American Horror Story - Coven: "Head" 3x09 [Comentando]



Por Karolen Passos

"E o episódio dessa semana definiu, finalmente, o rumo da temporada. Existe uma guerra? Sim, existe, mas não será uma guerra entre clãs, pelo menos, não por enquanto. Mas sim uma guerra de bruxas vs caçadores. Com os acontecimentos que rolaram desde Fiona pedindo uma aliança a Mãe Laveau devido aos caçadores de bruxas até as mesmas serem atacadas por Hank, levaram a essa, aparente, união que irá surgir para derrota-los. A chacina foi feita na casa de Marie Laveau e com isso a mesma foi à procura de Fiona, assim, mostrando que irá aceitar a aliança. Precisa-se de um inimigo em comum para juntar dois inimigos. Interessante que existe toda uma corporação de caçadores de bruxas e fico me perguntando como as mesmas irão descobrir tudo isso. Bom, Hank era apaixonado por Delia e isso é inegável, foi contra as regras do pai e da Rainha do Vodu por causa de seu amor. Outro ponto que podemos marcar aqui é a visão restaurada da filha da Suprema e a perda de seu dom adquirido com a cegueira. O que continuo me perguntando é: qual o verdadeiro dom de Cordelia? Até agora só foi mostrado ela cuidando das ervas, fazendo trabalhos diretos com as plantas. Foi bom ver a cena dela com Misty e a necromante dizendo que a outra é uma ótima líder. Vi teorias de que Luke poderia ser um bruxo, até usavam o comportamento de sua mãe para justificar, mas ela está mais para lunática mesmo. Sem contar que a mulher se mostrou não tão puritana assim, uma verdadeira assassina que fechou o episódio prestes a asfixiar seu filho. Não poderia deixar de citar a cena de Delphine chorando ao ver tudo que os negros já passaram nos EUA. Será que Queenie conseguiu ensinar sua lição a mesma? E Queenie, morreu ou viveu? Parece que morreu, mas vai saber, é AHS. Outras duas perguntas que ficam são: Onde está o Homem do Machado? E como irá desenrolar essa nova aliança de Bruxas de Salem e Bruxas do Vodu? Agora o jeito é esperar até janeiro! (Saudades já da Cordelia)"

Por Fábio Lins

"Eu sempre começo os episódios de American Horror Story desanimando, confesso, ainda mais que muitas vezes eles dão um reboot na história. Mas no fim, de praticamente todos os episódios dessa temporada, eu termino extremamente empolgado. Em "Head" não foi diferente. Vimos que a trama está sendo amarrada e já estão tendo definições, isso é muito bom. Descobrimos as verdadeiras intenções de Hank, o caçador que estava sendo chantageado e que optou por uma missão suicida ao matar Cordelia, sim, a pessoa que ele ama. O episódio trouxe um ótimo suspense, ao fazer-nos pensar que Hank mandaria para o inferno as bruxas do clã de Fiona, começando por Cordelia. Mas foi Marie Laveau que levou a pior, não quis ajudar Fiona, claro, estava por trás das ações do caçador. Bem feito. Um episódio muito bom que fechou bem o ano da série. Que venha a reta final, em janeiro."

Por Marco Freitas

"Coven surgiu cercada de expectativas, mas no fim concluiu pouco do que prometia. Nesta mid season finale ao invés de deixar um gancho para os "derradeiros" episódios finais, a trama prefere acalmar os ânimos e nos apresenta a desinteressante (e deslocada mesmo para American Horror Story) verdade sobre os caçadores de Bruxas. Um episódio que foi mesmo sobre Hank e uma tentativa de humanizar o personagem que só evidencia ainda mais a inconstância da trama, e é bem verdade que precisamos de uma tragédia como a que vimos neste episódio, mas o fato de que isso leva Marie Laveau a unir forças com Fiona é um tanto frustrante. Bem, ao menos Myrtle Snow deu o show de loucura que precisávamos e sua vingança contra o conselho é tão brutal que fez a cabeça decepada de Madame LaLaurie parece um aspecto bobo do episódio."
Tecnologia do Blogger.