Revenge: "Exodus" S03 x Ep10 [Review]



Primeiramente gostaria de iniciar este texto parabenizando os produtores que estão a frente da terceira temporada da série. Os níveis dos episódios estão muito bons e nos basta ficar gratos a Sunil Nayar que está fazendo um ótimo trabalho. Exodus veio para nos dar um tapa na cara e mostrar outro lado de cada personagem que ainda não tínhamos visto. Foram tantos acontecimentos que o episódio passou num piscar de olhos e para a nossa alegria não foram acontecimentos bobos e sim importantíssimos para o futuro da série.

Primeiramente temos Emilly imaginando todo o seu plano, como se tudo fosse dar certo. A ideia até era boa, mas como eu disse na review anterior, Emilly precisa se superar para chegar a padrão Grayson de qualidade e esse episódio veio nos mostrar exatamente isso. Desde o primeiro episódio da terceira temporada a dúvida sobre quem atirou em nossa protagonista ficava nos rodeando e nos fazendo criar várias hipóteses e casos sobre o acontecimento. E como sabíamos, Exodus viria para tirar essas nossas dúvidas e então ficamos esperando um episódio acima da média e foi isso que conseguiu nos proporcionar.

O episódio se vangloriava só com a volta de Patrick, o personagem consegue dar um gás na história e trazer Vicky para o centro das atenções, com sua maneira mãezoca de ser. Como não amar nossa Vilã demonstrando preocupação e afetividade pelos filhos? Madeleine consegue moldar a maldade de Victória com o amor que ela sente pelos filhos e isso torna nossa rainha ainda mais amável e digna de louvor.
Quando digo que o episódio veio para mostrar o outro lado de cada personagem, é sobre isso que estou falando. Claro que já vimos Vicky demonstrando tudo isso pelos filhos, acompanhamos desde o começo de Revenge, mas o jeito que ela demonstra felicidade com a volta de Patrick é inexplicável.
Outra face mostrada no episódio é a de Conrad apaixonado, Lydia é seu ponto fraco e vice-versa. Achei muito interessante quando Conrad diz que tem os contatos certos, a família certa, e a esposa errada. E a gente sabe que funciona exatamente assim, mas que graça teria sem Victória né?

Até Jack se tornou interessante no episódio, olha as faces sendo reveladas! Achei muito digno a despedida de Jack e Emilly, adorei quando ele conseguiu mostrar para Emilly que ela o fez perder tudo o que tinha e isso é fato. Se não fosse pela teimosa Vingança de Emilly, Declan e Amanda ainda estariam vivos e os rumos seriam diferentes. Nós sabemos que nossa protagonista é egoísta, mas eu adoro quando alguém consegue jogar isso na cara dela. Por mais seca que Emilly seja ela também tem sentimentos e é nítido o arrependimento de algumas coisas que ela fez, porque, aliás, ela só vem fazendo cagada atrás de cagada e ferrando com a vida de todo mundo, menos as do Grayson! haha

Sarah revelou outra face, até se mostrou safadinha e bêbada e se tornou muito mais interessante. Até consegui shipar a personagem com o Jack, me julguem! Nolan se mostrou ainda mais solitário do que já poderíamos imaginar. Não dúvido dos sentimentos do nosso Nolan por Patrick, mas é melhor ele ficar de olhos bem abertos com o rapaz, porque esse já provou ser capaz de até tentar matar Conrad. Se arrependeu? Sim, mas querendo ou não ele causou a morte do Padre Paul, este que ninguém lembra mais.

Além de todas essas faces reveladas, o que todo mundo estava esperando era mesmo saber quem atirou em Emilly, no ínicio do episódio conseguimos identificar que o plano realmente não seria eficaz e então ficamos esperando a impossível morte de Emilly. O engraçado é que tudo deu errado mesmo, nada saiu como esperado. Até a pulseira que culparia Vicky foi jogada ao mar e então vimos que Emilly realmente estava na merda. E foi assim que foi  finalizado nosso quadro de "Revele sua outra identidade" com a participação especial de Daniel, deixando de ser Banana na série e enfim atirando em Emilly depois de escutar a conversa da noiva com a mãe. Eu só achei um pouco forçado ele não se desesperar e continuar firme sem arrependimento como se tivesse feito uma coisa normal. Por mais que ele tenha sido enganado, ele conviveu com Emilly durante dois anos e eu fiquei esperando o momento em que ele iria surtar por ter disparado o revólver, mas que nada, virou as coisas, honrou o sangue da mãe que corre pelas suas veias e voltou pra dentro como se nada tivesse acontecido. Sinceramente? Acho que teremos um novo vilão pela frente. Acho que dessa vez a Bananice sai de Daniel e então poderemos ver o personagem tocando o terror em Hamptons. Eu pelo menos espero por isso.

Mas sobre o desenrolar dessa história teremos que esperar até semana que vem. O vestido de Emilly chegou a margem da praia, mas ela não. Onde foi parar nossa protagonista? Revenge é tão mexicanizada que já estou até imaginando uma possível: Quem matou Emilly Thorne Grayson? Já pensou? Mas eu quero mesmo e ver ela voltar e desta vez voltar pra quebrar tudo, já que agora não tem muito o que esconder. Queremos sangue no olho dona Emilly e muita sambada na cara! Sirva-nos!

Observação: Só eu morri de rir com as caras e bocas de Vicky no discurso de Emilly? Digno demais! Preciso de gifs! hahaha

Tecnologia do Blogger.