Arrow: "Time of Death" S02 EP14 [Review]


Problemas com Sara no "Team Arrow" e o perigo está, literalmente, entrando em casa

Após as Olimpíadas de Inverno, Arrow voltou com um episódio morninho. Sara, agora colocada também no "Team Arrow" pelo seu namoradinho Oliver, continua a crise na família e arranjou "sem querer" problemas dentro da própria equipe. Com mais um caso de vilão assaltando a cidade por aí, os destaques ficaram por conta de Felicity, Sin, e ele... Slade Wilson.

Nossa loira preferida (fãs da Sara, me desculpem) ficou bem enciumada com o novo caso amoroso de Oliver. Além disso, até treino com ele e o Diggle rolou, trocas de figurinhas com as cicatrizes de guerra e análise laboratorial. Nossa querida Felicity não tem cicatrizes, não sabe lutar e nem namora Oliver Queen. Mas é dela que a equipe sempre precisou e ainda precisa muito. O caso da semana serviu de prova, mesmo com os computadores do nosso QG sendo destruídos. A TI mais fofa das séries fez trabalho de campo, salvou Sara Lance e ainda ganhou sua primeira cicatriz de batalha. Felicity, foi bem como Ollie te disse: você será sempre nossa garota. E destaque para o Diggle que foi super amigo o tempo todo, dando atenção à ela enquanto Oliver e Sara saíam para jantar. Espero que logo tenhamos um episódio em que Dig deixe de ser "o melhor amigo" e protagonize um pouco.


No jantar da família Lance, Sara mais uma vez estraga tudo levando seu namorado junto. É claro que não ia acabar bem. Primeiro, não acabou bem para o pobre Quentin, que tentava restaurar seu romance com a mãe das garotas. A ex- Mrs. Lance já tem alguém em Central City (saudades Central City, hein Barry), e Sara solta um "todos merecem ser felizes". Pronto, que comecem as brigas. O diálogo entre Laurel e Oliver foi bem feito, ambos dizendo o que precisavam dizer, mas não me tocou. Por fim, as irmãs conversam e se reconciliam. E agora a Sara trabalha na Verdant (que desnecessário).


Ao final do "momento emoção" entre as irmãs Lance, uma belíssima surpresa. Na ilha, o piloto acidentado do avião que cai aos pés de Oliver, Sara e Slade pede para a loira cuidar de sua filha, pois sua esposa já havia falecido e agora ela ficaria sozinha. Pois bem, todo o flashback na ilha serviu para nos levar até Sin, a filha do piloto, que se mantém aos cuidados de sua "big sister" Sara. E claro, serviu também para dar abertura a mais uma tentativa de fuga da ilha.

O segredo da paternidade de Thea permanece, mas a garota percebe que algo está errado entre sua mãe e seu irmão. Aposto que esse segredo vai durar pouco, mesmo porque estou sentindo falta do Malcolm. Eis que Moira Queen, ao final do episódio, está em reunião, dentro de sua própria casa/mansão com ninguém mais ninguém menos que...Slade Wilson! Confesso que meu queixo caiu, mas já estava na hora. Próximo episódio promete... fiquem com a preview.

   
Tecnologia do Blogger.