Masters of Sex: "Catherine" 1x05 [Review]



Finalmente, uma série que foge de todos os padrões apregoados pela tradicional família americana! E a cada episódio isto pode ser provado e comprovado. O quinto filme da epopeia do médico e pesquisador  sobre "sexo", tabu milenar na vida do ser humano, William Masters  foi, em minha opinião, o melhor de todos. Foi o mais denso, o mais decisivo e, paradoxalmente, o mais cômico. Foi pesado, pela triste perda da filha do casal Masters, Catherine - que sequer nasceu (nome que deu o título ao episódio) e, para culminar a tensão reinante, pelo desabafo final desse carrancudo médico, que desabou de sua empáfia e arrogância.
Foi decisivo, porque, certamente, essa perda vai dar um novo rumo ao enredo, não somente para o casal Masters, mas para a vida afetiva e profissional do médico e sua fiel secretária Virgínia. E foi cômica na hora dos testes com as “cobaias do sexo”, além dos seus divertidos depoimentos. 

O que tem me chamado a atenção nesta série que, como disse, deve estar abalando os alicerces dos tradicionalistas americanos, é a atuação do elenco.  Todos estão impecáveis em seus papéis! Raramente se vê uma homogeneidade tão marcante assim em se tratando da interpretação do “cast”. Não tenho dúvida que a série “Masters of Sex” (trocadilho com o sobrenome do obstetra e sexólogo) vai emplacar mais temporadas e, por isso, cair no gosto da platéia, mesmo dos mais exigentes.


Em síntese, o capítulo em questão - que foi ao ar no dia 27 de outubro passado nos Estados Unidos (o número seis, exibido no dia 3 último na América, ainda não está “on line” na net, o que deve acontecer ainda nesta semana, presumo), mostrou, além da mencionada morte prematura do bebê,  o início do novo romance do médico Ethan Hass com a filha do Reitor Scully e o surgimento do ex-marido de Virginia que, por sua vez, cai em prantos por ter se tornado uma mãe relapsa por causa da fuga do filho “nerd” para ficar com o pai. 

Após cinco capítulos, já posso dizer que os "Mestres do Sexo" ainda têm muito a mostrar, uma vez que é uma história baseada em fatos reais. Ainda vamos ouvir muito sobre este excelente show que mostra a odisseia e a coragem de um médico para descobrir os insondáveis  - e censurados - segredos do sexo na vida do ser humano. 

Tecnologia do Blogger.