Pular para o conteúdo principal

Masters of Sex: "Brave New World" 1x06 [Review]



Mais um episódio que vai dar o que falar na mídia mundial, principalmente no seio da tradicionalíssima família americana. No mundo atual, aos poucos, alguns tabus vão sendo quebrados e a evolução do ser humano já lhe permite falar e discutir determinados assuntos relacionados ao sexo, com mais desenvoltura e maturidade na TV e no dia-a-dia. Temas que antes só eram restritos ao cinema. Contudo, tais temas devem ser tratados com liberdade mas sem libertinagem, como diria o filósofo. É justamente o que acontece nesta ótima série da TV norte-americana que parece estar abalando certos alicerces sacros, além de empolgar o apreciador do assunto, desde que tratado com inteligência e naturalidade, tornando corriqueiro e interessante às mentes mais abertas.

Falando do episódio de número seis de um total de treze para esta primeira temporada (por sinal, a segunda temporada já está confirmada), como disse, foi um mais um bom filme que começou com as férias do casal Masters. Férias, ademais, forçadas, por parte do médico e cientista William, mais preocupado com suas experiências sexológicas do que com o estado psicológico de sua esposa Libby, ainda abalada pela perda da filha que não passou dos três meses de gestação. Enquanto isso, Virginia, a secretária (que depois seria promovida a Assistente de Pesquisa, para evitar ciúmes alheios, leia-se, da nova médica contratada) tenta desbancar as teorias de Freud, apregoadas pela filha desse famoso psicanalista austríaco em uma palestra sobre o orgasmo feminino e assuntos correlatos.

Uma vez que tocamos neste assunto, a esposa do “não-assumido” Reitor Scully, fica sabendo, através de uma de suas amigas que se voluntariou para ser “pesquisada” e testada pelo casal pesquisador (na verdade, futuro casal), que existem várias maneiras de se atingir o clímax. Pela frieza de seu "duvidoso" marido, ela decide se tornar “cobaia” dessa boa causa, em nome da ciência e vai ter uma conversa com Virginia sobre sua decisão.

Entrementes, a esposa de Bill Masters, reconhece que ele não está curtindo as férias e está mais preocupado com um casal de idosos que pratica o sexo diuturnamente, contrariando as regras e, por isso mesmo, lhe recomenda que vá embora, mas ela decide ficar no hotel de Miami. Já se pode notar que Dr. Masters quer mesmo, além de prosseguir com suas pesquisas, é ficar do lado de Virginia, ou seja, unir o útil ao agradável. E ele volta para Washington. 

Numa entrevista com a esposa do reitor, esta lhe revela que nunca teve um orgasmo na vida. Por este motivo é recusada para ser testada, pois o interesse é saber até onde chega - ou vai - o gozo feminino (se pelo clitóris, se pela vagina ou até mesmo pelo mamilo). Frustração total  para a bela Sra. Margaret Scully que decide tomar um novo rumo na sua vida sexual. É nessa parte do filme que atingimos o famoso "momento hollywoodiano”: Sra. Scully decide ir ao cinema sozinha, já que seu marido prefere dormir (na verdade, ele está mais preocupado com seu parceiro de programas noturnos do que com a esposa) e na saída do filme se encontra “coincidentemente” com o Dr. Austin Langham, aquele mesmo que se deixava testar, praticando o ato sexual monitorado com uma outra voluntária, também funcionária do hospital e, depois de um certo tempo, falhara por duas vezes seguidas. União perfeita. Cada um carregando uma frustração (ela, por nunca ter chegado ao orgasmo). Não é que ambos começam a conversar e, de repente, Austin toca nesse assunto com Margaret, o que não deixa de ser inverossímil (por isso, classifiquei de clichê de Hollywood), pois tocar nesse tipo de assunto com a patroa do chefe-mor, seria um risco até de demissão pelo desrespeito. Mas, ela, como não podia deixar de ser, adorou a oportuna conversa e o resultado só podia ser um só: ambos fizeram o amor que tanto precisavam, cada um atingindo seus objetivos.

Com o desfecho do episódio, só se pode tirar conclusões óbvias, tais como, o casamento de Bill e Libby está com os dias contados; por sua vez esta vai tomar alguma decisão drástica para ver se engravida logo. Nesse meio-tempo, o flerte do casal de cientistas prosseguirá. A esposa do Reitor, finalmente, conseguiu o que queria e, tudo indica que vai ser “testada pela ciência" exatamente com o médico que falhara antes. Novos rumos estão sendo traçados e a tendência é a série melhorar ainda mais. Deleite puro (sem trocadilhos, por favor).

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim de Sons of Anarchy

"Papa's Goods" 7x13 [Series Finale] (Com spoilers)
Quando a morte é a última e única saída.
E Jax encontrou na morte a solução para tudo, mas Sons of Anarchy continuará viva, até em breve criarem um remake, ou até mesmo, continuar com a série, pois margem de sobra deixaram pra isso.
O fim de Sons of Anarchy tratou de mostrar o fim de Jax Teller, aquele se tornou protagonista da série, mas nem sempre foi assim. As primeiras temporadas eram comandadas por Clay, que revesava o papel principal com Jax, mas nem de longe as ações que ambos exerciam eram o mais importante da série.
Sons se destacou pelo conjunto de personagens e por ações em conjunto, alinhado às situações nada pacíficas da família Teller. Portanto, com o fim de Jax Teller, a série termina, mas, diferente da maioria das séries, o enredo sobreviveria "tranquilamente" sem Jax.
Ademais, a saída para "resolver" tudo foi a morte. Jax "morreu", mas foi para o "outro mundo" de a…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…