The Walking Dead fazendo historia.

Parece que foi ontem que a AMC exibiu seu piloto de The Walking Dead. Aquilo foi uma loucura. Cabeças explodindo e fãs nascendo em qualquer lugar do mundo. Recordes sendo batidos, vidas sociais sendo dizimadas. Realmente começava ali...O apocalipse!


Em "Days Gone Bye", Rick Grimes chegava a um cemitério de carros e andava lento e cegamente. Agachava-se e avistava uma menina se curvando e pegando um ursinho, tinha um par de pés sensíveis, talvez tão sensíveis quanto os que tinham o seu filho Carl. Mais a frente, olha com mais atenção e percebe que não é algo comum, não é um alguém comum... E sim, é mais um "morto vivo" andando e procurando vitimas. Assim começa esse vicio, essa ansiedade, essa fome de consumo, essa mania de só querer falar de Walking Dead.

Como funciona o processo de montagem de roteiro, direção, estúdio, maquiagem e tudo mais até pode passar por nossas cabeças, mais o que mais nos importa mesmo são os próximos episódios. Sempre!

Esse encantamento tem um segredo. Vários na verdade. E para começar, a penúltima e fraca temporada desanimou grande parte dos fãs. Mais todos sabiam que em alum momento iria voltar aquele espirito e sabor de quero MUITO mais. Erros foram corrigidos, tons foram acertados e Kabumm...

THE WALKING DEAD VOLTOU!!!


A série se renovou e se renovará ainda mais. O que era dúvida em alguns episódios do penúltimo ano, nesses eram certezas. Se Rick matou um homem com a própria boca em um episodio, nesses últimos ele matou dezenas de pessoas, zumbis e qualquer que fosse a ameaça a frente dele.

Os personagens estão afim de sobreviver. Essa é a palavra...Sobreviver! Nem que pra isso eles abram mão de serem eles mesmos. E o tom da série tem deixado isso claro, uma exceção que Tyresse abriu causou a morte de um dos membros da equipe. Ele com certeza não cometerá novamente esse erro. Não mesmo!

Walking Dead está trazendo aquela sensação que sentimos em poucas séries. Prison Break, Lost, Breaking Bad e para alguns, Games of Thrones. E isso é espetacular, ter uma série nessa maturidade para poder acompanhar é realmente muito gratificante para os alucinados que ficam em frente a uma TV ou uma televisão. A série está comprometida em nos entregar qualidade de conteúdo enfim e não mais apenas conteúdo em cima de conteúdo. Eles querem que agora faça tudo sentido.

Os personagens estão selvagens. Animais. Quase não mais se comunicam. Um sorriso é algo muito improvável. A trama está fria e alucinante. Isso é maravilhoso. É espetacular! Os que estão merecendo atenção, vão ganhar atenção. O que por um lado é estranho pois fomos acostumados vendo Rick no comando todo o tempo. E hoje, mal vemos ele em cena diante de tantos personagens maduros.

Essa nova comunidade, deu uma renovada na trama. E positivamente. Diga-se de passagem. Sempre bom ver pessoas más e boas aparecendo. Personagens antigos aparecendo como ninjas (hahaha) e etc.

The Walking Dead é hoje a série de mais audiência e provavelmente a que mais marketing faz com sua popularidade. Direção, produtores e afins aprenderam a se encaixar no mercado atual (coisa que ainda falta se aplicar as demais centenas de séries)e isso tem feito bem para todos. Quem assiste, quem faz, quem lucra, quem quer gastar uma outra dezena de pessoal que de algum modo, usa The Walking Dead. Até mesmo aqueles que usam somente para ter do que falar mal. Afinal, "podem falar mal, mas falem de mim".

Gostamos, amamos, consumimos, bebemos, comemos, respiramos e somos declaradamente apaixonados por The Walking Dead. Algum problema?

Fique conosco. Torne-se um Viciado em Série.

Tecnologia do Blogger.