Top 10 Melhores Séries de 2013: 1ª Posição - BREAKING BAD


Com spoilers para quem não viu o fim de Breaking Bad

Quando uma série faz de sua última temporada, a melhor temporada, com um final extremamente satisfatório e coerente. Essa série chama-se Breaking Bad.

O desfecho de uma série é o momento mais difícil em seu desenvolvimento, pois qualquer erro ou qualquer insatisfação, pode fazer com que muitos joguem na lata de lixo os anos que acompanhara, dedicando os seguintes para apedrejá-la. Não importaria, falando de Breaking Bad, os cinco maravilhosos anos que a série nos deu, caso a temporada final fosse decepcionante. 

Mas passou longe disso. Breaking Bad trouxe oitos excelentes episódios em sua temporada final, digno de notas acima de nove, digna de entrar nos livros dos recordes como a série mais bem avaliada pelos críticos do Metacritic. Só por isso já poderíamos dizer que a primeira posição é justa, mas digo mais:


— A série homenageou as temporadas anteriores, mas não com os tradicionais clichês que vemos em outras produções, com a inserção corrida de personagens que não fazem mais parte de tal série e que aparecem em sua última temporada, sem propósito, apenas por saudosismo. Breaking Bad trouxe elementos que fizeram parte de toda a série, principalmente de sua temporada de estreia, com rimas visuais deslumbrantes, easter eggs, referências, enfim, que serviram de narrativa à história.

— Trouxe alguns pontos que estavam soltos na série e amarrou as pontas como presente ao telespectador. A temporada tratou de voltar com o assunto do envenenamento de Brock; da morte de Jane; da Ricina. Todos assuntos que até poderiam deixar de lado, mas foi inserido na trama final esplendidamente, sem forçação de barra, completando perfeitamente o roteiro. Satisfazendo.

— O elenco foi espetacular, sei que é redundante dizer isso, mas mesmo assim não poderemos deixar de citar as excepcionais atuações dos atores: Bryan Cranston, Aaron Paul, Anna Gunn, Betsy Brandt, Dean Norris, Bob Odenkirk e RJ Mitte. Sem falar no elenco de apoio, que também foi mais uma vez digno à série. A emoção que os atores passam é algo de outro mundo, dando veracidade máxima ao enredo. Destaque para Dean Norris, ator que sempre teve um papel bem coadjuvante, mas que ao ser exigido ao máximo, deu conta e muito bem do recado. 

— A produção foi impecável, com episódios muito bem dirigidos, editados e com belíssimas ilustrações áudio-visuais que serviram de narrativa, reiterando, pois a cada trilha sonora, a cada efeito visual e a cada nuance da direção de fotografia, notamos claramente que aquela não seria apenas o desfecho de uma série comum, e sim, da melhor série que a TV já presenciou.


— A série sempre teve cenas impactantes. Costumo dizer que Breaking Bad é como um barril de pólvora: um pavio é aceso e a trama se desenvolve na mesma velocidade, com explosão certa no final. Geralmente isso acontecia uma ou duas vezes em cada temporada, mas no caso da temporada final, praticamente todos os episódios trouxeram cenas impactantes, explosivas, praticamente explodindo um barril de pólvoras por episódio e milhões de cabeças por mundo afora. 

— O fechamento esplêndido da história. Como é bom chegar ao fim de uma grande história e dar conta que tudo que vimos, que todos os minutos gastos com a série valeram à pena. Breaking Bad trouxe um final que amarrou toda a trama da série, explicando as ações de Walter White, para que pudéssemos escolher um lado para julgá-lo ou apreciá-lo. 

A série não poderia ter um final feliz, como não teve. Apesar do sentimento de "morte em paz" e de "dever cumprido", aqueles personagens que passaram dois anos comendo o pão que o Heisenberg amaçou, foram marcados pelo resto de suas vidas, devido ao desfavor concebido pelo cara que queria fazer tudo por sua família e que se tornou um bandido atrás de saciar seu próprio ego. Uma história triste que mereceu o final que foi nos mostrado.


Breaking Bad não é uma série perfeita, perfeição é algo ilusório em se tratando de TV, mas podemos dizer que o máximo de perfeição que a TV mostrou em 2013, leva o nome "Breaking Bad", a melhor série disparada do ano, quiçá de todos os tempos.

—//—

Top 10 Melhores Séries de 2013

01ª Posição: Breaking Bad
02ª Posição: Spartacus
03ª Posição: Sons Of Anarchy
04ª Posição: Doctor Who 
05ª Posição: The Good Wife 
06ª Posição: Masters of Sex
07ª Posição: Orange is The New Black
08ª Posição: Homeland
09ª Posição: Arrested Development
10ª Posição: House of Cards

Tecnologia do Blogger.