Pular para o conteúdo principal

Especial: TOP 10 Melhores Episódios de 2013



Quantos episódios foram exibidos em 2013? Milhares. Escolher apenas dez não é nada fácil. A cada dez listas destacando os dez melhores episódios do ano, haverá divergência em todas elas, pois cada um marca algum episódio de certa maneira, baseado em algum aspecto. Mas garantimos que a lista do Viciado em Série tem dez episódios de extrema qualidade. 

Dito isso e com critérios antidemocráticos, apresento-lhes a lista com os 10 melhores episódios de 2013, segundo o Viciado em Série. Clique em 'Leia mais' para ler a crítica completa do episódio, mas cuidado com spoilers, caso não esteja em dia com as séries em questão.

10 - The Walking Dead: "Too Far Gone" 4x08


O dia em que The Walking Dead justificou a sua existência. The Walking Dead trouxe um episódio fantástico. Podia ser sempre assim? Impossível. Episódios como esse são típicos episódios de fim de temporada, aquele que traz impacto, empolgação e ansiedade para o retorno da série. Normalmente são episódios que marcam, porém muitas vezes conseguem decepcionar os telespectadores, como ocorreu com a própria série em seu último season finale. Só que agora The Walking Dead fecha a meia temporada compensando, não que tenha apagado a morosidade e a falta de ousadia em episódios anteriores, mas sim, veio provar que a série, mesmo com altos e baixos, merece muito ser acompanhada. Leia mais

9 - The Killing: "Six Minutes" 3x10


Excelentemente perturbador. O momento que todos esperavam, mas ninguém esperava. Um episódio extremamente tenso, onde o tempo era o maior e pior inimigo. Chegou o dia da execução, mas a dúvida ainda pairava pelo ar: será mesmo que Seward é inocente? Ele irá se salvar? Todos imaginavam que sim, pois seria perverso demais acompanharmos o enforcamento de Seward. Seria não. Foi. Leia mais

8 - Spartacus: "Victory" 3x10


"Não há maior vitória do que sair desse mundo como um homem livre". É a História. Reclamem com ela. É o final que todos sabiam, mas ninguém tinha certeza. Todos esperavam a morte de Spartacus, mas ninguém a queria. Em um episódio simplesmente épico, acompanhamos o fim glorioso de uma nação de escravos, humilhados, abusados, liderados por um mito que transcendeu os séculos e que sobreviverá pra sempre em nossos corações, simbolizando uma nação de guerreiros que sabiam de seus limites, mas precisavam tentar alcançá-los. Leia mais

7 - The Good Wife: 'Hitting the Fan' 5x05


"Hitting the Fan" foi tudo o que 'The Good Wife' precisava fazer. Parece até que depois da 2ª temporada a série parou no tempo e só agora retomou de verdade, com o que houve no intervalo sendo mera alucinação. Alicia finalmente tomou uma atitude que a comprometeu e a fez sair do lugar comum, e a partir daí poderemos ver cada personagem escolhendo lados e mostrando, de verdade, até onde são capazes de ir. É. Pode-se dizer que finalmente 'The Good Wife' começou. Pena que demorou tanto para isso." Leia mais

6 - Breaking Bad: "Confessions" 5x11


"Porque não se mata, Walt?" Porque essa opção nunca passou por sua cabeça, pelo menos por enquanto. A história se repete: ao passar por apuros, primeiramente Walter tenta se defender, eliminar provas que possam incriminá-lo, mas depois contra-ataca. Genialmente, contra-ataca. Não é de hoje que sua inteligência não está restrita "apenas" à química. Não. A mesma genialidade que Walter maneja os elementos, ele tem para se safar de situações completamente adversas. Leia mais

5 -Doctor Who: "The Name of the Doctor" 7x13


Dizer que uma season finale foi épica, espetacular, e todos os adjetivos possíveis para algo grande é meio clichê, pois é isso que se espera de uma season finale, que é o resultado final de toda a temporada que temos acompanhado. Claro que nem sempre elas são tão excelentes e épicas quanto o esperado, mas no geral conseguem cumprir suas expectativas. Mas isso se aplica à season finales normais, o que não é o caso de "The Name of the Doctor" que não é apenas uma season finale, mas também o prelúdio para um dos maiores eventos da TV mundial: o especial de 50 anos de Doctor Who, que será exibido nos cinemas no dia 23 de novembro, e em 3D. Leia mais

4 - Fringe: "An Enemy of Fate" 5x13


Por Etta. Por nós. Acabou. Fringe chegou ao fim e como esperado, trouxe episódios espetaculares, tensos, eletrizantes e... absurdamente emocionantes. Um final feliz. Um final que os fãs de Fringe sempre sonharam. Sem tirar e nem por, os produtores nos deram um presente, não apenas nesses dois últimos episódios, mas sim, nos treze episódios da quinta temporada. Como é bom chegarmos no fim e vermos que tudo fez sentido, tudo valeu a pena. Cada detalhe foi tratado com coerência e concordância, montando, desenvolvendo e resolvendo os mistérios que 'destruíram' nossas cabeças durante anos e que agora trazem conforto para nossa mente e principalmente, para nossos corações. Leia mais

3 - Breaking Bad: "Felina" 5x16


"Remember my name". Era uma vez um professor de química de meia idade, desvalorizado, típico pai de família que dá o seu sangue, dia após dia, para cuidar de seu lar, trabalhando em dois empregos e sendo desvalorizado em ambos. Pra piorar, descobre que é portador de um câncer maligno e que tem poucos meses de vida. O que fazer? Morrer, simplesmente, e deixar sua família desamparada, sua esposa grávida, seu filho que passa por necessidades físicas, com dívidas... ou usar de sua genialidade desvalorizada para conseguir, pelo menos, deixar a sua família amparada financeiramente? Leia mais

2 - Game Of Thrones "The Rains of Castamere" 3x09


Um casamento que entra para a história de Westeros. Esperava ver esse triste acontecimento desde que o li. A expectativa era tão grande que tinha quase certeza de que iria me decepcionar com a cena. Mas não foi bem assim, pois a série conseguiu transmitir o desespero daquele acontecimento. Por mais que estejamos acostumados com mortes de personagens, o que aconteceu nesse domingo foi semelhante a morte de Eddard  na primeira temporada. Leia mais

1 - Breaking Bad "Ozymandias" 5x14


"Meu nome é Walter White, monstro dos monstros". Na visão de Skyler, Marie, Flynn, Carol..., possivelmente de toda a Albuquerque. Mas dessa vez, pudemos entendê-lo e até absolvê-lo em algumas situações vistas em "Ozymandias", episódio tido como o melhor da série dentre os seis anos de vida, quiçá o melhor episódio dramatúrgico exibido na TV. Não poderia concordar mais. Leia mais 

—//—

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…

A Fantástica Última Temporada de The Killing

(Com spoilers)

Uma aula de como encerrar uma série.
The Killing recusava a nos deixar. Sofreu dois cancelamentos e foi resgatada duas vezes. Lutou contra os números de audiência, única coisa que interessava para o AMC, e conseguiu sobrevida graças à sua qualidade, prontamente reconhecida pelo Netflix. Ajudou na produção da terceira temporada e bancou sozinha a sua quarta, pois, felizmente, acreditou na série e não nos deixou órfãos, depois daquele excepcional cliffhanger.
Terminamos a terceira temporada presenciando Linden matar cruelmente (e merecidamente) Skinner, aos gritos de "NÃO" de Holder. Tempos depois fomos noticiados que não veríamos mais nada além daquilo, pois o AMC decidiu cancelar a série, fato que trouxe muita tristeza para o seu telespectador. É uma crueldade que fazem com o telespectador, mas é, infelizmente, uma prática comum na TV, pois não respeitam nada além de lucro, e deixam de contar uma história sem mais nem menos, se lixando para seus clientes. 
E a …