Pular para o conteúdo principal

The Voice (US) "The Top 8" e "The Top 8 Results" - s04e21,22


Mais uma semana em The Voice. Os 8 melhores se apresentam e é formado o TOP 6. E aí? Seu favorito foi salvo?


Começamos com uma apresentação bem bacana do técnico Blake Shelton. Não sou muito fã de música country, mas achei divertida essa música dele e vê-lo outra vez no palco.

A primeira competidora da noite é a japonesa negra Judith Hill (Team Adam). Ela cantou uma coisa meio diferente, sabe? Ela arriscou. Eu gostei bastante. Não sou muito fã dela, e talvez, depois dessa apresentação eu passe a enxergá-la melhor. Achei bem divertida. Mas ainda quero vê-la em um  lado mais emocional (mas sem ser falso!). Clique aqui para ver sua apresentação.

Logo depois vem Holly Tucker (Team Blake). Ela cantou algo tão enérgico e com algo ligado ao rock e tão cheia de atitude... foi estranho vê-la assim, mas ela esteve linda e acertando as notas impecavelmente. Só não gostei dela dando gritinhos "uhul" no meio da música. Fora isso, eu também a aplaudiria de pé como o Blake que disse que é a primeira vez que ele a vê dominar a música. Porém, na hora dos comentários dos técnicos, as botas brilhantes de cowboy que ela usava, roubaram a cena e foram mais comentadas que sua apresentação. "Sempre quis ter botas country, mas botas country brilhantes são meu sonho de consumo", disse Shakira. E Adam colocou "claramente o Blake deixou você entrar no armário dele e pegar suas botas emprestadas". Os comentários sobre as botas arrancaram risos do público. Veja a apresentação de Holly e as botas aqui.

Vimos com Zach e Colton (The Swon Brothers), Danielle Bradbery e Christina Milian no sprint box, fotos de Danielle e Usher bebês. Se você quiser ver e também  de outros artistas clique aqui.

Cantando "Diamonds" tivemos as poderosas Judith Hill, Sarah Simmons, Sasha Allen e Michelle Chamuel no palco. Elas foram maravilhosas. Detonaram tudo. Eu adorei. 

Depois da saída de Josiah Hawley e Kris Thomas, o programa ficou  sem homens competindo. Os únicos que sobraram são uma dupla:The Swon Brothers, que, como o próprio Zach disse, eles são o único homem (ele mesmo) e garoto (o irmão mais novo) do programa. Cantando uma música dos Eagles, eles foram bem harmoniosos e fizeram uma apresentação intimista ao redor de uma fogueira - "aquilo era fogo de verdade?" Adam perguntou. "sim, fogo de verdade" um dos TSB respondeu. Sou super fã deles.  Não foi minha preferida, mas foi muito bom. Eu me diverti e achei bacana de ouvir. Adam disse ter se assustado em alguns pedaços da música e se lamentou por ter dito isso depois "estou sendo idiota e detalhista, me desculpem". E Blake disse que as pessoas perceberam que eles são mais que engraçados e brincalhões, eles são realmente ótimos cantores, uma ótima dupla e ótimos irmãos.E veja aqui a apresentação. 

A próxima é Sasha Allen (Team Shakira). Nos ensaios, ela disse que sente a pressão de ser a última do time Shakira e a própria técnica disse "minha vida depende de você agora, ok? é melhor você arrasar". E ainda parafraseou a música que Sasha ia cantar dizendo "eu nunca vencerei esse jogo SEM VOCÊ". Elas escolheram "Without you" do David Guetta feat. Usher! Essa é uma de minhas músicas preferidas e por isso sou meio severa quanto a mexer demais nela. Algumas modificações foram aceitáveis e valorosas, porém, outras foram fora de contexto além de desafinadas. Gostei bastante de Sasha nessa apresentação, apesar de não concordar com tantos sorrisos para uma música apelativa. Shakira esteve bem concentrada durante toda a apresentação de Sasha como se elas estivessem ensaiado cada passinho e a técnica estivesse conferindo se tudo saiu como devia. Usher, porém, mantinha-se sério, impassível. Adam foi o primeiro a falar e disse que ao vê-la se apresentar sentia uma relação de amor e ódio com si mesmo porque antes ela era Team Adam e agora não era mais porque ele era um "idiota-aaa". Carson perguntou a Usher como foi para ele ver Sasha cantar essa música. "Um pouco parcial. Ótima música" ele disse olhando para Shakira "Ótima música. Eu  acredito que você fez um incrível trabalho com essa música. Meus parabéns". Se Usher gostou... Quem sou eu para não gostar? Veja aqui a apresentação.

Lá vem Sarah Simmons (team Adam) e com ela uma queixa pra mim mesma. Por que mesmo eu nunca reparei nela? Ela sempre esteve ali, com aquela voz boa e pronto. Mas depois dessa apresentação, o que eu falarei senão "espetacular"? Sarah é ótima. Eu nunca tinha me dado conta de quão boa ela é. E todos os mentores se deram conta disso e a encheram de elogios. Inclusive seu técnico Adam -lindinho - Levine disse "já cantaram essa música outraa vezes, mas ela é difícil e ninguém nunca a cantou certo, até hoje". Ponto para Sarah que foi maravilhosa! Confira!

A-M-E-I a apresentação country. Pegaram todos os artistas country do programa e colocaram juntos para cantar. Danielle, Holly, TSB e Amber (Team Blake + Amber) arrasaram. Eu amei a música, a forma que foi cantada, a voz de cada um (percebi como adoro mesmo os irmãos Swon) e me diverti. A Amber e a Holly estavam lindas. Todos trajavam algo jeans e eu adorei tudo isso.

Nos ensaios, Usher disse a Michelle Chamuel "todo mundo se foi, agora só é eu e você" e disse também "eu pegaria uma granada por você" e também disse "vamos passar por isso juntos, a guerra não acabou". Ok, ela ia cantar "Grenade" do Bruno Mars. E sim, a pressão sobre ele é a mesma sobre Shakira e por isso eles usam essas frases de efeito pressionador. Ela foi ótima! Como sempre. Afinal, é Michelle Chamuel e ela é muito boa e única. ela começou cantando para o espelho! Adorei o visual dela. E tem outra coisa que eu adoro nela: suas músicas sempre são conhecidas, famosas, atuais, jovens. Michelle é muito boa e explode o lugar como uma granada. Adam disse que a amava e que er seu fã e que ela foi uma das melhores. Usher usava óculos para combinar com ela e a encheu de elogios que a emocionaram. Sinceramente? Se a decisão final fosse agora, o prêmio era dela. Veja sua apresentação.

Aí vem a neném da competição. Danielle Bradbery (Team Blake). Ela cantou "grandpa" e disse que era um tributo a seus avós que morreram antes que ela os conhecesse. Eu gostei muito. Foi uma das melhores. Sua voz estava mais suave e isso é algo que me cativou. O cenário estava lindo e o Blake super orgulhoso. Usher adorou os sapatos dela (botas country brilhantes e vermelhas!) e disse que eles cantavam e dançavam e Danielle apenas os acompanhava. Adam disse que ela cantou uma música sobre o Blake e todos riram, mas a risada mais alta era do Blake. Veja aqui ela cantar.

"Aqui está a pequena música que vamos fazer" disse Adam a Amber. De pequena ela não tem nada. Talvez o nome. É uma espetacular música de filmes e da Adele. Adam tem uma coisa com a Adele. Ele odeia vendo pessoas cantarem suas músicas porque acha que todo mundo a imita e quem não a imita não  tem qualidade vocal suficiente para cantar suas músicas, por isso sempre acho interessante ver ele colocando alguém de sua equipe para cantar suas músicas. E isso acontece desde a 2ª temporada. Cantando "Skyfall" Amber estava vestida maquiada e com os cabelos iguais a Adele. Me deixou triste. Porém o que conta é a voz e analisando só ela, Amber finalizou a noite do TOP 8 da melhor forma possível. Ela foi MARAVILHOSA. Ela cantou divinamente bem e era incrível ver a cara de admiração de Adam Levine. E ele disse que ninguém nunca cantou uma música de Adele e a honrou na história do The Voice. E que Amber fez isso. Realmente ela fez e você pode ver clicando aqui.

No episódio seguinte, Começamos as apresentações com Team Blake cantando junto com Sheryl Crow! Eu adorei. Eles cantaram "easy" e eu achei divertido!

Depois Carson conversou um pouco com os coaches sobre as performances da noite anterior e todos estavam bem otimistas em relação aos times.

Então, começamos pra valer. E lá vem um dueto espetacular: Judith Hill e Michelle Chamuel. Elas cantaram lindamente e detonaram, foi uma apresentação super explosiva e poderosa. Eu gostei muito, mas quando elas cantavam juntas e depois era a vez de um solo da Michelle eu percebia como incômoda era a voz da Judith, parece que arranha!

Então Carson chama todos os outros ao palco. É a hora de anunciar o primeiro salvo. Meu coração se contorce e fico ansiosa porque temo que meus preferidos não sejam chamados. Eu imagino como deve ser para eles!

E ele anuncia: Michelle Chamuel do Team Usher!
Usher vibrou imensamente! Ele continuaria mais uma semana na competição, Michelle também e ela foi a primeira a ser chamada! Eu juro que me assustei com a comemoração dele. Uma foto aê só pra ter uma noção.


Quando Carson anunciou a próxima dupla eu fiquei barbarizada. Eles não combinavam. The Swon Brothers e Sasha Allen! Eles podiam cantar com quem fosse, menos com a Sasha! Não entendi nadinha. Até... ver eles cantarem "Don't you wanna stay". Com uma música romântica eles arrasaram! E até atenderam um dos meus pedidos (ou metade dele). Já comentei aqui que queria ver os irmãos sem violão, certo? Então, dessa vez, só o Zach tocava, o Colton nem ao menos tinha um violão para segurar! Achei o máximo. E a apresentação? Foi pra lá de linda. Amei.

Aí vem outro salvamento. E Carson anuncia que vem da equipe Blake Shelton. Meu coração dispara e tudo o que quero ouvir é "The Swon Brothers", porém ele chama Danielle Bradbery. Salva e continua no TOP6.

Depois do intervalo fomos direto no palco da Christina Milian e lá estava ela, Michelle e a mãe de Michelle. ela brincou com o fato do Usher ter usado óculos no dia anterior e naquele mesmo dia (sim ele colocou óculos novamente) e colocou óculos também! Então Usher começou a gritar que nem o Blake "yeah, yeah". Adoro eles.

A próxima dupla é Danielle Bradbery e Sarah Simmons. Até aí normal, beleza, aceitável. Porém, quando Carson Daly anunciou que a música seria "A thousend years" eu dei pulinhos. "Isso foi incrível" palavras de Carson. Eu diria que ele é pouco criativo. Afinal incrível é pouco. O cenário cheio de velas e com o público segurando luzes ficou lindo. Elas estavam belíssimas e pareciam anjos. Danielle começou a música e entrou desafinada. Porém, na frase seguinte já estava tudo ok. Em um outro momento teve uma outra desafinada. De leve. Tinha um vocal (escondido em algum lugar) ou um eco ou erro de microfonia, que deixou a música uma bagunça. Fiquei até triste. Mas ignorando esses mínimos detalhes, foi lindo! E emocionante. Adoro a voz da Sarah. E para o dueto de Holly e Amber ser o último... algo bombástico viria, eu pensei.

Antes do anúncio de mais um salvo, vem o confessionário The Voice. Foi bem divertido. Falaram de prazeres que deixam culpa. Usher disse "doces". The Swon Brothers disseram o fílme "diário de uma paixão". Ninguém acreditou que eles gostassem desse filme. Eles falaram que o prazer secreto do Usher são sapatos femininos. E o Usher disse que adora pés. Danielle disse que não gosta de pés, Adam disse que gosta porque eles o aguentam o dia inteiro e que são úteis para andar, mas que não gosta deles esteticamente. Então Shakira mostrou os pés sujos e disse que ela só anda descalça... Judith falou que seu prazer secreto eram super-heróis. Alguém disse que Blake e Adam eram como uma dupla de super-heróis. Blake disse que Adam seria o auxiliar já que já pegava carona no sucesso dele mesmo... Adam disse que jamais seria auxiliar do Blake, ele é que estaria no comando porque o Blake mal sabia andar em linha reta... Ah, foi muito bom.

O próximo salvo é anunciado. Sasha Allen, Team Shakira. E quem comemora e faz uma festa e fica surpresa? Shakira. Ela gritou, pulou, e só faltou sambar. Parecia verdadeiramente uma latina comemorando!

Usher foi dar um super abraço nela, porque Blake e/ou Adam finalmente perderiam artistas e eles garantiram mais uma semana na competição.

Outro comercial. Uma carinha triste do Adam. Ele era o único sem ninguém salvo ainda. E, apenas por um milagre ele manteria suas três garotas, caso eliminasse Holly e TSB, que são bem fortes...

Blake aplaudiu de pé Amber e Holly. Foi mágico. Era uma música country na voz de duas meninas poderosas. Elas cantaram tão bem que me fizeram até gostar da música! Lindo, sem defeitos.

A uma altura dessas perder alguém é complicado porque todos são bons. Mas perder dois é ainda pior. Blake e Adam estavam nervosos quanto a isso. E se perdessem dois de uma só vez?

E então temos 5 sobrando. 3 do Adam e 2 do Blake. E Carson anuncia que o próximo vem do Team Blake. Holly ou The Swon Brothers foi salvo? Enquanto isso Adam assimila o fato de que perdeu pelo menos uma... E são os meninos que seguem adiante! TSB é salvo pelo público! Que feliz!

Um último intervalo.
Sobram Holly Tucker, do Team Blake e Judith Hill, Amber Carrington e Sarah Simmons do Team Adam (ele devia tá nervoso pra caramba!).

Adam ficou nervoso pra caramba. Carson anunciou que Amber estava salva. Aí ele ficou muito mais nervoso. Duas suas ali. E simplesmente iriam perder? Ele falou alto e o microfone captou. "Odeio esse país". E a gente entendeu... Holly foi a última salva.

Eu, você, os EUA e Adam Levine demos tchau a Sarah Simmons e Judith Hill de uma só vez. Foi um choque pro Adam que ficou bem chateado e decepcionado e reclamando. Agora ele, Usher e Shakira tem apenas um artista enquanto Blake se mantém invicto com 3. Bem, não é a toa que Blake venceu as duas últimas temporadas e foi vice na primeira...

Temos só 6 artistas! O que vocês acharam desse top 6? Concordaram? Judith e Sarah deviam mesmo ter saído? Me contem!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

A Fantástica Última Temporada de The Killing

(Com spoilers)

Uma aula de como encerrar uma série.
The Killing recusava a nos deixar. Sofreu dois cancelamentos e foi resgatada duas vezes. Lutou contra os números de audiência, única coisa que interessava para o AMC, e conseguiu sobrevida graças à sua qualidade, prontamente reconhecida pelo Netflix. Ajudou na produção da terceira temporada e bancou sozinha a sua quarta, pois, felizmente, acreditou na série e não nos deixou órfãos, depois daquele excepcional cliffhanger.
Terminamos a terceira temporada presenciando Linden matar cruelmente (e merecidamente) Skinner, aos gritos de "NÃO" de Holder. Tempos depois fomos noticiados que não veríamos mais nada além daquilo, pois o AMC decidiu cancelar a série, fato que trouxe muita tristeza para o seu telespectador. É uma crueldade que fazem com o telespectador, mas é, infelizmente, uma prática comum na TV, pois não respeitam nada além de lucro, e deixam de contar uma história sem mais nem menos, se lixando para seus clientes. 
E a …