Grey’s Anatomy – S09E18 – Idle Hands


“Quando não trabalhamos, nossas mãos ficam ociosas, e o diabo arruma trabalho pra elas. E quando você está com uma mente ociosa, o diabo faz a festa também.”

Estamos quase chegando ao fim da temporada e Grey’s continua fazendo ótimos episódios, mesmo após a mudança drástica que tivemos desde o fim de temporada passada. O que eu mais temia aconteceu, o plot do avião se arrastou a temporada inteira, mas não da maneira negativa que imaginei, ele se desenvolveu, até chegar ao plot do processo e a falência do hospital, foram abordadas as consequências, e fico muito feliz em dizer que adorei como tudo foi construído, da compra do hospital a estreia do novo nome.

A temporada ainda não acabou, vão acontecer muitas coisas e creio que este final de temporada não vá ser tão impactante em relação aos que estamos acostumados, nunca se sabe, mas estou confiante que a paz e alegria poderão reinar no finale desta temporada, acho que os personagens merecem um descanso de coisas ruins.

Bailey sempre lutou para se tornar uma ótima cirurgiã, agora ela merece ter a chance de continuar crescendo, ótimo momento, estou muito animado com os planos dela para pesquisa. Yang é sempre brilhante, conseguiu o que queria, ou seja, seu nome envolvido em uma pesquisa inovadora, e ainda por cima colocou Bailey dentro do ramo de pesquisas. Cristina implorando para que Russell pegasse pesado com ela foi ótimo, e no final ela cheia de trabalho para se jogar de cara.

Mer paranoica foi muito engraçado, achando que seu bebê fosse ter quatro braços, duas cabeças, cheia de hipóteses, a vida a ensinou a ser assim, depois de tanta coisa ruim que aconteceu em sua vida, ela é muito esperta por estar deste jeito, temer pelo pior e se surpreender com o melhor, mas sem perder a linha e ficar paranoica, claro. Derek é sempre calmo, chega a dar inveja, mas também, para ser neurocirurgião tem que ser calmo e cuidadoso, acho que Ross vai seguir os passos dele, não entendo como ele não explodiu com aquele cara idiota colocando pressão, é de se admirar.

Hunt pode até não ter demonstrado, mas ele estava louco pra entrar naquela máquina e usa-la sozinho pra sempre, todos adoraram o novo brinquedo, principalmente os internos, ficaram parecendo crianças em manhã de natal. Callie e Arizona evoluíram muito do início da temporada até agora, aquela cena da massagem foi muito bonita e acho que Arizona estava com vergonha de sua perna amputada, por isso sempre se fechava para Callie.

Alex estava adorando trollar aquele cara, dava pra perceber, ele não gosta de ver Wilson com outro, sempre foi óbvio que os dois vão se pegar em algum momento da série. Kepner conversando com Mer sobre ir ao parque de diversões foi o mais hilário do episódio.

OBS1: Webber sempre inteligente, sem perder o humor e o respeito, adoro esse cara.

OBS2: O caso da semana da professora com câncer foi emocionante.

Tecnologia do Blogger.