Under the Dome: “Infestation” – 2x02 e “Force Majeure” – 2x03 [Review]


O episódio já começa com sangue jorrado na tela, literalmente. Ou seja, com o assassinato de uma das personagens do elenco regular. A morte de Angie se estendeu por todo o episódio, possivelmente, com a intenção de levar o mistério adiante deixando a pergunta “quem matou?”. Por outro lado, enquanto a cidade lidava com o luto, que deveria ser comum, afinal a todo momento, personagens morrem sob a redoma, os habitantes confinados precisam lidar com uma infestação de lagartas. Sem deixar de mencionar o mistério que envolve a garota que saiu do lado e caminha desorientada pela cidade. Nada me tira da cabeça que ela possa ser a personificação da redoma, visto que ela tem uma aproximação forte com Julia e os demais que cuidavam da mini redoma.


Outro detalhe que deu pra prestar atenção foi o aproveitador de situações Big Jim, que agora acredita nos “poderes” da redoma e, com isso, ele estaria mais benevolente, mas sempre com intenção de se sair por cima da situação. Isso deu pra ser notado no velório de Angie, onde a população se deixou ser manipulada claramente. Por outro lado, Julia e Barbie tentando controlar a situação.

Vale lembrar também que a professora de ciências Rebbeca está aparecendo com teorias e teses relacionando ciências e teorias físicas-conspiratórias sobre a redoma. Tanto que ela percebeu a tal infestação futura de lagartas e começou um incêndio por conta própria em uma plantação para impedir o avanço e a proliferação dos insetos. A outra forma de impedir isso era espalhar agrotóxicos nas plantações. Para isso, Big Jim oferece o seu avião, mas com a intenção de mostrar que ele está mudando. Para o azar dele, Barbie assume o comando e pilota o avião e, por vezes, quase se choca com a redoma. Ele quase morreu nessa missão, mas recebeu uma ajuda de Big Jim.

O lado curioso desse episódio foi um dos desenhos da mãe de Júnior que é muito parecida com a garota sem memória e ainda não sabemos quais mistérios Sam, o tio de Júnior guarda. O que deu pra notar é que ele e Big Jim não se dão nada bem. Afinal, quase ninguém, não é?


“Force Majeure” – 2x03

Neste episódio, com uma certeza grande e absoluta, já ganhamos uma personagem para odiar muito mais que o Big Jim: a professora Rebecca.

O episódio começa com uma conversa entre Lyle, o barbeiro, e Big Jim. Rapidamente deu pra perceber que ambos tiveram uma história no passado em que a falecida esposa de Big Jim foi o pivô entre uma possível briga entre os dois.

Outro grande ponto do episódio foi à eterna briga de opiniões quando se coloca em pauta o atrito da ciência vs religião. O assunto vai ganhando proporções ainda maiores quando Lyle sequestra Rebecca e a obriga a confessar que ele deva crer mais em Deus, usando a vida dela como sacrifício e punição aos seus pecados.


O barbeiro enlouqueceu, pois acredita que a redoma possa ser uma punição divina e os últimos acontecimentos possam ser assemelhados as pragas citadas na bíblia. A discussão ferve ainda mais na cidade quando uma chuva de sangue começa a cair que chega a queimar quem estiver exposto a ela (quando na verdade era uma influência dos agrotóxicos).

Outro dilema do episódio foi à crise de Júnior, que não sabe se realmente matou Angie, pedindo ajuda ao seu tio Sam para lidar com a situação. Para piorar a situação, Junior recebeu uma mensagem da sua mãe, falando que está viva e fora da redoma.

Outro mistério que permaneceu nesse episódio foi em relação à garota desmemoriada. Nenhuma pista relevante foi mostrada até então. Somente a que já sabíamos, que a mãe de Junior já tinha desenhado um retrato dela e que Joe descobriu que ela está numa foto da turma de 1988 da escola de Chester’s Mill, nomeada como Melanie Cross.

Lembram o início do post em que comentei que a professora Rebecca será uma das mais odiadas? (pelo menos por mim). Ela começou a fazer um senso, mas para avaliar quem merece viver na cidade, com a desculpa do racionamento da comida que em breve eles terão problemas.


Tecnologia do Blogger.