Glee: "Frenemies" 5x09 [Review]



Frenemies foi um episódio meio WTF e épico ao mesmo tempo, devido a algumas cenas que com certeza deram um impacto em quem assistia. 

Podemos dizer que a trama central do episódio obviamente foi Rachel x Santana e o drama entre Artie e Tina foi elaborado somente para que Ohio não ficasse de fora e pudesse apresentar alguma história interessante.

Em resumo Santana sentia-se como se sua estadia em Nova York não estivesse valendo a pena, que algo faltava e que o rumo das coisas não estava superando suas expectativas iniciais. Rachel para ajudar à amiga “depressiva” faz um convite sugerindo para que ela posasse como modelo em uma revista no qual Rachel seria capa para divulgação de sua peça Funny Girl. Santana por sua vez ao presenciar toda a rotina de Rachel fica admirada com tudo e eis que surge a ideia de realizar a audição para ser substituta de até então sua melhor amiga Rachel Berry. 

Muitos fãs não viram problemas em Lopez ser a Fanny substituta, mas Rachel em sua mente considerou como traição e partir desse momento a briga épica começou, as duas se desentenderam e trocaram ofensas, farpas e olhares intimidadores por todo o episódio, tendo o seu grande clímax na cena onde Rachel perde a cabeça dando um mega tapa no rosto de Santana. Surpreendentemente a ex-líder de torcida não revida o tapa assim como vez em suas discussões passadas com a Quinn e deu para notar que Santana apesar da língua afiada estava chateada com toda aquela situação. Kurt até que tentou apaziguar a discussão entre as meninas, mas o que conseguiu foi fazer com que Rachel saísse do apartamento por não apoiá-la.

Enquanto isso em Ohio Sue Sylvester convoca Artie e Tina para informa-los que apenas um poderá ser o orador da turma reacendendo neles um espirito competitivo adormecido em seus corações. Os dois personagens estão na série desde o inicio e são membros do original clube do coral, antes dos populares se juntarem a eles, ambos mereciam mais destaque na série (principalmente a Tina), creio que por isso foram escolhidos para ser o foco da história do McKinley neste episódio.

O grande momento entre os dois foi quando acidentalmente Tina derruba Artie de sua cadeira de rodas enquanto cantavam “My Lovin” numa competição por um solo nas nacionais. Este incidente fez com que Tina sentisse um grande remorso a ponto de desistir da competição para orador, ela e Artie acabam fazendo as pazes novamente e um entrega o título para o outro na apresentação final. Por contrariarem Sue nenhum dos dois ganham a chance que acaba sendo entrega a Blaine. O garoto viciado em gel para não chatear os amigos os convida para cantar junto a ele na formatura.

Outra trama que foi utilizada só para encher linguiça neste episódio e para dar continuidade em outro foi a história de Kurt e Elliot, cujo Starchild. Os companheiros de banda passaram um tempo juntos num plano de Kurt para descobrir tudo sobre Elliot, mas o que acaba percebendo é que possuem muitos em comum, o que pode trazer problemas futuros para Blaine.

Tecnologia do Blogger.