The Tomorrow People 1x22 “Son f Man” – Season Finale [Review]


Um excelente episódio para um series finale, caso a série realmente não volte, e um season finale espetacular deixando um gostinho de “quero mais”. Lembre-se, se você não assistiu, cuidado com spoilers.

Após Russel e os demais TTP entregarem Roger para o Fundador na sede da Ultra, a extinção da raça humana se torna uma questão de tempo. A máquina criada pela Ultra usa o DNA e os poderes de Roger, que assim como Stephen, pode parar o tempo. Dessa maneira ele planeja parar o tempo de todos os humanos.

Jedikiah, que descobriu um modo de adquirir poderes paranormais, invade a sede da Ultra, mas quando mais precisou, os poderes se extinguem do seu corpo deixando-o sem saída para tentar salvar sue irmão. Roger pede que Jedikiah o mate, assim a máquina parará e poderão dessa maneira salvar os humanos. Mesmo contra a sua vontade Jedikiah atira no irmão, no momento em que Stephen, o Fundador e a galera da Ultra chegam à sala. O Fundador explica que Roger não é mais necessário para os seus planos, pois a máquina já absorveu os poderes dele e seu plano será concluído de qualquer forma.

Num último suspiro, Roger teletransporta ele e Jedikiah de lá e Stephen vai até seus amigos pedir ajuda. Num ato desesperado após a morte do pai, ele lê a mente de John e descobre como fazer para virar um paranormal que pode matar outras pessoas. Por outro lado, o Fundador faz mais uma jogada suja e tenta fazer mais um acordo com Emily e Russel. Ele pede que eles tragam Cara até ele e forma um novo esquadrão da morte formado apenas por pessoas com poderes dos 3 T’s. Junto a Russel, eles vão até o subterrâneo da cidade para capturar Cara, a líder da resistência.

Num último ato de sanidade, Russel consegue avisar Cara, como uma maneira de se redimir pela morte de Roger. Ela consegue fugir e vai até o encontro de Stephen, que estava prestes a aplicar o soro do projeto arquivo, que daria a liberdade para ele matar pessoas. A essa altura do campeonato, já estou até aceitando um romance entre os dois. Eles vão ao encontro de John, Astrid e Russel e os cinco planejam uma forma de salvar os humanos invadindo a sede da Ultra.


Durante a invasão, a inevitável batalha entre o Fundador e Stephen acontece. No lado de fora, John e Astrid ficam de Snipers ajudando Cara e Russel, mas a máquina já estava ativa e o tempo dos humanos começa a parar. Uma linda cena entre John e Astrid que aceitam a morte num beijo apaixonado.

Nesse tempo, Stephen usa as forças que tem e o que não tem para enfrentar o Fundador, que desde o início demostra ser extremamente evoluído com seus poderes. Mas Stephen acha uma brecha e usa os poderes do pai que estavam na máquina e os utiliza para destruir da máquina e mandar o Fundador para o nada.

No lado de fora, eles achavam que tudo estava terminado, mas Emily aparece e atira na Cara matando ela na frente de Stephen e John. Por incrível que pareça, Stephen descobre uma nova fonte dos seus poderes que, além de parar o tempo, ele conseguiu voltar o tempo e impedir a morte de Cara.

Duas semanas se passam e Cara chama Stephen para o abrigo mostrando que o poder dele reuniu revelados do mundo inteiro. Eis que Stephen fala que agora eles precisam de um lugar maior e todos se mudam para a antiga se de da Ultra, agora desativada.

E quando você acha que Jedikiah tinha sossegado ele revela que guardou o DNA de Roger e devolve os poderes para o corpo de John. O garoto, por sua vez, aparentemente, está sem a memória que tinha antes e vira uma arma em potencial nas mãos de Jedikiah.


E assim encerra a temporada, sem sabermos se a CW dará mais uma oportunidade para que The Tomorrow People mostre todo o seu potencial.

Tecnologia do Blogger.