Marvel's Jessica Jones — 1ª Temporada


Com spoilers

Amo a Marvel. Amo a Netflix. Mas não fizeram um bom trabalho com Jessica Jones. 

Nem parece série da Marvel, mas isso não é demérito.

Marvel's Jessica Jones, uma série com cenas intensas de sexo, muito sangue, drama psicodélico, algo nunca visto no Universo Marvel. Esses quesitos não são pontos negativos para uma série, pelo contrário, mas minha surpresa foi ver esses elementos em uma série tida de "Super-Heróis da Marvel". Não dá pra você indicar a série com esse carimbo. Não dá pra você assistir a série em um domingo a tarde na sala de sua casa.

Contudo, indo direto ao enredo, Jessica Jones se tornava promissora... antes de sua estreia. Esperava algo do mesmo alto nível de Daredevil, e criar expectativas é sempre perigoso, cada série é uma série, mesmo ela tendo sido produzida pelos mesmos "Pais". 

A premissa é muito interessante: uma investigadora que possui super-poderes, ok, trabalhando autônoma na cidade de Nova York. Deprimida, machucada, estuprada... Jessica seguia a vida fugindo de seu passado até que decide encará-lo de frente, e, combater o temível vilão Kilgrave. 

Começa a série dando indícios empolgantes, mas a forma com que ela foi contada, deixou e muito a desejar. Perderam uma grade oportunidade de fazer uma ótima temporada de estreia. Pecaram nos detalhes, foram contraditórios em muitos momentos, deixaram o roteiro sem concordância.

"O grande problema de matar". Um vilão perverso como Kilgrave capturado e pensam: "Não podemos matá-lo porque precisamos dele para salvar Hope Shlottman", acusada de matar seus pais, e, como sabemos, estava a mando do controlador de mentes.


Primeiro: 15 anos na cadeia para Hope em troca da morte de Kilgrave seria um grande ganho para a sociedade. Que ela ficasse presa. Que ela morresse. Seria muito melhor para todos, pois com Kilgrave vivo, mortes e mais mortes seriam causadas, como vimos.

Segundo: que arrancassem a língua do crápula. Pronto, estaria resolvido. Ninguém pensou nisso? Se ele não falasse, perderia seus poderes. Tampassem o ouvido. Vimos que Kilgrave disseminava um vírus para valer de seus poderes, mas... Trish usou um fone de ouvido com musica e pronto. Se tornou imune ao crápula. Enfim.

Tiveram o vilão nas mãos em muitos momentos e não o mataram por burrice. Essa atitude causou muitas mortes e por sorte não causou mortes importantes. Trish sobreviveu muitas vezes por sorte.

Outrora Simpson, um guerrilheiro, super dotado, que consegue derrubar uma parede mais não consegue derrubar uma porta. Outrora Malcolm, que leva todos os "Kilgravezados" para a casa de Jessica, conseguem abatê-la e libertar Kilgrave. Malcolm não foi apresentado ao telefone, ainda. 

Muitos, houve muitos desses momentos que empobreceram a série. Óbvio que Kilgrave não poderia ser morto nos primeiros episódios, quando esteve nas mãos de Jessica, mas tinha que ter algo relevante para mantê-lo vivo e não isso que vimos. Faltou relevância ao roteiro, faltou concordância às regras estabelecidas pela série.   

Jessica sendo abatida por Luke. Isso nunca pode acontecer, não da forma que vimos, ao ar livre. Bastava ela pular alto, como de costume, e fugir de seu amigo. Mas precisavam que Jessica atirasse em Luke, ok, o pensamento final foi muito bom, mas como chegaram a isso, de novo, foi de embrulhar o estomago.


Óbvio que a série tem muitos pontos positivos, e o principal deles atende pelo nome de Kilgrave, que baita vilão. Perverso, sanguináreo, sarcástico, arrogante. Realmente ele disseminava medo, terror e dor, por isso a revolta de terem brincado com ele quando o pegaram. Infelizmente muitos morreram até Jessica perceber que a única saída para acabar com o crápula era matá-lo.  David Tennant, que fenomenal ator. 

Krysten Ritter também esteve muito bem, gosto muito da atriz. Acompanhei seu trabalho em Breaking Bad e Apartament 23, sempre esteve muito competente. O elenco é muito bom, nada a reclamar. Deparei-me com bons efeitos, ótimas cenas de lutas, enfim, a série tem pontos positivos, mas os pontos negativos que mencionei são perigosos, não pode ter frequência porque podem levar a série para o buraco. 

Avaliação:
*****

Tecnologia do Blogger.