A Volta de The Good Wife: 6ª Temporada


Com base nos episódios "The Line" e "Trust Issues": 6x01 e 6x02

A arte de fazer de apenas um caroço de limão, uma limonada.

The Good Wife nos deixou após propiciar uma magnífica temporada. Seu quinto ano, provavelmente, não será superado, apesar de que não há certeza alguma sobre isso. A série mostrou que pode surpreender, pode ser ousada, e que sempre será competente.

Como foi e muito nos dois primeiros episódios da nova temporada. Tínhamos, de gancho, a possível candidatura de Alícia à Promotoria e a provável ida de Diane para a Florrick & Agos. The Good Wife tratou de incrementar plots secundários que fizeram com que a série voltasse com tudo, aproveitando os ganchos deixados e amarrando os novos fatos com perfeição. 

Cary, preso por supostamente ter ajudado os comparsas de Lemond Bishop em um transporte de drogas. Iniciativa adotada para dar sustentabilidade aos primeiros episódios, e deu muito certo. Cary, coitado, esteve preso nesses dois primeiros episódios - como bode expiatório - para a promotoria ter chance de cair em cima de Bishop. 

Foi então que tudo se misturou. Todos os lados tinham interesse nesse caso, até mesmo o Governador e Eli (o gênio). A promotoria fez com que Alicia repensasse na possibilidade de se candidatar, mas por apenas alguns segundos. A tentação até podia ser forte, mas, aparentemente, isso não fez os olhos de Alícia brilharem. Eli fez de tudo, planejou minunciosamente, genialmente, mas não obteve êxito, por enquanto.

Mas o dinheiro para a fiança de Cary tinha que sair, e as possibilidades eram extintas pelo promotor "amigão". Criou-se então um sentimento de torcida para o telespectador, e raiva após o dinheiro ameaçar vir e voltar, pois nos doía acompanhar Cary inocente na prisão. Ele não seria condenado, claro, mas poderia aguardar julgamento na cadeia, por até um ano, e isso era inadmissível. Alícia teve o dinheiro em mãos algumas vezes, mas de forma ilícita, preterido pelo juiz, portanto, tinham que conseguir o dinheiro de outra forma.

Uma "vaquinha" não deu certo, e o dinheiro veio de trabalho honesto, duro, quando a união de Diane, Florrick & Agos, entrou de vez em prática. Caso que baseou o segundo episódio, e que serviu de estrutura para montar o belíssimo quebra-cabeça.

Cary solto, fim da Lockhart Gardner. Deverão adotar Canning & Lee, que seja, o que importa, mesmo, é o novo escritório de advocacia: Diane traz clientes e grandes profissionais; Lockhart, Florrick & Agos, todos, unidos contra David Lee, Canning e cia. 

Novos casos que estruturarão isso, são esperados; ainda temos o plot da "candidatura" de Alicia para a promotoria; "ninguém" sente mais a falta do Will; e The Good Wife volta mostrando o seu melhor, prometendo outra espetacular temporada. 

Avaliação:
*****

Tecnologia do Blogger.