Revenge: "Secrecy" 3x08 [Review]



Em Secrecy, estávamos todos convidados para o chá de panela de Emily e Daniel e já sabíamos que muita coisa estaria por vir, principalmente muita sambada na cara do jeito que a gente gosta e aprova em Revenge. Para os desinformados, assim como eu (sim, eu não sabia como funcionava exatamente um chá de panela ou cozinha, termo mais utilizado aqui no Brasil) o chá de panela, para quem não sabe é geralmente um encontro que a noiva marca com as amigas para arrecadar utensílios de cozinha para o casamento. Mas como o chá de panela vem evoluindo e se modernizando com o tempo, agora a moda é mesclar e chamar todo mundo para a dança. E foi isso que Revenge fez. Até porque, se fosse um chá de panela somente de mulheres, teríamos apenas Charlotte, Margaux, Vick e Ems brincando de serem amigas.

Logo, Secrecy veio para nos alegrar e foi um episódio que não só veio para mostrar como os personagens de Revenge sabem fazem compras on-line, mas também para nos deixar boquiabertos com tantos acontecimentos. Quem diria que Daniel chutaria o balde e correria atrás de Sarah faltando duas semanas do casamento evitando Emily logo no começo do episódio? Pobre garoto que pensava que estava fazendo tudo isso as escondidos, pois enquanto Danny está trazendo o fubá, Emily já está com o bolo pronto e com uma encenação merecida de Oscar. Até eu acreditaria em Emily, pois ela fez papel de esposa traída feat. sofredora com tanta convicção que foi de aplaudir de pé. E no meio de toda essa encenação temos Sarah como peça principal do jogo de Victorya e Emily. A cada minuto do episódio Sarah mudava de lado e eu cheguei a conclusão que ela consegue ser mais influenciável que nosso amigo Banana, este agora, com direito a apartamento do MET para levar as futuras amantes e tudo. Mas quando Emily dá por satisfeita sobre Sarah ser carta fora do baralho, Vick veste seu salto alto e samba em Emily trazendo a ex, manipulável para trabalhar no chá de panela. Porque, aliás, em Revenge, é tudo normal, a ex faz o bolo de casamento, a ex faz os doces, trabalha no chá de panela, tudo completamente normal, coisa que a gente vê todos os dias. sqn

Só que uma hora você pisa e na outra é pisado. E Vick mordeu a isca sobre o história do ex-marido de Emily e fez questão de trazer o cara para o chá de panela (Que deselegante, Dona Grayson.) o que foi um tiro no pé, já que Rohan, digno de receber o Oscar de melhor ator coadjuvante do nosso Oscar especial Revenge, sabe de todos os planos da nossa protagonista, já que este também foi treinado por Takeda (RIP) e acaba ajudando-a.

E Emily não perde a oportunidade de ir até Victorya no final da festa para mostrar que quem ri por último ri melhor. Mas vocês achavam mesmo que nossa rainha ia deixar tudo isso passar em branco? Claro que não. Victoria faz questão de mostrar para Emily que Daniel já não anda tão apaixonado por ela assim. Com uma ligação, Ems descobre que Daniel está mesmo a traindo com Sarah e a dor de ser corna fere seus sentimentos, porque, aliás, só ela pode trair. Mentira! Ems está pouco se importando com os sentimentos de Daniel, ela só quer realizar este casamento a qualquer custo para finalizar sua tão enrolada sonhada vingança.

E quando Conrad no seu apartamento do MET, agora de Daniel, mais conhecido como zona das amantes, cita Lydia, quem não se encheu de esperança? Poderíamos ter de volta umas das primeiras personagens de Revenge, que muitos adoravam, inclusive eu. E é isso que Margaux faz (sim, acreditem, ela teve utilidade nesse episódio) e traz nossa Lydia, mais conhecida como Lidycat, a mulher de sete vidas, já que a corpo dela é blindado e a praga de Conrad Grayson não pega minha gente. Agora nos resta esperar e torcer que a volta dessa personagem balance a estrutura de Hamptons e nos trás mais episódios como este, cheio de reviravoltas do jeito que a gente ama acompanhar.

PS: Emily usando o velho e bom golpe da barriga, como não chamar Revenge de novela?
PS2: Como não adiar a ausência de Nolan no episódio?
PS3: Jack, Aiden e Charlotte tão mal aproveitados quanto a piscina da casa do Nolan.
PS4: Continuo amando os diálogos de Victorya e Conrad. É muito amor!
Tecnologia do Blogger.