Being Human US: “Oh Don’t You Die For Me” 4x10 [Review]



Comparado aos dois últimos episódios, este foi um tanto quanto mais monótono em alguns momentos, com boas situações cômicas e dramáticas ao mesmo tempo.

O episódio já começa com o arco de Josh tentando se reconciliar com a matilha na qual ele estava numa relação bastante, muito mais do que a dele e da Nora. Para ganhar a simpatia dos demais, ele mostra como consegue se transformar em lobo sem a necessidade da Lua Cheia aparecer e de quebra ainda mostra que consegue manter o controle, após transformado. Nem preciso dizer que os outros lobos gostam da ideia. Por que Josh fez isso? Provavelmente por carência, pois sabe que Nora o abandonará.

Já no complicado arco da Sally, embora seus amigos não saibam por todas as experiências que ela passou quando tentou mudar a linha do tempo, ela ainda sente que está amando Aidan. Percebendo a confusão sentimental por qual a fantasma estava passando, Nora tenta conversar com ela e Sally decide contar tudo a loba, que aconselha a amiga a abrir o seu coração para Aidan. Um ótimo fan-service para o público feminino e fãs do Aidan nesse episódio com ele circulando pela casa só de toalha, o que deixou Sally bastante abalada.

Já no arco dos vampiros, Aidan é provocado por Suzanna a ajuda-la a exterminar os vampiros de Boston. No caso em questão, ela pede que Aidan mate Kenny, o atual líder da cidade, para que assim ele possa se redimir por ter matado Amy nos últimos episódios antes da passagem de tempo. Suzanna coloca um prazo para Aidan cumprir a sua missão, mas sabe que ele não fará depois que descobre que o ex-marido é o criador do garoto, o que faz com que a vampira enlouqueça de vez, pois se Aidan matar Kenny ele sentirá a mesma dor que ela sentiu ao matar o filho deles, Isaac. Suzanna resolve agir por conta própria e, ao tentar obrigar Aidan a matar Kenny, acaba morta pelo ex-marido. Ainda acho que Suzanna poderia ser melhor aproveitada até o final desta temporada.


Enquanto isso, a matilha de lobos prende Josh numa jaula e pretendem fazer com que ele gere novos lobos com o mesmo tipo que o dele. Para isso pretendem trazer até eles humanos que sejam arranhados por Josh. Por sorte, Aidan, Sally e Nora são avisados e partem para o resgate do amigo. Uma batalha muito engraçada entre Aidan e os lobos ocorre graças a participação de Sally que entra no corpo de um deles e beija Aidan para que ele possa se lembrar do que eles viveram no passado alternativo.
Lembram como Sally ficava um caco quando possuía corpos? Pois foi o que aconteceu. E lembram também do ritual de suposto exorcismo mostrado na primeira metade dessa temporada? Parece que será o assunto daqui para frente.

Faltam poucos episódios para o season finale.

Tecnologia do Blogger.