

Crô: O Filme

Operação Sombra - Jack Ryan

Atividade Paranormal: Marcados Pelo Mal

Como Enlouquecer Seu Chefe

Laranjas e Sol

Ata-me!

Hackers - Piratas de Computador

Lie To Me (3 temporadas)

Ben Hur (2010)

Headhunters

O Corvo

O Grande Mestre 2

Labirinto (2012, 1 temporada)

A Delicadeza do Amor

10.000 Km

Prison Break (4 temporadas)

Chaplin & Co.

Buffy the Vampire Slayer (7 temporadas)

Terra Nova (1 temporada)

Três Mulheres, Três Amores

Jean Charles

Filthy Gorgeous: The Bob Guccione Story

Pantani: The Accidental Death of a Cy…

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

O Fim de Sons of Anarchy

"Papa's Goods" 7x13 [Series Finale] (Com spoilers)
Quando a morte é a última e única saída.
E Jax encontrou na morte a solução para tudo, mas Sons of Anarchy continuará viva, até em breve criarem um remake, ou até mesmo, continuar com a série, pois margem de sobra deixaram pra isso.
O fim de Sons of Anarchy tratou de mostrar o fim de Jax Teller, aquele se tornou protagonista da série, mas nem sempre foi assim. As primeiras temporadas eram comandadas por Clay, que revesava o papel principal com Jax, mas nem de longe as ações que ambos exerciam eram o mais importante da série.
Sons se destacou pelo conjunto de personagens e por ações em conjunto, alinhado às situações nada pacíficas da família Teller. Portanto, com o fim de Jax Teller, a série termina, mas, diferente da maioria das séries, o enredo sobreviveria "tranquilamente" sem Jax.
Ademais, a saída para "resolver" tudo foi a morte. Jax "morreu", mas foi para o "outro mundo" de a…

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…