Arrow: 3x11, 3x12 e 3x13 [Review]

 WARNING: pequeno (ou nem tanto) spoiler do 3x14 no 2°parágrafo (e também na promo, claro)


É incrível como Arrow tem melhorado, e muito, pode-se dizer após as três últimas semanas. A ótima season premiere criou uma expectativa que não foi muito bem correspondida ao longo da primeira metade da temporada, e cujo ápice apenas se deu no crossover com The Flash. A série de Barry que, aliás, também vem crescendo muito bem, cria um excelente contraste com Arrow, sendo muito mais leve, engraçada e fofinha. Starling, com seus ares sombrios e dramas crescentes chegaram até a cansar, com Laurel assumindo a máscara da Canário enquanto mantém o conflito com o pai e a falecida irmã, além de Felicity tendo que fazer escolhas e encarar seus princípios enquanto auxilia Oliver e Ray.

Não deixa de ser interessante esse novo Team Arrow: a chegada de Laurel e, agora, a adesão de Malcolm Merlyn e Thea com certeza empolgaram. Mesmo a união sendo previsível para enfrentar Ra's Al Ghul, os episódios nunca deixam de trazer alguma surpresa, mesmo que pequena. Quem imaginaria, por exemplo, que aquele DJ do começo da temporada seria muito mais que uma concorrência para o Roy? Thea, aliás, tem sido, ao lado de Malcolm, a grande atração dessa terceira temporada. Dentre todos os personagens, ela foi a que mais se desenvolveu e, finalmente, é (quase) parte do time, já que agora sabe quem é seu irmão. O treinamento que lhe falta, vai adquirir ao lado de Ollie no melhor lugar possível, Lian Yu, e o episódio 14 então promete, muito! (especialmente para quem estava cheio de saudades de Slade)


Por falar em Malcolm, foi muito bom ter um episódio centrado nele. O 3x12 nos permitiu entender um pouco mais de sua jornada e de suas loucuras, além de dar aquela saudade de Tommy. Toda essa importância que Merlyn vem tendo só me faz criar uma teoria: sua morte ao final da temporada, na batalha contra Ra's Al Ghul, e seu legado ficando com Oliver e Thea. Porém, vale lembrar que já fomos enganados uma vez.

E durante essa saga de Ra's Al Ghul, impossível não lembrar da trilogia Batman, de Nolan, principalmente do primeiro e último filmes. As montanhas geladas onde Oliver se recuperou, o retorno do herói à cidade e até a resistência de Thea em não querer ser uma assassina (ops, oi Sara). E um personagem chama cada vez mais a atenção: Maseo. Qual o jogo dele? E ainda no 3x12, vale mencionar que foi totalmente desnecessário o discurso do Arqueiro na rua, para o povo de Starling. A cena beirou ao ridículo e seu retorno merecia mais.

Falando em ridículo, até os personagens estão avisando a Laurel. Seu começo como Canário não está sendo dos melhores (longe disso), mas acredito que tudo faz parte e esse sofrimento é necessário para compor sua heroína, que não será uma cópia da Sara. O 3x13 deixou isso bem claro, e finalmente Det. Lance descobriu o que aconteceu com a sua caçula. Devo elogiar as cenas de luta entre Laurel e Sara, mas seria ótimo rever o Pantera nesse núcleo também.

Outro personagem que deveria estar mais em foco, mas entendo que ainda não é o momento, é Ray Palmer. Suas tentativas para se tornar um herói, como visto no 3x11, estão criando altas expectativas, e já chegaram a vazar imagens do visual do ATOM pela Internet. Será que, até o final da temporada, ele e Laurel conseguirão se consolidar? E ainda no 3x11, a abertura do episódio merece menção; uma saudação breve aos shippers de Olicity. A loira que, por sinal, vem causando polêmica desde o retorno de Oliver. A união com Malcolm é tão grave assim? Mesmo com opiniões diversas do público, só consigo imaginar um grande sucesso desse novo time e, talvez, uma triste despedida de Merlyn, que se redime.


Ficam, portanto, as mais altas expectativas para o 3x14. Lian Yu, Slade Wilson, e muito mais, na próxima semana!
    

Tecnologia do Blogger.