The Walking Dead: "Dead Weight" 4x07 [Review]



Chegamos ao ponto na temporada já divulgado no episódio 'Interment'. The Walking Dead parou para nos contar por onde andava o Governador e o que diabos estava pensando. Pois bem. Após dois episódios morosos, somos levados mais uma vez a pensar que AGORA haverá o grande duelo entre Rick e o Crápula. Melhor não contarmos muito com isso.

Que haverá um embate, óbvio, agora se o Governador irá morrer, estou começando a pensar que não. Eles desenvolveram um lado desconhecido do personagem, e acredito que não irão se livrar dele assim, ainda mais que ele vem com nova família e nova tropa. O episódio mostrou bem a face perversa do personagem, essa que toma 90 % de sua humanidade. (Ele é humano?)

Coitados. É o meu sentimento quando vejo a nova família do Governador, feliz da vida com ele. Não imaginam o que ele é capaz, mas pelo menos estão seguros, pois agora ele age por um objetivo: manter-se vivo. Manter a sua nova família viva. Acabou com os comandantes da nova tropa e tomou a liderança, pois fugir não adiantaria, morreriam mais cedo ou mais tarde. Sobrou para ele tentar se refugiar no lugar mais 'seguro' daquele mundo: a prisão, ocupada pela turma de Rick.

Lá ele irá - caso consiga derrubar os sobreviventes - matar a sede de sangue, derramado quando destruíram o seu governo, além de dar segurança à sua nova tropa e entes queridos. Pelo menos não volta em busca de paz, redenção, com a cara mais lavada do mundo, como suspeitávamos. Ele volta em busca de guerra, colocando em sua mira inicialmente, aquela que tornou-se a pessoa que mais lhe traz ódio: Michonne.

Mas claro que caso atire, não será o fim da personagem, que tornou-se uma das principais personas da série. Caso venha a morrer, deverá ser feito com mais calma e propósito. 

"Dead Weight" foi bem melhor do que 'Live Bait', convenhamos, apesar de não ter trazido momentos espetaculares. Mas foi um episódio competente ao propósito, mesmo não concordando com a iniciativa. Muitos personagens foram inseridos, e independente do resultado da guerra declarada, foi interessante acompanharmos essa apresentação, mesmo que provavelmente a maioria deva nos deixar brevemente.

The Walking Dead mais uma vez anuncia a guerra, anuncia o embate final, mas a sensação que será uma grande decepção ainda bate forte, pois o trauma da temporada passada ainda não passou. O jeito é torcer. Não para Rick ou para o Governador, mas para que a meia-temporada feche com ousadia, impacto e coerência.
Tecnologia do Blogger.