Spartacus: "Spoils of War" 3x06


Eletrizante, emocionante, envolvente, dramática, espetacular. Não são adjetivos que ilustram apenas "Spoils of War", mas toda a última temporada de Spartacus. A última temporada já passa da metade e continua anunciando o apocalipse. Não tem como essa história terminar bem.

Spartacus é uma série que coloca os melhores personagens em risco o tempo todo. Acompanhamos "200 mortes por minuto" na série e em todas elas, nossos heróis correm risco de morte e ninguém tem a garantia de que eles se salvarão. Dessa vez tememos pela morte de Gannicus. É muito bom acompanharmos as atitudes irresponsáveis do gladiador, que leva tudo na boa, com um carismático sorriso. "Ah, vou ficar aqui para morrer", antes de dar uma risadinha debochada. Acontece que mesmo com as adversidades, Gannicus segue ileso. Pra derrubar esse gladiador é preciso muito mais do que meia dúzia de romanos, aliás, o número para derrotá-lo é desconhecido, pois Gannicus continua invencível e deve continuar assim.


Os romanos tomaram Sinuesa e fazem de lá, a nova casa de Craussus. Seu plano deu certo e segue de acordo com o planejado. Retomaram a cidade e empurraram os Spartanos para o impiedoso inverno. Eu já vi esse filme antes e Caesar também. Estão tentando ganhar essa guerra a qualquer momento, parecido com um time de futebol que acha que pode ganhar o jogo a qualquer momento. Estão negligenciando o inegligenciável.

Ainda mais que Craussus ainda não arrumou a casa. Seu filho tende-se a ser uma grande pedra em seu sapato e ele até hoje não se deu conta disso. Mas Caesar já. Por enquanto o loiro bandido apenas brinca e zomba do garoto, mas após deixá-lo em "maus lençóis", já o olha com outros olhos. A tendência é que irão levar essa briguinha até o final, levando Caesar à debatê-lo, sem piedade.

Por muitas vezes ouvimos Spartacus e concordamos com suas bondosas atitudes, mas, por outro lado, quando vemos a carnificina imposta pelos romanos aos escravos, temos que dar razão a Crixus e companhia quando eles tentam destruir qualquer vestígio romano. Eles são impiedosos e sanguinários. As vezes deveriam provar (bem mais) do próprio veneno.


Vamos então para o sétimo episódio da última temporada, restando quatro para o fim. Spartacus e seus guerreiros estão encurralados, mas não indefesos. Estamos desde o início esperando o grande duelo final e mesmo após sete episódios, a sensação de ansiedade pelo fato não supera o prazer de assistir a série. Em nenhum momento a série demonstra enrolação, mesmo não evoluindo a trama rapidamente. 

Acompanhamos cada detalhe de forma coesa e relevante, fazendo com que torçamos para que os minutos da série passem devagar, para que possamos apreciá-la até o fim. Que o fim venha, mas sem pressa.

Nota: 10/10 
Tecnologia do Blogger.