Pular para o conteúdo principal

Revenge: "Exodus" S03 x Ep10 [Review]



Primeiramente gostaria de iniciar este texto parabenizando os produtores que estão a frente da terceira temporada da série. Os níveis dos episódios estão muito bons e nos basta ficar gratos a Sunil Nayar que está fazendo um ótimo trabalho. Exodus veio para nos dar um tapa na cara e mostrar outro lado de cada personagem que ainda não tínhamos visto. Foram tantos acontecimentos que o episódio passou num piscar de olhos e para a nossa alegria não foram acontecimentos bobos e sim importantíssimos para o futuro da série.

Primeiramente temos Emilly imaginando todo o seu plano, como se tudo fosse dar certo. A ideia até era boa, mas como eu disse na review anterior, Emilly precisa se superar para chegar a padrão Grayson de qualidade e esse episódio veio nos mostrar exatamente isso. Desde o primeiro episódio da terceira temporada a dúvida sobre quem atirou em nossa protagonista ficava nos rodeando e nos fazendo criar várias hipóteses e casos sobre o acontecimento. E como sabíamos, Exodus viria para tirar essas nossas dúvidas e então ficamos esperando um episódio acima da média e foi isso que conseguiu nos proporcionar.

O episódio se vangloriava só com a volta de Patrick, o personagem consegue dar um gás na história e trazer Vicky para o centro das atenções, com sua maneira mãezoca de ser. Como não amar nossa Vilã demonstrando preocupação e afetividade pelos filhos? Madeleine consegue moldar a maldade de Victória com o amor que ela sente pelos filhos e isso torna nossa rainha ainda mais amável e digna de louvor.
Quando digo que o episódio veio para mostrar o outro lado de cada personagem, é sobre isso que estou falando. Claro que já vimos Vicky demonstrando tudo isso pelos filhos, acompanhamos desde o começo de Revenge, mas o jeito que ela demonstra felicidade com a volta de Patrick é inexplicável.
Outra face mostrada no episódio é a de Conrad apaixonado, Lydia é seu ponto fraco e vice-versa. Achei muito interessante quando Conrad diz que tem os contatos certos, a família certa, e a esposa errada. E a gente sabe que funciona exatamente assim, mas que graça teria sem Victória né?

Até Jack se tornou interessante no episódio, olha as faces sendo reveladas! Achei muito digno a despedida de Jack e Emilly, adorei quando ele conseguiu mostrar para Emilly que ela o fez perder tudo o que tinha e isso é fato. Se não fosse pela teimosa Vingança de Emilly, Declan e Amanda ainda estariam vivos e os rumos seriam diferentes. Nós sabemos que nossa protagonista é egoísta, mas eu adoro quando alguém consegue jogar isso na cara dela. Por mais seca que Emilly seja ela também tem sentimentos e é nítido o arrependimento de algumas coisas que ela fez, porque, aliás, ela só vem fazendo cagada atrás de cagada e ferrando com a vida de todo mundo, menos as do Grayson! haha

Sarah revelou outra face, até se mostrou safadinha e bêbada e se tornou muito mais interessante. Até consegui shipar a personagem com o Jack, me julguem! Nolan se mostrou ainda mais solitário do que já poderíamos imaginar. Não dúvido dos sentimentos do nosso Nolan por Patrick, mas é melhor ele ficar de olhos bem abertos com o rapaz, porque esse já provou ser capaz de até tentar matar Conrad. Se arrependeu? Sim, mas querendo ou não ele causou a morte do Padre Paul, este que ninguém lembra mais.

Além de todas essas faces reveladas, o que todo mundo estava esperando era mesmo saber quem atirou em Emilly, no ínicio do episódio conseguimos identificar que o plano realmente não seria eficaz e então ficamos esperando a impossível morte de Emilly. O engraçado é que tudo deu errado mesmo, nada saiu como esperado. Até a pulseira que culparia Vicky foi jogada ao mar e então vimos que Emilly realmente estava na merda. E foi assim que foi  finalizado nosso quadro de "Revele sua outra identidade" com a participação especial de Daniel, deixando de ser Banana na série e enfim atirando em Emilly depois de escutar a conversa da noiva com a mãe. Eu só achei um pouco forçado ele não se desesperar e continuar firme sem arrependimento como se tivesse feito uma coisa normal. Por mais que ele tenha sido enganado, ele conviveu com Emilly durante dois anos e eu fiquei esperando o momento em que ele iria surtar por ter disparado o revólver, mas que nada, virou as coisas, honrou o sangue da mãe que corre pelas suas veias e voltou pra dentro como se nada tivesse acontecido. Sinceramente? Acho que teremos um novo vilão pela frente. Acho que dessa vez a Bananice sai de Daniel e então poderemos ver o personagem tocando o terror em Hamptons. Eu pelo menos espero por isso.

Mas sobre o desenrolar dessa história teremos que esperar até semana que vem. O vestido de Emilly chegou a margem da praia, mas ela não. Onde foi parar nossa protagonista? Revenge é tão mexicanizada que já estou até imaginando uma possível: Quem matou Emilly Thorne Grayson? Já pensou? Mas eu quero mesmo e ver ela voltar e desta vez voltar pra quebrar tudo, já que agora não tem muito o que esconder. Queremos sangue no olho dona Emilly e muita sambada na cara! Sirva-nos!

Observação: Só eu morri de rir com as caras e bocas de Vicky no discurso de Emilly? Digno demais! Preciso de gifs! hahaha

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim de Sons of Anarchy

"Papa's Goods" 7x13 [Series Finale] (Com spoilers)
Quando a morte é a última e única saída.
E Jax encontrou na morte a solução para tudo, mas Sons of Anarchy continuará viva, até em breve criarem um remake, ou até mesmo, continuar com a série, pois margem de sobra deixaram pra isso.
O fim de Sons of Anarchy tratou de mostrar o fim de Jax Teller, aquele se tornou protagonista da série, mas nem sempre foi assim. As primeiras temporadas eram comandadas por Clay, que revesava o papel principal com Jax, mas nem de longe as ações que ambos exerciam eram o mais importante da série.
Sons se destacou pelo conjunto de personagens e por ações em conjunto, alinhado às situações nada pacíficas da família Teller. Portanto, com o fim de Jax Teller, a série termina, mas, diferente da maioria das séries, o enredo sobreviveria "tranquilamente" sem Jax.
Ademais, a saída para "resolver" tudo foi a morte. Jax "morreu", mas foi para o "outro mundo" de a…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…