Arrow 2x13 "Heir to the Demon" [Review]


Episódio bombástico: surpreende tanto positivamente quanto negativamente

Quando algo tem que dar errado, a boa série faz dar errado mesmo. No brilhante 13° episódio dessa temporada de Arrow, todas as tramas possíveis deram errado (não que a série esteja ruim, está dando errado para os personagens). Nós, fãs, vibramos e comentamos cada cena...ora feliz, ora triste, ora com muita raiva.

A chegada em grande estilo de Nyssa, filha de Ra's Al Ghul, mostrou que o episódio prometia muito. Porém, logo no começo fomos surpreendidos...e surpresas não faltaram hoje. Nyssa e Sara viveram um romance, e agora não só Ra's quer a loira de volta, como também sua amada a deseja, de volta à Liga dos Assassinos. E se alguém protagonizou esse episódio foi ela, Sara Lance. Como Laurel bem disse ao final, tudo isso é culpa de sua irmã.

O flashback é a surpresa número 2: ao invés da ilha, a história que já tanto ouvimos entre as irmãs Lance. A vida em família, 6 anos atrás, era muita fofura, com papa Lance cozinhando, Laurel sonhando sua vida ao lado de Oliver e sua irmã traidora, indo viajar no navio com o cunhado. Adorei a produção desse flashback e não vou reclamar da Laurel dessa vez; hoje eu senti muita pena dela ao realmente ver os acontecimentos que antecederam e que vieram após o náufrago do Queen's Gambit. Moira indo até a casa dos Lance e contando sobre Sara, a dor compartilhada naquela cena...foi tudo muito bem feito e me tocou. E claro, aposto que o "haters" de Sara aumentaram após esse flashback, mas vamos deixar o ódio à Sara para o final.


Moira Queen, oficialmente candidata à prefeitura de Starling, e com um segredo familiar escapando cada vez mais. Aliás, quem escapa de Felicity Smoke? A loira T.I. mais querida do mundo das séries descobriu sobre a paternidade de Thea e acabou contando tudo ao Oliver. Tiro meu chapéu para a edição sensacional aqui: Felicity prestes a revelar o segredo ao Ollie em meio ao anúncio público de Moira, corta cena, volta cena e Oliver está com aquela cara que, mesmo em silêncio de ambos, já nos dizia o que ele acabara de ouvir; mesmo assim, ele subiu ao palco, tenso e falando devagar, para promover sua mãe. Ao entregar o microfone, sussurra um "eu sei" no ouvido dela. Sensacional. Uma pena a briga deles mais tarde na mansão Queen; entendo o Oliver estar bravo e, realmente, a Moira tem muitas mentiras, mas senti pena dela também. Que episódio tocante.

Enquanto Laurel está internada por envenenamento da namoradinha de sua irmã e a mãe Lance sequestrada pela mesma, Sara, Detetive Lance e Arqueiro resolvem os problemas com muita ação. Até que vem mais uma surpresa: Sara, na dúvida de ficar em Starling e perder parte da família ou voltar para a Liga, acaba se envenenando e quase morre nos braços de Nyssa. Quase. Eu cheguei a acreditar que ela morreria ali, mas Ollie sempre tem que salvar alguém no dia. Com isso, a filha de Ra's liberta sua ex, e Sara agora tem problemas com a irmã: toda a história e a raiva de 6 anos atrás vão começar a desenrolar. Justo quando achei que a coitada da Laurel poderia se restabelecer.

Sentindo falta de alguém? Roy? Diggle? É, Roy vimos bastante semana passada, e o Dig está mesmo apagadinho... mas Slade está sempre em cena! Seu breve diálogo com Sebastian seria de arrepiar e arrancar os cabelos se fosse a última cena do episódio. O próprio Slade dará um jeito em Moira Queen e sua candidatura. Ótima maneira de finalizar um episódio surpreendente...mas não. Sara, brigada com a família e salva por Oliver corre atrás (de novo!) do ex-cunhado para ganhar momentos de amor. 


E sim, infelizmente para nossa tristeza, novo episódio apenas dia 26. Ansiedade vai acabar comigo até lá.

Tecnologia do Blogger.