Pular para o conteúdo principal

TOP 5 "Odiamos amar": 3ª Posição


A 3ª posição do nosso Top: Odiamos amar não é um vilão em particular, mas sim uma das criaturas mais cruéis do universo, capazes de fazer até homem feito gritar pela mãe. Estou falando dos Weeping Angels.

Sabe aquele medo irracional que temos de estátuas? Aquela sensação ruim de que estamos sendo observados por elas? Claro que existe uma explicação lógica para isso, principalmente se tratando das obras barrocas encontradas em cidades históricas como Ouro Preto, cujas estátuas foram criadas com o intuito de parecer que estão te seguindo com o olhar, mas mesmo assim muitos ainda ficam assustados. E quando essas pessoas (como eu) passam a assistir Doctor Who, aí mesmo que ficam apavoradas, pois irão achar que são weeping angels prontos para atacar.



Os Weeping Angels (Anjos Lamentadores) são uma raça alienígena de origem desconhecida, mas que existem desde o princípio do universo. Conhecidos como os "Assassinos Solitários", esses seres medonhos mandam suas vítimas para o passado, consumindo a energia temporal da viagem, se alimentando de todo o futuro perdido pela vítima, e eles conseguiram sobreviver durante tanto tempo graças ao seu sistema natural de defesa, o chamado bloqueio quântico, que faz com que eles não existam enquanto são observados. Quando são vistos por qualquer outra criatura viva eles congelam, viram pedra. Por isso são chamados de anjos lamentadores, pois sempre são vistos com as mãos cobrindo os olhos, não por estarem chorando, mas sim para não correrem o risco de se ver.

Por que amamos essas criaturinhas tenebrosas? Simples, porque são um dos vilões mais geniais já criados! Um ser capaz de gelar a sua espinha apenas com um simples movimento. E saber que algo aparentemente tão inofensivo pode ser mortal é uma ideia simplesmente aterrorizante, pois, como uma estátua pode te matar? Realmente ela não pode, até você dar as costas, até você apenas piscar...

Steven Moffat, atual showrunner de Doctor Who e criador dos Anjos, com seus monstrinhos de pedra conseguiu elevar a série a um nível superior de qualidade. Blink, o episódio em que eles são apresentados na 3ª temporada, é considerado quase que unanimemente o melhor episódio da nova série e um dos roteiros mais brilhantes escritos para uma série de TV. O sucesso fez deles uma verdadeira febre, gerando produtos como camisetas, posteres, action figures, etc... e as catchphrases do episódio se tornaram virais na internet, como "The Angels Have The Phone Box" e a explicação do Doctor sobre o tempo ser "a big ball of wibbly wobbly, timey wimey... stuff", e o mais importante de todos: "Don't blink", que se tornou uma das mais famosas catchphrases do mundo nerd.

Eles fizeram apenas 4 aparições oficiais durante toda a série, mas já foram mais que suficientes para marcar a história de Doctor Who, com episódios genialmente pavorosos: Blink, seu episódio de estreia, em que o Doctor e Martha são levados para 1969 pelos Anjos e precisam da ajuda de Sally Sparrow (uma das melhores coadjuvantes que já apareceram) para pegar de volta a TARDIS e saírem de lá; The Time of Angels/Flesh and Stone, arco da 5ª temporada em que o Doctor, Amy e River Song vão ao século 51 para capturar um Anjo dentro da nave Byzantium que dizimou toda a tripulação e acabam presos em um labirinto infestado por eles; e The Angels Take Manhattan, com o Doctor, Amy, Rory e River indo parar na Nova York de 1938 para tentar impedir o plano maléfico dos Anjos, mas as coisas acabam não acontecendo conforme o esperado, e vemos uma das cenas mais tristes de Doctor Who: o adeus de Amy e Rory Pond.


Odiamos o fato deles serem tão cruéis e perversos, mas ao mesmo tempo somos super fãs e admiramos o quanto eles são brilhantemente geniais e assustadores. Por isso eles merecem e muito estar nessa lista, um dos melhores representantes dos vilões do universo Who.

Semana que vem conheceremos a medalha de prata do nosso Top 5 de vilões, e se quiserem estar inteiros até semana que vem, sigam a dica do Doctor abaixo e até a próxima!



5ª Posição: Batiatus de Spartacus

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

TOP 5 Séries Melhores que Game of Thrones

— Vikings: "Gosto de Game of Thrones porque tem muita luta medieval, sangue..."

As lutas medievais de Vikings são muito mais intensas, extremamente constantes na série. A série também vem de uma adaptação, só que dá história da humanidade, quando exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte a partir do final do século VIII. A série também é muito mais viciante, sem a morosidade de diálogos vistos na série da HBO.

— Banshee:  "Gosto de Game of Thrones porque tem muitas cenas de sexo e nudez"

As cenas de sexo de Banshee são extremamente mais explícitas. Nudez é cotidiano na série, inclusive nudez frontal. E a nudez de Banshee não são como em Game of Thrones, que praticamente mostra a nudez de prostitutas, personagens secundários. Em Banshee os atores principais estão nessas cenas. Banshee também ganha no quesito violência, sangue, ação, além de ter roteiro original.

— …

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…