Pular para o conteúdo principal

O Season Finale de Bates Motel


Batles Motel entregou um competente season finale, porém óbvio em algumas partes. Esperava também que o episódio fosse um pouco mais eletrizante, mas saio satisfeito.

Mas tudo isso em relação à trama, que instigava nossa imaginação. O episódio anterior terminou com uma arma no pescoço de Norma, deixando-a completamente (ainda mais) perdida. Abernathy era o vilão a ser batido e o desenvolvimento desse plot terminou de forma fantástica, nos enganando em diversos momentos. O Sheriff Romero pregou uma peça na gente quando fingiu estar negociando com o bandido, quando de repente o alvejou, eliminando a pedra no sapato de Norma

E tudo isso em sua presença, notada pelo perspicaz Sheriff. Romero é um personagem enigmático. Não sabemos (ou não sabíamos) o nível de sua índole, mas parece que ele é um homem da lei que age algumas vezes fora dela quando precisa, sempre pelo bem de sua cidade.


Falando em pedra no sapato de Norma, convenhamos que seu sapato está longe de estar sem pedra alguma. A maior delas recebe o nome de Norman, aquele de dupla personalidade gerenciado por uma espécie de Norma Bad. Norman é um completo psicopata, mas que está se revelando pouco a pouco, aos olhos de sua excessiva protetora mãe, que sabe que não deve descuidar de seu filho nenhum minuto, porém parece que esse cuidado excessivo é uma das causas do desenvolvimento psicótico do jovem.

Perdidamente apaixonado pela linda garota e mais desejada da escola, aquela que se jogou inexplicavelmente em seu colo no primeiro episódio da série. Bradley usou e abusou de Norman e agora o descarta como se fosse lixo. Um lixo ferido, socado e ensanguentado. Bitch!

Pena que o imbecil do Norman não enxerga o verdadeiro amor que está bem a sua frente.

A temporada termina com um cliffhanger óbvio. Já sabíamos desde os primeiros momentos que Norman assassinaria Miss Watson. Claro que devido a premissa assassina que o personagem se apresentou, baseada em suas ações no filme Psicose. Nada alarmante que faça-nos desesperar pela próxima temporada, que, claro, será bem recebida. Todos estão curiosos para ver os próximos passos de Norman e das situações que sua mãe deverá criar, com o sempre intuito protetor destruidor.


A temporada de estreia foi muito boa, com altos e baixos é verdade, mas com mais pontos positivos. Destaque para a produção, num modo geral, mas principalmente para Vera Farmiga e Freddie Highmore. Dois excepcionais atores que produziram um excelente trabalho, dignos de um Emmy.

Nota 8/10  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

15 Séries que irão terminar em 2018

2018 já está aí, hora de despedir (ou não) daquela série que acompanhou por anos. Abaixo listo as 15 séries que irão terminar nesse ano, confira:

Este é um apresentação do Microsoft Office incorporado, da plataforma Office Online.

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

A Fantástica Última Temporada de The Killing

(Com spoilers)

Uma aula de como encerrar uma série.
The Killing recusava a nos deixar. Sofreu dois cancelamentos e foi resgatada duas vezes. Lutou contra os números de audiência, única coisa que interessava para o AMC, e conseguiu sobrevida graças à sua qualidade, prontamente reconhecida pelo Netflix. Ajudou na produção da terceira temporada e bancou sozinha a sua quarta, pois, felizmente, acreditou na série e não nos deixou órfãos, depois daquele excepcional cliffhanger.
Terminamos a terceira temporada presenciando Linden matar cruelmente (e merecidamente) Skinner, aos gritos de "NÃO" de Holder. Tempos depois fomos noticiados que não veríamos mais nada além daquilo, pois o AMC decidiu cancelar a série, fato que trouxe muita tristeza para o seu telespectador. É uma crueldade que fazem com o telespectador, mas é, infelizmente, uma prática comum na TV, pois não respeitam nada além de lucro, e deixam de contar uma história sem mais nem menos, se lixando para seus clientes. 
E a …