Game of Thrones "Second Sons" 3x08


Um depressivo casamento, três sanguessugas, os Segundos Filhos e um covarde com um minuto de coragem marcaram o episódio dessa semana.

Sansa viu seus pesadelos se realizarem, a Stark estava sofrendo com o seu casamento real. Tyrion também estava odiando e resolveu incorporar o seu Eu bêbado para passar pelas humilhações que Joffrey causava a cada oportunidade. Como não odiar Joffrey!? Ele atacou tanto o anão que até Tyrion com sua performance de bêbado não conseguiu evitar uma raivosa ameaça ao rei. Eu acredito que essa ameaça, amenizada por Tywin, não vai ser esquecida tão fácil pelo Joffrey (e Cersei). As cenas em que o anão está bêbado foram bem engraçadas. Acho que ficou bem claro qual será a relação entre Tyrion e Sansa. Ele não vai forçar nenhuma aproximação e ela vai querer adiar a perda da sua virgindade o máximo que puder. Não sei quanto tempo a pura Sansa vai conseguir isso. O anão não vai tentar nada, mas o rei Joffrey já ameaçou ir visitá-la no meio da noite.

Melisandre revelou seus planos para o bastardo de Robert. Depois de ter a falsa esperança de que as coisas melhorariam, Gendry percebeu no que realmente o espera. A cena da sanguessuga foi muito bem colocada, levando em conta a mistura que está esse núcleo (quem leu os livros me entende). O interessante foi ver que Melisandre sabe como lidar com o Stannis (e em como o manipula). Ela já sabia que seu rei iria pedir conselhos a Davos e assim seria desencorajado em sacrificar seu sobrinho. Dependendo do que Stannis ver nas chamas, Gendry não tem muito tempo de vida. Vale lembrar que Stannis nomeou cada sanguessuga enquanto as jogava no fogo (Robb, Joffrey e Balon).

Daenerys continua estudando as forças de Yunkai. E dessa vez ela se depara com os mercenários Segundos Filhos. Somos apresentados aos três líderes, mas o que importa mesmo é o Daario, que demostrou para a mãe de dragões sua lealdade decapitando seus chefes "companheiros". Além dessa demonstração, é fácil perceber que ocorreu uma tensão sexual entre os dois. Faz tempo que Daenerys não se entrega a nenhum homem e parece que ela gostou do mercenário. A cena em que a mãe de dragões conhece os líderes dos Segundos Filhos mostra os preconceitos que ela precisa vencer para se impor como futura rainha de Westeros. Eu tenho a percepção de que Daenerys está aprendendo, desde o começo, em como se portar e a tomar grandes decisões. Para quem não tinha nada, até que agora ela está bem. Mas o caminho até Porto Real é muito longe e ela precisa de muitos aliados ainda. Eu gosto da ideia de ver Daenerys no Trono de Ferro, mas vamos ver o que acontece até lá.

Sam, o covarde, finalmente contribui para a guerra contra os Outros. Não foi muito explicado de que material era feita aquela faca, mas o que importa é que ela mata aqueles seres. O corvo teve um minuto de coragem e cravou a faca no Outro. Até essa parte fez tudo certo, até que resolveu deixar a faca no chão e sair correndo com seus protegidos. O material que se encontra naquela pequena lâmina pode ser decisiva para guerra da patrulha da noite e o covarde corajoso a perdeu.

Vale a pena citar também a amigável conversa entre Cersei e Margaery. As duas são bem espertas e ambas possuem seus interesses. Mas o jogo de Margaery parece não funcionar com a rainha. Acredito que Cersei seria bem mais esperta se entrasse no jogo da falsidade e não fizesse ameaças a casa Tyrell. Lady Olenna não vai ficar muito contente em saber disso e todos sabemos que a velha também possui seus jogos e interesses.

O episódio dessa semana atendeu as expectativas. Um casamento já passou e mais um acontece até o final da temporada. Muito ansioso por essa season finale e acredito que vocês também. Espero que estejam gostando das reviews... e comentem sobre a série!!!

Tecnologia do Blogger.