The Walking Dead: "Alone" 4x13 [Review]


Oficialmente The Walking Dead entra em sua pior fase.

The Walking Dead sempre foi uma série que mesclava episódios bons com ruins, mas o que estamos vendo na segunda metade da 4ª temporada é uma sequência de episódios que não empolgam, e pra piorar, trazem tédio.

Claro que alguma coisa de importante e de relevante são vistas, mas esses momentos poderiam ser mostrados em no máximo 5 minutos, se juntássemos. O resto pode ser facilmente jogado em uma lata de lixo. 

E o que de importante presenciado em "Alone", 13º episódio da 4ª temporada, foi o momento em que Bob, Sasha e Maggie chegaram ao santuário, local onde deverá ser a nova "casa" dos sobreviventes, fato que já imaginávamos desde que Rick encontrou o local. O desenvolvimento da trama que culminou nesse momento foi repleto de diálogos irrelevantes, proferidos por personagens do segundo escalão da série, que não faria falta alguma caso fossem mortos.

Enquanto isso, no outro lado do núcleo, Daryl (esse sim um dos principais personagens) seguia sua vida com Beth, buscando abrigos e mantimentos, até encontrarem uma casa com estoque de alimentos (limpos) para a vida eterna. O núcleo incomodou bastante, pois óbvio que os "moradores" do local não iria gostar nadinha da presença do casal, e isso já deveriam estar sabendo. Pagaram pra ver, sem necessidade, e pagaram caro.


Claro que os "moradores" sequestraram Beth, antes de infestarem a residência com Walkers. O mundo que vivem é de total desconfiança, e Daryl já devia saber disso. Seguiu, claro, em busca de Beth, mas acabou encontrando outro grupo de sobreviventes, que parecem não ser más pessoas. Talvez o ajudem a encontrar Beth.

Pelo menos o núcleo andou, mesmo que tenha andado para o nada.

A estrutura da temporada foi deixada bem clara logo no episódio de retorno da temporada, "After", onde acompanharíamos os grupos de sobreviventes separados, mas achei que a união fosse bem mais dinâmica. Faltando três episódios para o fim da temporada, prevejo o mesmo marasmo, pelo menos nos dois próximos episódios, e um season finale daqueles, que, mais uma vez, deixará um gostinho de quero mais.

Todos deverão se encontrar no santuário, exceto Daryl, que ganhou um objetivo de vida. 


Vida que segue em Walking Dead. Eles nos enrolam, nós sabemos disso, nós aceitamos.

Tecnologia do Blogger.