Coletiva de Imprensa: The Walking Dead


Nesta sexta-feira (26), na cidade do Rio de Janeiro, aconteceu a coletiva de imprensa do seriado The Walking Dead, no Festival do Rio 2014. A coletiva contou com a presença de Chad Coleman, ator que dá vida ao personagem Tyreese, e a produtora executiva do drama Gale Anne Hurd. O Viciado Em Série esteve lá e irá contar um pouco sobre o que ocorreu: 

Antes de iniciar, a porta-voz do Festival do Rio 2014 agradeceu ao canal FOX pela oportunidade de estar trazendo uma série de TV para o evento. Com isto, o intuito dos mesmos é buscar ter mais deste mercado, que tanto cresce no Brasil, para os próximos eventos. Zico Goes, diretor de produção e conteúdo da FOX International Channels, o mediador, introduziu um documentário feito pela produção de TWD a respeito dos fãs. Diversos admiradores do seriado são mostrados na filmagem, a interação dos mesmos com os atores que constroem o elenco da série e depoimentos. 

Logo em seguida, Chad e Gale foram apresentados aos que ali se encontravam para dar início a coletiva. Os dois estavam à vontade e descontraídos. A primeira pergunta foi para Coleman a respeito de qual seu personagem favorito, além de Tyreese, é claro. Conta que seria Daryl pelo mesmo ser um forasteiro que tenta encontrar seu lugar no grupo. Resistente na superfície, mas sensível por dentro. Como é intrigante o contraste que há no mesmo. Completou dizendo que todos os personagens são de se admirar, ricamente construídos. 

A segunda pergunta foi para a produtora executiva. Questionada sobre qual estava sendo a sua coisa favorita no Brasil, de pronto respondeu: “As pessoas!”, e salientou falando a respeito da alegria pela vida, apreciação pela beleza, o entusiasmo que os brasileiros possuem. Ela também relatou que os personagens estão numa missão que será cheia de obstáculos e emoção (na próxima temporada). Ressaltou que spin-off é sobre a jornada de um personagem específico e que iremos ver, no que está sendo produzido, personagens novos que ainda não foram vistos em nenhuma das vertentes de The Walking Dead, e que pode acontecer em qualquer lugar do mundo. Concluiu falando que seria interessante uma epidemia em Copacabana. 

Quando inquiridos a respeito do personagem de Chad (SPOILER ALERT) desde que o mesmo morre nos quadrinhos e como isto seriado tratado na série. Hurd compara com Andrea e Shane para então afirmar: “A importância de Tyreese é ter Chad Coleman no set. Porque ele é uma das nossas pessoas favoritas.” e destaca o fato do mesmo ser interessante, da jornada que enfrenta ao presenciar a morte de Lizzie. De como ele consegue ir da raiva ao perdão, quando Carol confessa que foi ela quem matou sua namorada, e não Rick. Inclusive, a produtora cita o episódio “The Grove” (4x14) onde admite ter chorado ao ler o roteiro. Enfatiza ser bom poder mostrar este lado, de pessoas capazes de perdoar. 

Sobre a nova temporada, Gale incita dizendo que haverá um reencontro do grupo de sobreviventes e que esta reunião será regada de drama. O quanto Rick estará evoluído se comparado às primeiras temporadas, a disposição em ir aonde quer que seja para sobreviver neste novo mundo. Como Carl irá amadurecer e aprender com o pai. Chad expõe que não terá salto temporal, TWD irá retornar de onde parou. Seu personagem juntamente a Carol estará lidando com conflitos vistos na temporada anterior. 

A quinta temporada de The Walking Dead estreia no dia 12 de outubro nos Estados Unidos. No Brasil, a série estreia no dia 14 de outubro, às 22h30, no canal FOX.

Tecnologia do Blogger.