Sons of Anarchy: "Some Strange Eruption" 7x05 [Review]

Então Sons of Anarchy nos brinda com um excelente episódio, finalmente. 

Um episódio com a marca SAMCRO, da prateleira de Sons of Anarchy. Não posso dizer que foi um episódio da prateleira de cima, pois algumas coisas sem nexo ainda foram vistas, mas nada que denegrisse "Some Strange Eruption", de longe, o melhor episódio da temporada.

E tudo a partir do massacre à Diosa, fato que estarreceu todos os filhos da Anarquia, mas que não levou, convenhamos, nenhum personagem importante. O mais interessante foi que as cartas começaram ser jogadas em cima da mesa, as verdades começaram a aparecer, perpendicular à tensão propiciada pela trama. 

Nero teve papel importante, ao começar a entender todas as falcatruas orquestradas por Jax Teller. Teve que ver seu sangue derramado para que, finalmente, ter a sua verdade, que parecia que iria agir de vez contra Jax, mas as verdades só serviram para unir os amigos, para que planejassem um belíssimo plano para pegar os chineses de jeito.

E pegaram, finalmente. Mesmo eles não serem os culpados pela morte de Tara, o sentimento de vingança re-acendeu a todos envolvidos, e principalmente aos telespectadores. Queríamos ver sangue chinês derramado, e a série nos deu prontamente. Pena que não deram a morte de vez dos ordinários, Sons resolveu alongar um pouco esse plot e certa decepção foi sentida.

Claro, os policiais de verdade vieram, tiveram que sair correndo, mas poderiam e deveriam levar, pelo menos, Lin com eles. O china levou uma surra e começou a falar que não matou Tara. Espero que esse fato possa começar a abrir os olhos de Jax, pois Lin não teria motivo para mentir, ainda mais a beira da morte.

Enquanto isso, além de Abel demostrar (mais uma vez, e agora de forma mais clara) que será o futuro de SAMCRO, vimos Juice fazer mais cagadas. É um imbecil ao não perceber que o china que matou, é apenas um zelador, mas é um gênio ao desmascarar Gemma com suas mentiras. 

Gemma também age como uma imbecil ao tentar matar Juice. Foi esperta, sim, ao matá-lo, eliminaria a única pessoa que possa incriminá-la pela morte de Tara, mas como foi burra em escolher a forma de fazer isso. Gemma poderia matá-lo de diversas maneiras, mas teve que levá-lo para o fim do mundo para o feito, provocando desconfiança em Juice, que agora tem ela em sua mira.

Juice não irá matá-la, óbvio, seria bom mesmo se ele colocasse a arma em sua boca e atirasse. Pronto, bela morte, Mas acredito que apenas sumirá do mapa e deixará Gemma, a pé, viva. Foi o cliffhanger deixado nesse episódio, e que acredito que não trará nada bombástico.

Um ótimo episódio de Sons, que os próximos sejam desse nível ou melhor, para que a última temporada da série feche a trama com chave de ouro.

Avaliação:
****

Tecnologia do Blogger.