Pular para o conteúdo principal

The Voice (US) "Top 6" s04e23


É noite de apresentação! TOP 6!

Começamos a noite com Carson Daly anunciando umas mudanças na brincadeira. A primeira delas é que nesse episódio, cada um dos 6 últimos, cantariam 2 músicas, sendo uma escolhida por ele e outra por seu técnico. Depois, ele anunciou também que no dia seguinte a eliminação seria de apenas um artista e não mais de dois, como estávamos acostumados. Bom pra gente, que tem mais the voice para curtir.

A abertura da noite fica por conta da incrível Holly Tucker. Alguém aí já reparou o sorriso dela? Lindo! Ela cantou uma música country cheia de atitude escolhida pelo seu técnico, Blake. Gostei, mas assim como Usher, achei que ela podia ter dado mais.

Vem então, Michelle Chamuel. Ela cantou "Somewhere only we know" escolhida por Usher. Ele queria uma música emotiva. Michelle foi tão boa e emocionou muito a todos. Eu adorei, ela é definitivamente uma das minhas preferidas. Shakira elogiou a apresentação, mas elogiou principalmente o trabalho em conjunto de treinada e treinador, e disse que Michelle e Usher combinam muito. Eu super concordo!

Palco Sprint. Cristina dá um sax para Holly tocar! Ela toca bem! Ela mostra fotos do ensaio do de Michelle onde vemos uma mulher loira "quem é?" ela pergunta e Michelle diz "Taylor Swift. Olhem a cara do Usher, ele sorri como se dissesse 'consegui surpreender você!' e realmente conseguiu".

Vamos agora com The Swon  Brothers. Nos ensaios disseram ao Blake "no início ficamos nervosos, durante as blinds e as batalhas com você ali, agora ficaríamos nervosos se não estivesse". Eles foram MARAVILHOSOS. Adam disse que era a melhor deles. Shakira disse que por causa de artistas countries como eles, bons como eles, pessoas que não gostavam de Country como ela, estão se interessando por esse estilo. Ponto pros irmãos.
Detalhe: a correia do violão do Zach tinha o nome dele bordado. Adorei!

Sasha sobe ao palco. E canta uma música de Aretha Fraklin, a rainha do soul. Ela estava belíssima. Ela cantou muito bem, não vi erros. Afinada. Adam mais uma vez admitiu ser um bobo e Carson perguntou como é ver Sasha se apresentar sabendo que ela estava no time dele antes. Adam disse "é um saco, é um saco! Deixe-me em paz!" e riu em seguida. Depois disse que era uma das melhores apresentações de Sasha. Shakira perguntou a quem quisesse ouvir "quem mais nessa competição pode cantar essa música?" alguém na platéia gritou "ninguém!" e Shakira "exatamente, ninguém, obrigada." Um comentário um tanto ousado, não?

Danielle Bradbery é ótima, porém, ela usa o mesmo tom e timbre sempre e isso está me irritando. Mas mesmo assim a apresentação foi sólida e boa e ela só ganhou elogios. Adam disse que sempre a quis desde o início e que pra ele, ela ainda é uma das melhores do programa. Usher elogiou sua confiança e Blake disse que ela deixava o trabalho dele mais fácil e que tinha uma voz pura. Na minha opinião? A melhor coisa da apresentação foi o cenário que estava perfeito. Tinha uma árvore grande no meio do palco com uma iluminação muito boa e folhas caiam do "céu". Eu adorei.

"Eu quero muito que Amber ganhe, porque ela só virou uma única cadeira. Ninguém mais ouviu o que eu ouvi. Somos só eu e ela contra todos. Tem sido só nós dois desde o princípio, e tem uma pureza incomparável nisso". Adam Levine sobre sua última finalista, Amber. Ela cantou uma música que ele escolheu e que ela não conhecia. Mas isso é só um detalhe. Sua apresentação foi magnífica. Ela cantou dentro de um círculo de fogo! Ela cantou tão bem! Blake agradeceu o Adam por ter posto mais country em Amber com essa performance e disse que foi uma sábia decisão. Shakira super elogiou ela e Adam mais do que ninguém. Disse que adorava desafios e riscos e que alguns davam certo e outros não, mas que sem eles, ele não se sentia vivo. "Por isso você representa tão bem minha equipe, porque você se arrisca." E então ele disse que tinha sido um ótimo risco e que ela foi incrível. Amor de Amber e seu técnico, quase superando o love entre Michelle e Usher.

The Swon Brothers são incríveis. Eles cantaram uma música escolhida pelo Blake e divertiram TODO MUNDO. Fizeram Adam se acabar de rir, bem como Carson e não porque tinha palhaçada, mas porque era uma música alegre, divertida, animada e eles riam o tempo todo também, assim como na primeira música! Colton não parou de sorrir um segundinho sequer! Adam exaltou quão orgulhoso Blake estava dos meninos. Eles foram muito bem.

Holly Tucker subiu ao palco outra vez. Bem, na verdade ela subiu num farol! Ela foi ótima, cantou uma de suas favoritas músicas e algo mais suave. Foi muito bonito.

Palco Sprint! Adoro essas pausas legais lá. Sempre me fazem rir. Cristina pediu aos TSB dicas para virar country. Colton disse: "alguém está cheirando muito aqui, meninas, vocês estão muito cheirosas (Amber também estava lá), vocês precisam feder um pouco". Risos. Zach disse para os homens "nunca calças skinny, sempre jeans de boca larga". Blake gritou um "yeah!". E Zach disse também, café sem sabor, café preto". Amber Carrington falou um pouco sobre seu relacionamento com Adam e disse que atrás das câmeras ele é sempre brincalhão. Cristina perguntou se ele concordava e ele disse que sim, mas mandou Amber ir com calma no que ia dizer, mais risos. Amber contou que conheceu o Maroon 5 esses dias e me deixou com invejinha.

Carson comentou que Blake usava jeans boca larga e tomava café preto e Adam café com sabor e calças skinny."São opostos!". Aí Adam se irritou "isso é um jeans normal, não é skinny!" então ele ficou de pé, para mostrar os jeans. Arrancou gritos das mulheres da platéia.

Bem, enquanto Michelle estiver na competição, nenhum outro tem chances. ela escolheu uma música da Taylor Swift e enquanto cantava nos ensaios, Usher entrou com a Taylor na salinha! Michelle pirou, mas o melhor foi a empolgação de Taylor vendo Michelle cantar. No palco, ela arrasou. Foi MUITO boa. Eletrizante. Explodiu todo o local. Detonou tudo! A platéia gritou com força e por muito tempo como nunca mais se viu no the voice desde a 3ª temporada. Adam pediu silêncio e depois disse "eu sei como vocês se sentem, estou do mesmo jeito. Eu não preciso dizer mais nada. É inacreditável. Pare com isso, Michelle." Blake brigou com o Usher "você levou a Taylor lá?" e Usher apenas sorriu e falou o quanto Michelle é boa. E ela é, mágica, indestrutível.

Lá vem a grande dama Amber Carrington! Ela estava linda, muito linda. Seu vestido? Arraso! Ela cantou música de Patsy e Blake a criticou dizendo que aquilo era solo sagrado, mas que ela tinha ido muito bem e que estava feliz de vê-la cantar um grande clássico country. Adam disse que Blake tinha razão e que era mesmo solo sagrado, mas que jamais a deixaria cantar se não tivesse certeza plena de que ela honraria a música. E que foi isso mesmo que ela fez.

Danielle me surpreendeu. Ela escolheu uma música alta e emotiva da Sarah Evans. E foi super bem. Achei que ela iria se afundar nessa, mas foi lindo e diferente! Finalmente eu a vi usando técnicas vocais diferentes e legais. Ficou tão lindo, tudo. Adam elogiou bem a apresentação e disse ao Blake "acredite se quiser, eu já cantei com Sarah Evans, nós fizemos um show juntos" e Blake "eu sei disso porque sou super fã de vocês e procurei isso no google". Adam riu e disse "Isso foi fofo e assustador. Ele´é fã do google."

Sasha tirou o vestido no palco. Ok, isso já faz todo mundo ter uma noção da apresentação enérgica que ela nos deu. Cantando Carrie Underwood, ela pôs rock no country e ficou muito divertido. Shakira estava animadíssima, elétrica, boba, muito alegre. Me diverti e tirei uma impressão ruim que tinha da Sasha, ela é realmente ótima.

Não poderíamos ter um top 6 tão bom. Eu estou super animada. E você? Gostou? Como avalia as apresentações? Me conte!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…

A Fantástica Última Temporada de The Killing

(Com spoilers)

Uma aula de como encerrar uma série.
The Killing recusava a nos deixar. Sofreu dois cancelamentos e foi resgatada duas vezes. Lutou contra os números de audiência, única coisa que interessava para o AMC, e conseguiu sobrevida graças à sua qualidade, prontamente reconhecida pelo Netflix. Ajudou na produção da terceira temporada e bancou sozinha a sua quarta, pois, felizmente, acreditou na série e não nos deixou órfãos, depois daquele excepcional cliffhanger.
Terminamos a terceira temporada presenciando Linden matar cruelmente (e merecidamente) Skinner, aos gritos de "NÃO" de Holder. Tempos depois fomos noticiados que não veríamos mais nada além daquilo, pois o AMC decidiu cancelar a série, fato que trouxe muita tristeza para o seu telespectador. É uma crueldade que fazem com o telespectador, mas é, infelizmente, uma prática comum na TV, pois não respeitam nada além de lucro, e deixam de contar uma história sem mais nem menos, se lixando para seus clientes. 
E a …