Game of Thrones: "The Watchers on the Wall" 4x09 [Review]


"Sabe de nada, inocente."

Foi mais ou menos o que disse, em suas últimas palavras, a linda selvagem Ygritte para Jon Snow, quando titubeou após ter seu amado em sua mira, pecando em uma situação que não admite pecados. A guerra estava calorosa, os líderes da Patrulha da Noite caiam um a um, e ela teve a chance de derrubar mais um, mas não era apenas um. Tremeu e deixou seu coração falar mais alto. Ela que derrubara dezenas de adversários, cai diante uma criança, que apenas fazia o seu trabalho.

Jon e Ygritte apenas sonhavam em estar em outro lugar, longe de tudo e de todos, longe do destino que era reservado para eles, mas antes de tudo vem a honra, vem o ofício que deve ser executado, mesmo ele sendo traçado contrariando o coração.

E honra não faltou para Sam, um dos personagens mais queridos de toda a série, e que fez temermos e muito por sua morte. Na verdade já a dávamos como certa, pois um "guerrilheiro" daqueles não dura, normalmente, dez segundos em uma batalha como aquela. E para surpresa maior, o roteirista usa a sua linguagem poética para dar a ele uma das mortes mais sensacionais do episódio, quando lançou uma estava bem na testa do selvagem. Sam é um gordinho corajoso, mas também conta e muito com a sorte.


Sorte essa que não estará ao lado da Patrulha da Noite por muito mais tempo. A queda é iminente, dado ao grande número de contingentes que o exército rival reuniu, forçando o agora, grande combatente, Jon Snow, que sofreu bullying a vida inteira por ser bastardo, decidir cortar o mal pela raiz, saindo sozinho para possivelmente matar Mance Rayder.

Cinquenta e poucos minutos que foram dedicados a essa grande batalha, que exibiu heróis e covardes, e nos despediu de uma ótima personagem. Ygritte vai embora e já deixa saudades, mas para a minha surpresa o episódio trouxe bem menos impacto do que esperava, bem menos impacto que os "nove" da série geralmente proporciona. 

Um belíssimo episódio que não matou grandes personagens, mas que deixa um gancho importante para o season finale da quarta temporada, que geralmente, episódios finais de temporada da série não são tão empolgantes, mas pelo que prometem exibir na próxima semana, poderá mudar um pouco essa história.


Uma batalha muito bem produzida e conduzida, com um ritmo de evolução na medida certa. A tensão pela morte de personagens importantes esteve presente a todo momento, e isso é bem mais interessante do que a derradeira morte, em si. Episódios como esse demostra que a série vale a pena assistir, e que fazem-nos ignorar as dezenas de diálogos longos e monótonos que ainda são e muito vistos na série.

Avaliação:
*****
Tecnologia do Blogger.