TOP 5 "Odiamos amar": 3ª Posição


A 3ª posição do nosso Top: Odiamos amar não é um vilão em particular, mas sim uma das criaturas mais cruéis do universo, capazes de fazer até homem feito gritar pela mãe. Estou falando dos Weeping Angels.

Sabe aquele medo irracional que temos de estátuas? Aquela sensação ruim de que estamos sendo observados por elas? Claro que existe uma explicação lógica para isso, principalmente se tratando das obras barrocas encontradas em cidades históricas como Ouro Preto, cujas estátuas foram criadas com o intuito de parecer que estão te seguindo com o olhar, mas mesmo assim muitos ainda ficam assustados. E quando essas pessoas (como eu) passam a assistir Doctor Who, aí mesmo que ficam apavoradas, pois irão achar que são weeping angels prontos para atacar.



Os Weeping Angels (Anjos Lamentadores) são uma raça alienígena de origem desconhecida, mas que existem desde o princípio do universo. Conhecidos como os "Assassinos Solitários", esses seres medonhos mandam suas vítimas para o passado, consumindo a energia temporal da viagem, se alimentando de todo o futuro perdido pela vítima, e eles conseguiram sobreviver durante tanto tempo graças ao seu sistema natural de defesa, o chamado bloqueio quântico, que faz com que eles não existam enquanto são observados. Quando são vistos por qualquer outra criatura viva eles congelam, viram pedra. Por isso são chamados de anjos lamentadores, pois sempre são vistos com as mãos cobrindo os olhos, não por estarem chorando, mas sim para não correrem o risco de se ver.

Por que amamos essas criaturinhas tenebrosas? Simples, porque são um dos vilões mais geniais já criados! Um ser capaz de gelar a sua espinha apenas com um simples movimento. E saber que algo aparentemente tão inofensivo pode ser mortal é uma ideia simplesmente aterrorizante, pois, como uma estátua pode te matar? Realmente ela não pode, até você dar as costas, até você apenas piscar...

Steven Moffat, atual showrunner de Doctor Who e criador dos Anjos, com seus monstrinhos de pedra conseguiu elevar a série a um nível superior de qualidade. Blink, o episódio em que eles são apresentados na 3ª temporada, é considerado quase que unanimemente o melhor episódio da nova série e um dos roteiros mais brilhantes escritos para uma série de TV. O sucesso fez deles uma verdadeira febre, gerando produtos como camisetas, posteres, action figures, etc... e as catchphrases do episódio se tornaram virais na internet, como "The Angels Have The Phone Box" e a explicação do Doctor sobre o tempo ser "a big ball of wibbly wobbly, timey wimey... stuff", e o mais importante de todos: "Don't blink", que se tornou uma das mais famosas catchphrases do mundo nerd.

Eles fizeram apenas 4 aparições oficiais durante toda a série, mas já foram mais que suficientes para marcar a história de Doctor Who, com episódios genialmente pavorosos: Blink, seu episódio de estreia, em que o Doctor e Martha são levados para 1969 pelos Anjos e precisam da ajuda de Sally Sparrow (uma das melhores coadjuvantes que já apareceram) para pegar de volta a TARDIS e saírem de lá; The Time of Angels/Flesh and Stone, arco da 5ª temporada em que o Doctor, Amy e River Song vão ao século 51 para capturar um Anjo dentro da nave Byzantium que dizimou toda a tripulação e acabam presos em um labirinto infestado por eles; e The Angels Take Manhattan, com o Doctor, Amy, Rory e River indo parar na Nova York de 1938 para tentar impedir o plano maléfico dos Anjos, mas as coisas acabam não acontecendo conforme o esperado, e vemos uma das cenas mais tristes de Doctor Who: o adeus de Amy e Rory Pond.


Odiamos o fato deles serem tão cruéis e perversos, mas ao mesmo tempo somos super fãs e admiramos o quanto eles são brilhantemente geniais e assustadores. Por isso eles merecem e muito estar nessa lista, um dos melhores representantes dos vilões do universo Who.

Semana que vem conheceremos a medalha de prata do nosso Top 5 de vilões, e se quiserem estar inteiros até semana que vem, sigam a dica do Doctor abaixo e até a próxima!



5ª Posição: Batiatus de Spartacus

Tecnologia do Blogger.