Castle 5x17: Scared to Death


Desde sua primeira temporada Castle tem uma relação muito próxima com o sobrenatural e como já virou tradição todos os episódios envolvendo os mistérios do outro mundo serem sempre uma delícia de assistir. E dessa vez não foi diferente, tivemos um episódio leve e super divertido como só Castle sabe fazer de tempos em tempos.

Não é segredo para ninguém que essa temporada não vem me agradando muito, mas é por causa de episódios como esse que tenho esperanças de que a série possa se reencontrar e voltar a ser excelente como sempre foi. O diferencial de Castle sempre foi os casos inusitados que a série sempre apresentou e quando esses casos passaram de surpreendentes e interessantes para os clichês que os roteiristas apresentaram na maioria dos episódios dessa temporada meu ânimo com a série caiu drasticamente. Mas “Scared to Death” me mostrou que nada está perdido e que é só os roteiristas deixarem a preguiça de lado que tudo funciona na mais perfeita harmonia.

A ideia de fazer um episódio referência ao “O Chamado” foi genial, antes de qualquer coisa tenho que dizer que a primeira vez que eu vi esse filme não dormi direito por uma semana, sem contar que meu relógio parou de funcionar na hora que o filme acabou e eu quase mijei nas calças de medo da Samara vir atrás de mim. Dito isso não poderia imaginar um filme de terror melhor para ser trabalhado na série, visto que toda a questão do vídeo que mata as pessoas que o assistem caiu como uma luva na dinâmica entre a Kate (cética de carteirinha) e o Castle (supersticioso até o último fio de cabelo). Eu amo quando a divergência ideológica desses dois entra em cena, é muito engraçado ver a lógica da Kate entrar em choque com as crenças do Castle, todas as vezes que os roteiristas usaram esse recurso na série funcionou maravilhosamente.

Todo o caso da semana foi muito bem construído e deixou um certo ar de mistério durante todo o tempo, desde a morte da primeira vítima, passando pelo desconhecimento da causa da morte, luzes que apagam misteriosamente até a descoberta da identidade da assassina foi tudo muito bem bolado e bato palmas lentas para a criatividade dos roteiristas. O fato das vítimas do vídeo assassino serem testemunhas de um antigo julgamento contra um serial killer foi uma ótima ideia também.

De uma forma geral foi um ótimo episódio que me fez rir do início ao fim.

PS. Que falta que a Lanie faz, odeio quando ela não participa do episódio.

PS.2 Esse episódio me lembrou muito o 2x19 quando o Castle supostamente é amaldiçoado por abrir o caixão de uma múmia, aliás um dos meus favoritos.

PS.3 Outros episódios com temática sobrenatural: 1x06 (assassino vudu); 3x02( Paranormal que prevê a própria morte); 4x06 (Mansão mal assombrada).

Promo do próximo episódio:

Tecnologia do Blogger.