Entendendo Game Of Thrones


Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.

Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas) das crônicas. Vou tentar o máximo não soltar spoilers.

A história se passa em lugar chamado Westeros (uma espécie de Europa medieval) e narra a história de algumas famílias (chamadas de casas) em seus conflitos interpessoais, políticos e culturais. A premissa básica (se é que existe alguma coisa básica nesse mundo) é a chegada do inverno e, consequentemente de uma ameaça. Vale lembrar que em Westeros a passagem de uma estação para outra pode durar anos. Essa ameaça que logo é apresentada chama-se Os Outros, que nada mais são do que pessoas que morreram e voltaram a vida (eles não são zumbis, isso aqui não é TWD. Foi só um meio que encontrei para explicar sem dar nenhum spoiler), que surgem depois de muitos anos sem seres vistas para assolarem Westeros novamente com o desejo de atravessarem a gigante muralha de gelo que defende os reinos.  Isso seria a premissa principal, mas quando você começar a ver (ou a ler) perceberá que essa é só uma ponta de uma grande rede e complexa narrativa.

Achei interessante apresentar as principais casas.

Casa Baratheon (Nossa é a fúria) – Os principais personagens são: Robert Baratheon (Rei de Westeros); Joffrey, Myrcella e Tommen que são seus filhos; Stannis Baratheon e Renly Baratheon, seus irmãos.

Casa Lannister (Ouça-me Rugir) - Os principais personagens são: Tywin Lannister; seus filhos Cersei Lannister (casada com Robert, logo Rainha de Westeros) e Jaime Lannister (que são gêmeos), e Tyrion (um anão).

Casa Stark (O inverno está chegando) – Os principais personagens são: Eddard Stark; sua esposa Catelyn Tully (da casa Tully); seus filhos Robb, Sansa, Arya, Brandon, Rickson e Jon Snow (tendo esse sobrenome por esse um filho de Eddard fora do casamento, ou seja, um filho bastardo).

Casa Targaryen (Fogo e Sangue) – Principais personagens: Viserys e Daenerys Targaryen, que vivem refugiados depois da rebelião  contra seu pai, o Rei Aerys Targaryen. 

Muitas outras famílias e personagens são apresentados no decorrer da história, mas creio que essas quatro casas lideram os acontecimentos inicias e marcantes das crônicas. 

Como disse anteriormente, a premissa da narrativa é só o começo de uma história que parte para um jogo de traições e alianças entre essas casas. Ocasionando uma sangrenta corrida para ver quem vai comandar Westeros e sentar no trono de ferro.  

Sei que quem já viu as séries ou leu os livros podem achar que o texto ficou superficial, mas o objetivo era apenas para apresentar a série. Resenhas mais detalhada sobre a série virão a partir da próxima semana com a estreia da terceira temporada. Espero que gostem da minha escrita e até o próximo episódio.

  
Tecnologia do Blogger.