Pular para o conteúdo principal

Doctor Who: "The Bells of Saint John" 7x06


Olá Viciados em séries! Espero que tenham curtido bastante a Páscoa, ainda mais que essa Páscoa não poderia ter sido mais especial, com o tão esperado retorno da 2a parte da sétima temporada de Doctor Who, que está de volta com "The Bells of Saint John".

Essa temporada tem sido a mais aguardada, comentada e elogiada desde o revival da série em 2005. A ideia genial de Steven Moffat de fazer "filmes" de 45 minutos nos presenteou alguns dos melhores episódios da série, brilhantemente dirigidos e escritos. Mas a maior razão para tanto burburinho tem um nome um tanto peculiar: Clara Oswin Oswald, A Garota Impossível. Desde sua primeira aparição em Asylum of The Daleks ela tem causado um tremendo alvoroço. Quem é ela? De onde ela veio? Qual a importância dela para a vida do Doctor? Por que diabos ela sempre reaparece em uma época diferente? E o mistério só se complica conforme conhecemos mais dessa garota tão enigmática.


Nesse episódio conhecemos a terceira (e pelo que parece oficial) versão de Clara, uma babá de 24 anos que sonha em viajar ao redor do mundo. Como suas outras versões, ela é curiosa, instigante, teimosa, e acima de tudo, encantadoramente genial. Uma das companions com personalidade mais forte de todos os tempos, o que deixa o Doctor completamente maluco. E o melhor: ela e o Doctor tem uma química incrível e quase instantânea. Matt Smith e Jenna-Louise Coleman são atores geniais e nasceram para ser uma dupla dinâmica. Vamos ver momentos dourados entre os dois nessa temporada.


Agora vamos ao que interessa que é comentar sobre esse episódio que foi um dos melhores thrillers modernos apresentados até agora na série. Todos necessitamos da Internet, não é? E quando encontramos um sinal WI FI grátis nos consideramos sortudos, certo? Bom, isso até o tal sinal WI FI que você encontrar ter este símbolo peculiar:  ┓┏ 凵 =╱⊿┌┬┐, se isso acontecer, você não é nenhum pouco sortudo, pelo contrário: em 24 horas você morrerá e sua mente será aprisionada num grande nuvem de dados junto com outras consciências. Apavorante, não? Esse é o desafio de Doctor e Clara, descobrir quem está por trás disso e impedi-lo o mais rápido possível. Como era de se esperar, o vilão por trás disso é a Grande Inteligência, a consciência super poderosa que deseja acima de tudo ter uma forma física, que agora está munido da mais alta tecnologia para conseguir seus objetivos, e isso inclui os Spoonheads, robôs com sistema de camuflagem que ajudam no processo de absorção de mentes e têm a cabeça em forma de colher (daí o nome). E mesmo com seus planos frustrados pela genialidade do Doctor, ele está mais perto de alcançar seus objetivos, agora que absorveu a personalidade de Walter Simeon, seu servo na Inglaterra vitoriana visto em The Snowmen, e quando isso finalmente acontecer, veremos um dos melhores vilões de todos os tempos em ação. Já comecem a tremer de medo.


Agora vamos aos detalhes cruciais, a começar pelo easter egg que com certeza fez os fãs vibrarem de emoção: o livro Summer Falls. Um dos preferidos livros de Clara, o livro é um clássico infantil e parece ser amado pelas crianças. Até aí nada demais, até que reparamos no nome da autora: Amelia Williams! Isso mesmo! Nossa querida Amy Pond, A Garota que Esperou, se tornou uma escritora bem sucedida depois da experiência com o livro da Melody Malone depois de ser transportada para 1938 pelo Anjo que sobreviveu ao paradoxo. Foi um verdadeiro presente para aqueles (como eu) que ainda não superaram a partida dela e do Rory, e com certeza eles ainda irão estar presentes por muito tempo. É uma ótima forma de matar a saudade de nossos queridos Pond.


Não podemos esquecer também do mais recente apetrecho do Doctor: a motocicleta anti-gravidade, que parecia ser apenas uma moto comum mas que se provou extremamente útil no fim do episódio. Confesso que não sou muito fã de motos, mas uma que não é presa às leis da gravidade?? Mais legal impossível! Agora sem dúvida o novo lema do Doctor é: I drive a motorcycle now, motorcycles are cool!


Outro detalhe interessantíssimo desse episódio é que, mesmo sendo um thriller super moderno e high-tech, teve uma aura mágica clássica e aventuresca, que foi acentuada pela trilha sonora característica de filmes infantis e pelas cenas em que o Doctor e a Clara interagiam entre si, que mais parecem dois irmãos saídos de um conto de fadas. Sem dúvida isso é para amenizar a gravidade do que está por vir, pois quanto mais próxima a resolução do mistério de Clara, mais próximo também o cumprimento da tão temida profecia dos Silence: "Nos campos de Trenzalore, durante a queda do décimo-primeiro, uma pergunta será feita, uma pergunta que nunca, nunca deve ser respondida. A Primeira Pegunta, a mais velha pergunta do Universo, escondida à plena vista: Doutor Quem?"

Agora nos resta esperar pelos próximos episódios épicos que estão por vir, junto com a season finale, que será a ponte para o tão esperado especial de 50 anos, que já foi confirmado como "o maior evento whovian de todos os tempos." Fiquem com a promo do próximo episódio e até a próxima. GERONIMOOO!!!





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…

A Fantástica Última Temporada de The Killing

(Com spoilers)

Uma aula de como encerrar uma série.
The Killing recusava a nos deixar. Sofreu dois cancelamentos e foi resgatada duas vezes. Lutou contra os números de audiência, única coisa que interessava para o AMC, e conseguiu sobrevida graças à sua qualidade, prontamente reconhecida pelo Netflix. Ajudou na produção da terceira temporada e bancou sozinha a sua quarta, pois, felizmente, acreditou na série e não nos deixou órfãos, depois daquele excepcional cliffhanger.
Terminamos a terceira temporada presenciando Linden matar cruelmente (e merecidamente) Skinner, aos gritos de "NÃO" de Holder. Tempos depois fomos noticiados que não veríamos mais nada além daquilo, pois o AMC decidiu cancelar a série, fato que trouxe muita tristeza para o seu telespectador. É uma crueldade que fazem com o telespectador, mas é, infelizmente, uma prática comum na TV, pois não respeitam nada além de lucro, e deixam de contar uma história sem mais nem menos, se lixando para seus clientes. 
E a …