Pular para o conteúdo principal

Glee: "Bash" 5x15 [Review]

O episódio Bash exibido na última terça (08) foi emocionante e abordou mais uma vez um tema muito presente na série, o preconceito. Também podemos ver Rachel tomando decisões difíceis para sua vida. Tudo começou com uma homenagem a um vizinho de Rachel e companhia que foi agredido sem explicação alguma, na verdade a explicação é que o garoto foi espancado por ser homossexual, ficando gravemente ferido.

Rachel começa a sentir as dificuldades de manter os estudos na faculdade NYADA e manter o foco em seus ensaios puxados na produção de Funny Girl. O grande problema que surgiu foi o agendamento de uma importante atividade nos ensaios e a apresentação de inverno em NYADA, ambas agendadas no mesmo dia. Ela pede para seu chefe libera-la e consegue a façanha, porém em sua apresentação ela quase foi reprovada pela Carmen Tibideaux por ir contra a determinação e realizar um dueto com Blaine. Carmen por reconhecer que foi uma bela apresentação resolve dar uma nova chance para a dupla, mas Rachel não aceita por não ter mais espaço em sua agenda. Tibideaux insiste que Rachel não esta preparada e que não deve tomar decisões precipitadas, mas com sua personalidade forte e cabeça dura Rachel sai da faculdade.


Sam e Mercedes conversam sobre seu passado no colegial e seu namoro rápido e confuso. O loirinho tenta entender os motivos que levaram seu relacionamento ao fim e Mercedes não possui respostas muito confiáveis, ao fim os dois se agarram reacendendo o romance adormecido. De inicio o casal não assume o lance por conta de Mercedes estar insegura com a relação, logo suas amigas não são a favor do namoro pelo fato de Sam ser branco, loiro, quase albino e Mercedes ser negra. Todos os comentários preconceituosos confundem a cabeça da diva, fazendo com que “termine” o que nem começou. 

Kurt aguarda Rachel em um restaurante para que pudessem jantar juntos, assim que a garota chega ao local Kurt logo se põe a falar sobre todos os acontecimentos pós-apresentação de NYADA. Visivelmente irritada com a opinião de Kurt sobre a saída da faculdade, Rachel inicia uma discussão com o amigo que como de esperado não termina bem, já que Kurt mandou Rachel para aquele lugar (lá mesmo que você esta pensando).

Ao sair do restaurante Kurt se depara com dois homens espancando um rapaz em um beco, provavelmente por ser homossexual, sua primeira reação foi ajudar o jovem que logo fugiu quando Kurt chegou o deixando sozinho. Os dois homens espancam Kurt com socos e até tijoladas o deixando inconsciente no beco e fugindo em seguida. Blaine esta tentando consolar Sam após o termino com Mercedes quando recebe a ligação do hospital e não demora para todos se comunicarem e irem direto ao encontro de Kurt. Os ferimentos não são graves, uma fratura acima do olho e escoriações no rosto são os resultados da violência, Rachel sente-se culpada por tudo que aconteceu com o amigo e é consolada pelos demais que estão com ela.


Blaine dedica sua nova apresentação em NYADA a Kurt cantando com toda a emoção e sentimento que possui pelo noivo, o resultado é a aprovação de Carmen. Mercedes chama Sam na gravadora e dedica uma musica a ela, aceitando as condições e reconhecendo o relacionamento dos dois, deixando todo o preconceito de lado importando-se só com o sentimento. Burt sai de Lima para visitar seu filho no hospital dando-lhe uma baita bronca por achar que o garoto “bancou o herói”, Kurt explica que não poderia ficar sem fazer nada, seus ferimentos são externos, mas sente-se orgulhoso de seu ato. Ao receber alta do hospital Kurt visita o memorial de seu vizinho que esta melhorando a cada dia.

Rachel pede desculpas ao amigo, dizendo que não irá se afastar sem dizer “eu te amo”. Sam e Mercedes assumem o namoro e todos confirmam presença na avaliação de inverno que Kurt fará em NYADA. Kurt arrasa em sua apresentação e é aplaudido de pé por todos os presentes.


Músicas do Episódio:
No One Is Alone – Rachel, Kurt, Blaine, Sam.
(You Make Me Feel Like) A Natural Woman – Mercedes
Broadway Baby – Blaine, Rachel
Not While I'm Around – Blaine
Colour Blind – Mercedes
I'm Still Here - Kurt
 

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

Vencedores do Emmy Awards 2017

2017 entra pra história do Emmy como o ano que fizeram "tudo certo". 
O Emmy é uma premiação sempre polêmica, inconclusiva e injusta, como convenhamos, toda premiação. Mas por incrível que pareça os vencedores da edição desse ano foram bem recebidos pelo público e crítica. Claro, um ou outra série tem certa preferência de cada telespectador, porém, não se pode negar a qualidade dos premiados.
Game of thrones, o maior vencedor da história do evento, não esteve presente, fato que gerou piada para o apresentador Stephen Colbert. Foi cômico mas foi verdade: os vencedores deveriam agradecer a série por não estar levando todas as estatuetas esse ano.
Muitos ganharam o Emmy pela primeira vez: Donald Glover foi o primeiro negro a ganhar em uma categoria de direção, por "Atlanta". Lena Waithe se tornou a primeira roteirista negra a levar uma estatueta. E Reed Morano foi a primeira mulher a vencer como diretora em 22 anos.
Abaixo você confere a lista dos vencedores,destacado…

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…