The Walking Dead: "Prey" 3x14


Um episódio dispensável como esse a essa altura do campeonato? Ah, pelo amor do Governador.

O AMC está parecendo a CBS. Esse é o problema de séries com baita audiência: enrolação. A segunda metade da temporada de Walking Dead está sendo arrastada, muito arrastada, principalmente os três últimos episódios. O problema não é que a temporada tem dezesseis episódios porque eles poderiam (e fizeram) fazer a mesma coisa com doze episódios. Separaram um determinado núcleo e usaram cinquenta minutos para contar uma história que levaria no máximo cinco pra ser contada.

Encheram de nada o episódio inteiro tentando criar um suspense desnecessário, chato e irrelevante. O pior é que não conseguiram. Que Andrea morra! Ninguém está interessado nela e ela não está, nem de longe, entre os principais personagens da série. Claro que o Governador não morreria ali para aqueles Walkers. Andrea foge, munida por informações obtidas pelo cientista maluco que finalmente se voltou "contra" o Governador, é capturada, sendo mantida prisioneira. Fim. Esse foi o episódio. Poderia parar a review por aqui mesmo.


Sem contar (já contando) os furos de roteiro: Porque diabos Andrea não pegou a caminhonete do Governador e fugiu, enquanto ele estava lá brincando com os Walkers?

Andrea fugiu a pé de Woodbury? Poderia ter criado inúmeras outras situações para chegar à penitenciária com segurança. Tá, mas Andrea tinha que ser pega, claro, pensava os roteiristas. Contudo, escolheram a pior forma para isso.

Enfim, poderia ainda listar vários aspectos que aborreceram-me nesse episódio, mas seria maléfico à mim, pois, ainda confio na série e espero que ela traga algo relevante nesses dois últimos episódios que restam, para que não joguemos a segunda parte da temporada no lixo.

Nota 03/10

The Walking Dead 3x15 Promo - This Sorrowful Life

Tecnologia do Blogger.