Spartacus: "The Dead and the Dying" 3x09


Por Crixus, por nós.

Duas semanas se passaram para nós e a imagem de Crixus sendo morto por aquele merdinha não saia de nossa retina. Claro que sua morte era esperada, mas a perca de um personagem tão importante não tinha sido ainda digerida. Queríamos vingança, queríamos sangue romano derramado, queríamos que Tiberius pagasse todos os seus pecados. Foi isso que "The Dead and the Dying" nos deu.

Tiberius já era irritante e após a morte de Crixus, ficou intragável. Para amenizar um pouco a nossa dor, acompanhamos a sua queda antes da metade do episódio, numa excelente jogada estratégica de Spartacus. Leu a guerra e usou as intenções do adversário para montar uma emboscada, bem tramada e bem executada. Sorrisos largos vieram quando vimos Spartacus capturá-lo tão cedo.

Só acho que ele deveria ter sofrido mais. Gostaria que ele fosse torturado, minuto a minuto após ser capturado. Deveriam arrancar a sua pele, arrancar seus olhos, castrá-lo, despedaça-lo pouco a pouco, para que pagasse pelo menos a metade da maldade que causou. Se olharmos bem, Tiberius foi bem mais maldoso do que o próprio Crassus.


Mas não poderiam fazer isso porque precisavam dele para divertimento. Excelente faceta incrementada pelos produtores para matar nossos desejos e ilustrar a série como um todo. A série veio da arena de gladiadores e não víamos uma arena em festa desde o meio da segunda temporada. Spartacus comandou a festa, dando a nós divertimento, nostalgia e vingança. Mortes espetaculares, por aqueles que são imbatíveis no solo sagrado.

Porém, o prato principal não foi consumido. Naevia (que foi devolvida para o desespero de muitos) perdeu a chance de vingar seu amor por um bem maior. Muito maior. 500 homens. 500 de qualquer coisa já é muita coisa, ainda mais 500 spartanos. Naevia que só pensara em "morte gloriosa" e sangue romano jorrado, teve discernimento e poupou a vida do crápula e deu-lhe apenas uma surra. Ato digno de uma guerreira que soube reconhecer seus erros, soube entender que a estratégia é fundamental para o sucesso e isso, ela, Crixus, Agron e centenas de guerreiros descobriram do pior modo possível.

Um episódio que dá um tom que será o series finale, com Spartacus e seus seguidores com sangue nos olhos, reforçados de gente e motivados por acabar de vez com Roma. O final ainda é uma incógnita. Se seguirem a história ao pé dos livros, Spartacus será derrotado por Crassus, mas Pompeu levará o crédito. Isso não é spoiler, é a história. Porém, não se sabe se seguirão por esse caminho, e, até a sobrevivência até pouco tempo muito improvável de Spartacus não está descartada. Ainda mais que o series finale foi intitulado "Victory".


E mais:
Caesar conseguiu a morte de Tiberius de forma covarde. Esperava que o grande Júlio Cesar fosse mais digno.
Ficou de bom tamanho Tiberius ser assassinado por Kore, uma daquelas que comeu o pão que ele amassou. Ela não poderia deixar isso passar.
Naevia culpando Kore pela morte de Crixus. Momento bitch do episódio.
Muita dó ver Agron sendo crucificado. Fiquei surpreso por devolvê-lo, mas feliz.

Tecnologia do Blogger.