Doctor Who: "The Bells of Saint John" 7x06


Olá Viciados em séries! Espero que tenham curtido bastante a Páscoa, ainda mais que essa Páscoa não poderia ter sido mais especial, com o tão esperado retorno da 2a parte da sétima temporada de Doctor Who, que está de volta com "The Bells of Saint John".

Essa temporada tem sido a mais aguardada, comentada e elogiada desde o revival da série em 2005. A ideia genial de Steven Moffat de fazer "filmes" de 45 minutos nos presenteou alguns dos melhores episódios da série, brilhantemente dirigidos e escritos. Mas a maior razão para tanto burburinho tem um nome um tanto peculiar: Clara Oswin Oswald, A Garota Impossível. Desde sua primeira aparição em Asylum of The Daleks ela tem causado um tremendo alvoroço. Quem é ela? De onde ela veio? Qual a importância dela para a vida do Doctor? Por que diabos ela sempre reaparece em uma época diferente? E o mistério só se complica conforme conhecemos mais dessa garota tão enigmática.


Nesse episódio conhecemos a terceira (e pelo que parece oficial) versão de Clara, uma babá de 24 anos que sonha em viajar ao redor do mundo. Como suas outras versões, ela é curiosa, instigante, teimosa, e acima de tudo, encantadoramente genial. Uma das companions com personalidade mais forte de todos os tempos, o que deixa o Doctor completamente maluco. E o melhor: ela e o Doctor tem uma química incrível e quase instantânea. Matt Smith e Jenna-Louise Coleman são atores geniais e nasceram para ser uma dupla dinâmica. Vamos ver momentos dourados entre os dois nessa temporada.


Agora vamos ao que interessa que é comentar sobre esse episódio que foi um dos melhores thrillers modernos apresentados até agora na série. Todos necessitamos da Internet, não é? E quando encontramos um sinal WI FI grátis nos consideramos sortudos, certo? Bom, isso até o tal sinal WI FI que você encontrar ter este símbolo peculiar:  ┓┏ 凵 =╱⊿┌┬┐, se isso acontecer, você não é nenhum pouco sortudo, pelo contrário: em 24 horas você morrerá e sua mente será aprisionada num grande nuvem de dados junto com outras consciências. Apavorante, não? Esse é o desafio de Doctor e Clara, descobrir quem está por trás disso e impedi-lo o mais rápido possível. Como era de se esperar, o vilão por trás disso é a Grande Inteligência, a consciência super poderosa que deseja acima de tudo ter uma forma física, que agora está munido da mais alta tecnologia para conseguir seus objetivos, e isso inclui os Spoonheads, robôs com sistema de camuflagem que ajudam no processo de absorção de mentes e têm a cabeça em forma de colher (daí o nome). E mesmo com seus planos frustrados pela genialidade do Doctor, ele está mais perto de alcançar seus objetivos, agora que absorveu a personalidade de Walter Simeon, seu servo na Inglaterra vitoriana visto em The Snowmen, e quando isso finalmente acontecer, veremos um dos melhores vilões de todos os tempos em ação. Já comecem a tremer de medo.


Agora vamos aos detalhes cruciais, a começar pelo easter egg que com certeza fez os fãs vibrarem de emoção: o livro Summer Falls. Um dos preferidos livros de Clara, o livro é um clássico infantil e parece ser amado pelas crianças. Até aí nada demais, até que reparamos no nome da autora: Amelia Williams! Isso mesmo! Nossa querida Amy Pond, A Garota que Esperou, se tornou uma escritora bem sucedida depois da experiência com o livro da Melody Malone depois de ser transportada para 1938 pelo Anjo que sobreviveu ao paradoxo. Foi um verdadeiro presente para aqueles (como eu) que ainda não superaram a partida dela e do Rory, e com certeza eles ainda irão estar presentes por muito tempo. É uma ótima forma de matar a saudade de nossos queridos Pond.


Não podemos esquecer também do mais recente apetrecho do Doctor: a motocicleta anti-gravidade, que parecia ser apenas uma moto comum mas que se provou extremamente útil no fim do episódio. Confesso que não sou muito fã de motos, mas uma que não é presa às leis da gravidade?? Mais legal impossível! Agora sem dúvida o novo lema do Doctor é: I drive a motorcycle now, motorcycles are cool!


Outro detalhe interessantíssimo desse episódio é que, mesmo sendo um thriller super moderno e high-tech, teve uma aura mágica clássica e aventuresca, que foi acentuada pela trilha sonora característica de filmes infantis e pelas cenas em que o Doctor e a Clara interagiam entre si, que mais parecem dois irmãos saídos de um conto de fadas. Sem dúvida isso é para amenizar a gravidade do que está por vir, pois quanto mais próxima a resolução do mistério de Clara, mais próximo também o cumprimento da tão temida profecia dos Silence: "Nos campos de Trenzalore, durante a queda do décimo-primeiro, uma pergunta será feita, uma pergunta que nunca, nunca deve ser respondida. A Primeira Pegunta, a mais velha pergunta do Universo, escondida à plena vista: Doutor Quem?"

Agora nos resta esperar pelos próximos episódios épicos que estão por vir, junto com a season finale, que será a ponte para o tão esperado especial de 50 anos, que já foi confirmado como "o maior evento whovian de todos os tempos." Fiquem com a promo do próximo episódio e até a próxima. GERONIMOOO!!!





Tecnologia do Blogger.