Arrow 2x19: The Man Under the Hood [Review]

               Mais momentos surpreendentes enquanto nos aproximamos ao final da temporada

O que parecia ser apenas mais um episódio "ok" rapidamente se transformou em emoção e cenas surpreendentes. Detetive Lance sendo responsável pelas mais belas falas do episódio, mais revelações da família Queen e desdobramentos importantíssimos na ilha que podem salvar vidas em Starling.

Começando com Felicity sendo...Felicity, o bom clima inicial da loira não demorou muito para lembrar de Barry Allen, ainda em coma, e introduzindo dois novos rostos ao público. O Team Arrow continua agindo contra Slade, consequentemente, contra a própria Queen Consolidated, e Roy fez falta. Enquanto o Exterminador dá trabalho para o Arqueiro, Isabel Rochev dá trabalho para Oliver.


A nova CEO da empresa foi, mais uma vez, super bem encaixada na história. Ao descobrirmos que ela teve um caso com Robert Queen no passado, e por um breve momento pensarmos "e daí?", eis que o diálogo entre Isabel e Oliver sobre Thea traz a conclusão que todos queriam ouvir: Robert escolheu a família, ao invés da amante, e escolheu criar Thea. A caçula dos Queen está passando por um drama daqueles, e foi bom ter ouvido isso do Oliver, ainda que ela tenha mantido sua decisão de sair de casa. Alguém mais acredita que ela volta com o pai?

Ainda no departamento "emoções", Detetive Lance mandou muito bem ao explicar para Laurel que ele não quer mais saber quem é o Arqueiro, acabando por convencê-la a ficar calada, até mesmo para o próprio Oliver. O cara tem sim amigos, uma família... é importante, como Laurel bem demonstrou naquele abraço ao final do episódio. E ela já parece ter identificado a mulher de roupa preta que ajuda o Arqueiro (tava bem na cara não é?).


Na ilha, tivemos importantes descobertas. A morte de Ivo nos levou (além do fofo momento em que Oliver é assassino para Sara não ser) à descoberta de que o mirakuru tem uma cura, e que Oliver aparentemente teve a chance de usá-la em Slade (destaque para a excelente maquiagem de Stephen Amell na ilha). Mas já havia a desconfiança de que Roy não ficaria super humano para sempre. As surpresas começaram quando vimos o ex-namorado de Thea pela primeira vez no episódio, junto à criação do super exército do Exterminador. Em meio a ação, Diggle trouxe num tiro o que seria motivo de muita comemoração para muitos: a possível morte de Isabel Rochev (ela não parece mais útil mesmo para a série). Mas é claro, Slade Wilson ainda é Slade Wilson, e salva sua "nova Shado" com o mirakuru.

Restam 4 episódios, sem mais intervalos. Fica a promo do próximo episódio.

           

Tecnologia do Blogger.