Pular para o conteúdo principal

Arrow 2x13 "Heir to the Demon" [Review]


Episódio bombástico: surpreende tanto positivamente quanto negativamente

Quando algo tem que dar errado, a boa série faz dar errado mesmo. No brilhante 13° episódio dessa temporada de Arrow, todas as tramas possíveis deram errado (não que a série esteja ruim, está dando errado para os personagens). Nós, fãs, vibramos e comentamos cada cena...ora feliz, ora triste, ora com muita raiva.

A chegada em grande estilo de Nyssa, filha de Ra's Al Ghul, mostrou que o episódio prometia muito. Porém, logo no começo fomos surpreendidos...e surpresas não faltaram hoje. Nyssa e Sara viveram um romance, e agora não só Ra's quer a loira de volta, como também sua amada a deseja, de volta à Liga dos Assassinos. E se alguém protagonizou esse episódio foi ela, Sara Lance. Como Laurel bem disse ao final, tudo isso é culpa de sua irmã.

O flashback é a surpresa número 2: ao invés da ilha, a história que já tanto ouvimos entre as irmãs Lance. A vida em família, 6 anos atrás, era muita fofura, com papa Lance cozinhando, Laurel sonhando sua vida ao lado de Oliver e sua irmã traidora, indo viajar no navio com o cunhado. Adorei a produção desse flashback e não vou reclamar da Laurel dessa vez; hoje eu senti muita pena dela ao realmente ver os acontecimentos que antecederam e que vieram após o náufrago do Queen's Gambit. Moira indo até a casa dos Lance e contando sobre Sara, a dor compartilhada naquela cena...foi tudo muito bem feito e me tocou. E claro, aposto que o "haters" de Sara aumentaram após esse flashback, mas vamos deixar o ódio à Sara para o final.


Moira Queen, oficialmente candidata à prefeitura de Starling, e com um segredo familiar escapando cada vez mais. Aliás, quem escapa de Felicity Smoke? A loira T.I. mais querida do mundo das séries descobriu sobre a paternidade de Thea e acabou contando tudo ao Oliver. Tiro meu chapéu para a edição sensacional aqui: Felicity prestes a revelar o segredo ao Ollie em meio ao anúncio público de Moira, corta cena, volta cena e Oliver está com aquela cara que, mesmo em silêncio de ambos, já nos dizia o que ele acabara de ouvir; mesmo assim, ele subiu ao palco, tenso e falando devagar, para promover sua mãe. Ao entregar o microfone, sussurra um "eu sei" no ouvido dela. Sensacional. Uma pena a briga deles mais tarde na mansão Queen; entendo o Oliver estar bravo e, realmente, a Moira tem muitas mentiras, mas senti pena dela também. Que episódio tocante.

Enquanto Laurel está internada por envenenamento da namoradinha de sua irmã e a mãe Lance sequestrada pela mesma, Sara, Detetive Lance e Arqueiro resolvem os problemas com muita ação. Até que vem mais uma surpresa: Sara, na dúvida de ficar em Starling e perder parte da família ou voltar para a Liga, acaba se envenenando e quase morre nos braços de Nyssa. Quase. Eu cheguei a acreditar que ela morreria ali, mas Ollie sempre tem que salvar alguém no dia. Com isso, a filha de Ra's liberta sua ex, e Sara agora tem problemas com a irmã: toda a história e a raiva de 6 anos atrás vão começar a desenrolar. Justo quando achei que a coitada da Laurel poderia se restabelecer.

Sentindo falta de alguém? Roy? Diggle? É, Roy vimos bastante semana passada, e o Dig está mesmo apagadinho... mas Slade está sempre em cena! Seu breve diálogo com Sebastian seria de arrepiar e arrancar os cabelos se fosse a última cena do episódio. O próprio Slade dará um jeito em Moira Queen e sua candidatura. Ótima maneira de finalizar um episódio surpreendente...mas não. Sara, brigada com a família e salva por Oliver corre atrás (de novo!) do ex-cunhado para ganhar momentos de amor. 


E sim, infelizmente para nossa tristeza, novo episódio apenas dia 26. Ansiedade vai acabar comigo até lá.

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

O Fim de Sons of Anarchy

"Papa's Goods" 7x13 [Series Finale] (Com spoilers)
Quando a morte é a última e única saída.
E Jax encontrou na morte a solução para tudo, mas Sons of Anarchy continuará viva, até em breve criarem um remake, ou até mesmo, continuar com a série, pois margem de sobra deixaram pra isso.
O fim de Sons of Anarchy tratou de mostrar o fim de Jax Teller, aquele se tornou protagonista da série, mas nem sempre foi assim. As primeiras temporadas eram comandadas por Clay, que revesava o papel principal com Jax, mas nem de longe as ações que ambos exerciam eram o mais importante da série.
Sons se destacou pelo conjunto de personagens e por ações em conjunto, alinhado às situações nada pacíficas da família Teller. Portanto, com o fim de Jax Teller, a série termina, mas, diferente da maioria das séries, o enredo sobreviveria "tranquilamente" sem Jax.
Ademais, a saída para "resolver" tudo foi a morte. Jax "morreu", mas foi para o "outro mundo" de a…

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…