The Vampire Diaries: "Fifty Shades of Grayson" 5x10 [Comentando]



Por Patrícia Quintas 

"A fuga do Damon foi ótima. O que não faz a namorada em perigo, não é mesmo? Daí, ele se unir ao Estefan pra tentar achá-la foi um retorno aos tempos em que os dois sempre salvavam Elena de algum perigo. Adorei a cara da Katherine ao acordar ao lado do Estefan, mas fiquei com dó dela ao ser rejeitada pelo chatonildo que, com certeza, vai se voltar pra Elena agora que Damon terminou com a vampira. Mas fala sério né, Damon? Você realmente acredita que é bad-ass? Eu não acredito e acho que por isso sou e sempre serei time Delena. Também fiquei com dó da Nadia, achando que a mãe pudesse estar falando sobre receber o perdão dela. No final das contas, ela é talvez a única alternativa pra conter o envelhecimento da Katherine (e não deixar a melhor personagem sair da série!). Aquele final com certeza foi pra nos deixar em dúvida sobre o destino dela. Ressuscitaram o Matt neste episódio como personal trainer?! Agora entendi a função do personagem: ser qualquer coisa que o roteiro precisar e quando precisar! hihihih Achei que o Enzo ia ser mais destrutivo ao tentar matar Damon. Comparando ele e o Jess, este último foi mais letal em bem menos tempo. Quanto às pesquisas do pai, Elena acabou descobrindo quem ele era de verdade e que seu objetivo era tentar fazer o bem, nem que seja torturando vampiros. Agora que ela é uma, ela entendeu que o objetivo do pai não visava o bem de todos. E o que o Aaron vai fazer com aquela injeção criada pelo Dr. Frankstein? Curiosa..."

Por Diana Espírito Santo

"A série dá voltas e voltas e sempre acaba retornando ao mesmo lugar! Damon conseguiu sair da prisão de Dr. Wes. Stefan salvou Elena! Enzo que afinal não estava morto foi salvo por Damon! Damon (só agora) não se acha bom o suficiente para Elena. E para tornar a situação mais surreal Nadia tenciona achar uma solução para Katherine não morrer. É o seguinte: a gente já aceita vampiros, lobisomens, híbridos, bruxas, sociedades macabras e blá blá blá, ou pelo menos aceitava, porque apesar da série ter começado não sendo mais que uma história impossível de amor, estas coisas também são o charme do oculto, do fantástico... Mas está custando aceitar que ali ninguém morre... Todo mundo ressuscita, todo mundo acaba conseguindo, nem que seja, ser fantasma! Por pior que isso possa parecer estou com saudade dos episódios em que alguém importante desaparecia de fato! Estou com saudade de episódios pesados que levavam a história para a frente de modo simples e aberto, episódios que mudavam tudo sem que a gente contasse e nos surpreendiam com um drama genuíno, não aguento mais esse modo demasiado forçado que a série tem seguido! Não dá para continuar fazendo pausas de 10 em 10 minutos porque está sendo tudo demasiado chato para assistir seguido! Torço muito para que a série volte ao que era... ou pelo menos anuncie a sua temporada final e termine com dignidade! Acho que ser fã de uma série é mais que querer que ela continue, dê por onde der, é saber vê-la terminar se assim tiver que ser, se a história tiver se esgotado, e acho que aqui, é o caso."

Por Luis Felipe

Bom, seguiu a historia. Simples assim. Vou ter que assumir que dentro de um universo maravilhoso, tivemos umas decepções; Isso que acontece quando esperamos demais de algumas séries ou episódios. O enredo vinha em um ritmo super legal e empolgante, voltando com a trilha sonora sempre perfeita, e BummmMM...Tudo cai por baixo. Ok, posso estar exagerando, porém, o episódio foi muito a quem dos que poderia ser. Faltou emoção, marca registrada de TVD. Fora isso, os fatos supriram as expectativas (faltando emoção, repito). Prefiro parar por aqui do que conetar mais ainda uma das séries mais bem feitas dos últimos tempos na minha opinião. Esperemos o próximos para tirar mais conclusões...E com certeza, repito, com certeza, vai melhorar!
Tecnologia do Blogger.