Pular para o conteúdo principal

Sons Of Anarchy: "Faith and Despondency" e "Suits of Woe" 7x10 e 7x11 [Review]


E aquele momento chegou, aquele que todos esperavam. Sons veio galgando vagarosamente durante toda a sua temporada final, dando pistas que o caos, a perversidade, alinhada à gama de respostas pendentes estavam pra chegar, e os últimos dois episódios da série demonstraram isso perfeitamente.

A série se propôs a impactar em sua reta final de temporada, fato completamente plausível de aceitação. Claro que a ansiedade por respostas, ação, sangue e diversão, faz com que fiquemos desanimados às vezes, mas ser precoce nunca é bom, mesmo que seja sofrido. O ápice, o orgasmo, foi deixado para a reta final, para que todos, de forma única e sincronizada, cheguem a ele ao mesmo tempo.

E o episódio "Faith and Despondency", décimo da temporada, trouxe com abundância (ops) esse orgasmo mencionado, e de forma quase literal. Um festival de cenas de sexo que ilustrou bem como os Sons lidam com situações horripilantes, no caso, a morte de Bobby: cada um buscando o seu ponto de apoio, e esse episódio uniu os casais mais desesperados da trama, e que precisavam muito desse apoio. 


Porém, esse desejo de satisfação não veio apenas através de sexo, e sim, também, através de vingança. Em uma daquelas jogadas de mestre, Jax e SAMCRO armam para os capangas de August, e exterminam os crápulas da face da terra. August, o chefão, está preso, mas o que é dele está guardado. Uma linda sequência de ação, um terrível e sanguinário extermínio, perpendicularmente, satisfatório, deliciosamente de acompanhar. 

Paralelamente acompanhamos o núcleo principal da temporada se desenvolver e sem volta: "Quem matou Tara?" Esse núcleo, principal, reitero, foi arrastado até o décimo primeiro episódio da temporada, pois estava sendo contato pouco a pouco, inserido no meio da guerra entre as gangues da cidade. Claro que a ansiedade pelo desfecho era de fato compreensível, mas nada como dois episódios reveladores. Não podemos reclamar de falta de revelações, mas podemos reclamar de outra coisa.

Confesso que não gostei da forma que a verdade chegou aos ouvidos de Jax. Tudo ali, em algumas "simples" conversas. Gemma é uma personagem que se demonstrou fria e calculista durante toda a série, e deixar um segredo desse, como esse, ser desvendado por "burrice" foi um pouco broxante pra esse que vos escreve.


Gemma foi fraca e irresponsável. Chegou ao desespero, claro, sua consciência estava-lhe matando, e tentou aliviar esse lado "confessando" para Thomas o assassinato de sua mãe, de porta aberta, com o perspicaz Abel à escuta. E podia ser outra pessoa, até mesmo Jax. E foi através da criança que Jax se atentou ao fato que já estava escancarado em sua face, o motivando a buscar respostas. Todos confessaram na maior facilidade, incrível, sem pressão alguma, sem obrigatoriedade alguma. Faltou essa obrigatoriedade pra mim. 

Abel, a criança manipuladora diz para o seu pai o que tinha ouvido de sua avó. Wendy confessa sua parte na história, Juice confirma, Jax diz pra Wendy não contar pra ninguém, mas ele mesmo conta pra todo mundo, ajudando na fuga de Gemma. Wayne também confessa o seu lado e já alerta Gemma sobre o problema que enfrentará. Uma grande sequência de revelações, que foram boas, claro, mas esperava um pouco mais de dificuldade para obtê-las.

Portanto, agora, nos deparamos com um grande imbróglio, mesmo após uma enxurrada de respostas: matar ou não matar, Gemma. Obvio que não conseguirá fugir para sempre, sozinha, e o amor de Nero não foi tão grande para ele aceitar isso e acompanhá-la. O maior castigo para Gemma, não seria sua morte, muito menos tortura. Ela já está morta, apenas seu corpo ainda não caiu. A sua vida, agora, é a sua cruz, e os dias longe de sua família, serão muito mais dolorosos.

E Jax seguirá se culpando, com todo o mérito. Mesmo apesar de tudo - ele matar Gemma, difícil de imaginar. O sofrimento já está aí, e essa morte não trará nenhum benefício. O estrago já está feito, nada irá consertá-lo. Os culpados estão claros, e o maior deles, assumido, leva o nome de Jax Teller, mesmo que não exista inocentes na série.


Ainda imaginando ver Abel matando sua avó, sei lá, seria uma licença poética a altura do sanguináreo Kurt Sutter, porém, nesses dois últimos episódios, tudo pode acontecer, e estaremos na primeira fila para acompanhar o fechamento dessa excelente série chamada Sons of Anarchy.

Avaliação:
*****

Postagens mais visitadas deste blog

Vencedores do Emmy Awards 2017

2017 entra pra história do Emmy como o ano que fizeram "tudo certo". 
O Emmy é uma premiação sempre polêmica, inconclusiva e injusta, como convenhamos, toda premiação. Mas por incrível que pareça os vencedores da edição desse ano foram bem recebidos pelo público e crítica. Claro, um ou outra série tem certa preferência de cada telespectador, porém, não se pode negar a qualidade dos premiados.
Game of thrones, o maior vencedor da história do evento, não esteve presente, fato que gerou piada para o apresentador Stephen Colbert. Foi cômico mas foi verdade: os vencedores deveriam agradecer a série por não estar levando todas as estatuetas esse ano.
Muitos ganharam o Emmy pela primeira vez: Donald Glover foi o primeiro negro a ganhar em uma categoria de direção, por "Atlanta". Lena Waithe se tornou a primeira roteirista negra a levar uma estatueta. E Reed Morano foi a primeira mulher a vencer como diretora em 22 anos.
Abaixo você confere a lista dos vencedores,destacado…

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…