Grey’s Anatomy – S09E19-20 – Can’t Fight This Feeling/ She’s Killing Me


9x19

O final de temporada se aproxima e eu já estava começando a me perguntar quando iríamos ter um daqueles episódios onde acontece um acidente bem grande e nossos médicos tem que penar na emergência. Episódios deste tipo sempre foram ótimos, posso afirmar que o “Can’t Fight This Feeling” não foi igual aos que estou acostumado, mas posso dizer que ele foi ótimo, mesmo o foco não sendo total no acidente de caminhão.

O episódio conseguiu emocionar no outro caso semanal, o da mãe desesperada em busca de um diagnóstico para seu filho, ela lutou com unhas e dentes para que ele melhorasse, ela até serviu de inspiração para Mer. Outra que lutou com unhas e dentes foi Bailey para conseguir a aprovação para seu projeto de mapeamento, fiquei muito feliz por ela, ela merece este destaque, acho que já estava na hora de algo a mais acontecer em sua vida profissional, uma coisa que não presenciávamos desde a quinta temporada onde ela questionava seu futuro na pediatria.

Callie ficou super animada em relação a sua pesquisa estar sendo divulgada e seu discurso no final do episódio além de ser maravilhoso demonstrou sua vontade em fazer dar certo, é claro, sempre com o apoio de Arizona. Owen questionando os métodos de Cristina me deixou desconfortável, pois mesmo sabendo o quão incrível ela é, ele mostrou uma insegurança em relação aos métodos usados, o motivo é bem claro, ele não quer decepcionar o garoto.

Foi emocionante presenciar Mer querendo lutar por Zola, pedindo Bailey para que a mapeie. Quem sabe essas pesquisas e o projeto de Bailey possa dar um bom plot para o fim de temporada, mas claro, isso é apenas uma hipótese.

9x20

Acho que nunca vou me cansar de dizer “Mais um belo episódio!”, pois no final das contas não estou nem um pouco errado, mesmo com a tensão gerada durante o episódio, o novo plot é bom, só espero que ele não acabe com a carreira de Bailey, assim como aconteceu com Iz na sexta temporada,demitida por erro médico. Tenho muitas teorias em relação às causas das infecções.

Durante o episódio presenciamos vários médicos tentando conseguir um financiamento para seus respectivos projetos. Alex em relação a seu programa, Webber com um novo interesse, Cristina envolvida no projeto de seu supervisor, até mesmo Avery tem um, só que o projeto dele é o hospital, assim como Webber disse. Se todos tivessem suas pesquisas e projetos o nível do hospital aumentaria rapidamente, mas também temos que ver pelo lado financeiro, se não é possível é melhor nem insistir, pois apenas eles sabem como é trabalhar em um hospital falido.

Um ponto que não simpatizei foi o fato de Hunt ficar fiscalizando Cristina, é claro que ele está preocupado com Ethan, mas daqui a pouco a emoção e o afeto vão tomar conta, e o que mais atrapalha neste tipo de profissão é o afeto excessivo que poderá levar a um sentimento de culpa caso aconteça algo com os pais do garoto, já estou prevendo.

Às vezes é um pouco engraçado ver Mer toda preocupada com a doença que talvez vá desenvolver, mas ela não deixa de ter razão. Derek sempre tenta achar o lado bom ou uma possibilidade de nada acontecer, ela aprendeu a ser pessimista com tudo o que aconteceu durante sua vida, e Derek aprendeu a ser otimista, pois apesar de tudo de ruim ter acontecido, eles conseguiram superar.

Ross e Brooks estavam em uma guerra para saber quem iria ficar na neuro com Derek, nunca gostei muito de Ross, o personagem sempre me pareceu puxa-saco e um tremendo mala. Ele não se tocou que não é apenas ele que tem o direito de aprender neurologia, ele estava tirando a oportunidade de aprendizagem de outros internos, e foi duro para Derek falar aquelas coisas pra ele, mas foi necessário.

O treinamento dos médicos da Síria foi um plot legal, nada de fantástico, mas serviu para nos lembrar de que existem médicos que trabalham em condições precárias, e muitas vezes sem anestesia. Kepner foi bem legal doando aqueles equipamentos, mas tenho receio que isso possa trazer problemas para ela no futuro. Em relação a seu namoradinho, eu acho ele um idiota, ela é ótima, mesmo com seus defeitos ela ainda é uma ótima pessoa, e quero mesmo que ela fique com Avery.

O episódio todo foi preparado para o final de tremer as pernas, o que será que resultou em todas essas infecções? Será que foi culpa de Bailey?! Espero que não, pois ela ralou muito para chegar onde está hoje, e não seria justo ela terminar assim. Será que seu filho está doente e ela levou alguma coisa de casa para o hospital?! Será que ela está doente e não sabe?! Ou será alguma coisa relacionada ao seu projeto?! De qualquer maneira faltam 4 episódio para o fim de temporada e eu não quero esperar nem mais um minuto para descobrir o que aconteceu.

OBS1: Callie tentando convencer Avery foi hilário.

OBS2: O plot dos pais do Ethan por enquanto está um mistério para mim, sua mãe voltou com a memória, mas ainda está em observação, só que o pai ainda não acordou, e creio que esse caso não esteja se arrastando para três episódios para no fim os pais do menino irem para casa saudáveis e felizes para sempre, acho que algo pode acontecer.

Tecnologia do Blogger.