Arrow 2x21: City of Blood [Review]

                                    A essência do heroísmo é morrer para outros viverem

O episódio de luto da semana foi exatamente aquilo que precisava ser: uma preparação, hora de enxugar as lágrimas, levantar, reunir a equipe e partir pra luta. Em meio a isso tudo, a mensagem transmitida, através do flashback da ilha, indicou algo que, na verdade, pode ser diferente.

Começando com o funeral de Moira, a ausência de Oliver é rapidamente sentida (também senti falta do Malcolm Merlyn, já está mais do que na hora de voltar!). Fugiu para a ilha de novo? Aposto que foi o pensamento de muitos, relembrando como ele lidou com o luto quando perdeu o melhor amigo. E ele realmente demorou a aparecer, mas não estava tão longe. Enquanto Diggle e Felicity, que brilharam nesse episódio, procuravam por ele, Walter reapareceu para ser a família de Thea, que mesmo com tanta gente em volta, estava sozinha. Willa Holland conseguiu emocionar, com aquela triste imagem dos braços cruzados, vestida de preto, isolada. Mais tarde, emocionou mais uma vez ao deixar a mansão, mas Oliver está certo, o melhor seria realmente sair de Starling por um tempo.


O Team Arrow (original) arrasou, uma vez que Oliver estava de volta. Nossa TI preferida mostrou a Ollie que não temos que aceitar as coisas como ela são; ele não precisaria se entregar à Slade, ter a essência do heroísmo. Como Ollie bem disse, estava na hora de voltar do jeito que as coisas começaram: ele, Felicity e Diggle. A dupla de apoio do Arqueiro divertiu e emocionou durante todo o episódio. A tortura financeira para pegar Blood foi genial, "a bitch with wi-fi".


Mas ainda faltava alguém para ajudá-los, alguém com a prova de que Sebastian Blood trabalha com Slade: só podia ser ela, a "primeira dama oficial do Arqueiro", Laurel Lance. Sua entrada triunfal no QG do herói, convencendo-o a ir para a luta e não desistir, fechou brilhantemente o aquecimento para a batalha começar. Chegou a hora de colocar o plano em ação, sem Roy, sem Sara. Desnecessário Laurel ir atrás da ação e ficar em perigo (de novo), pois mesmo ela estando no Team Arrow, fica melhor pensar que ela não está. Porém, se ela não fosse atrás (ainda mais agora sabendo que o Arqueiro é Oliver) não seria ela.

O exército de Slade começou a invasão de Starling, nem deu tempo de Thea sair da cidade. Isabel Rochev também está uniformizada, buscando a vingança sobre Diggle. E quando a guerra finalmente vai começar...não, fica pra semana que vem.

              
Tecnologia do Blogger.