Pular para o conteúdo principal

Banshee - 01x06-07 - Wicks / Behold a Pale Rider


Priorizando os flashbacks e nos preparando pro fim da temporada.

01x06 - Wicks

Nesse sexto episódio de Banshee o foco foi o passado do nosso xerife fodão (mesmo que em nenhum momento fique claro qual o nome verdadeiro dele). Explicando os flashbacks que ele vem apresentando, principalmente em "Meet the New Boss" (01x03), vimos que Mr. Rabbit tem influência até mesmo dentro das prisões, e ele fez questão de fazer da vida de Lucas um inferno. Apenas ter influência seria crível, mas não, tinham que colocar o chefão dentro da prisão ameaçando Lucas. Mas enfim, vamos ignorar essa parte.

Esse inferno vivido por Lucas é quase que inteiramente causado pelo "Albino", que o espanca até a quase morte. Depois de se recuperar, Lucas vê que ele tem duas alternativas pra sair ileso: Ou ele vira a "boneca" do Albino, ou acaba com ele. E ele opta pela segunda alternativa. Em um plano em que a intenção era ficar na solitária para treinar, Lucas ataca o atual amante do Albino, o que deixa a situação ainda pior. Depois de um tempo na solitária, Lucas o confronta, e se aproveitando de um descuido (cena mais tensa do episódio), Lucas consegue vencer o oponente, fazendo com que seja temido pelos outros detentos. 

Todos esses acontecimentos são relembrados com a chegada de Wicks (Michael Kostroff), que esteve presente nas memórias da prisão, como apoio pra Lucas. E esse apoio veio a ser caro, quando Wicks começa a chantagear o xerife. Lucas age de acordo com as vontades do "amigo", o que é bastante compreensível, pois ele pode botar tudo a perder. Achando que havia se livrado desse incomodo, o xerife é chamado no casino da cidade, onde Wicks havia feito a maior confusão. Furioso, e vendo que não seria fácil se livrar do colega de prisão, Lucas dá um fim para seus problemas, se livrando de Wicks, como vimos no fim do episódio. Achei que essa trama se desenvolveu somente como desculpa pra vermos o passado na prisão e, isoladamente, foi bem maçante.

Independente dessa trama, tivemos Kai Proctor e suas incessantes tentativas de comprar as terras de Ramsey. Entre ameaças e chantagens envolvendo a mulher do reverendo, Proctor sai vitorioso nessa "negociação". Não ficou claro a intenção dessas cenas para o desenvolvimento da série, mas foram ótimos momentos nos quais o maior criminoso de Banshee deixou claro que sempre consegue o que quer, não se importando com as atitudes que tenha que tomar.

Além disso, ainda vimos que a vida de Carrie está cada vez mais conturbada. Primeiro temos Wicks que chega pra infernizar Lucas, o que coloca o disfarce dela em risco também. Depois ela tem que suportar o interrogatório do marido sobre o quanto ela está distante e que os filhos também perceberam, e isso depois de saber do estado crítico de saúde do filho. Depois de perceber que a família está desconfiada, e que tudo está piorando, Carrie decide entregar o ex-parceiro para Mr. Rabbit, no intuito de se ver livre de tantos problemas. Gostei bastante desse dilema em que ela se encontra, desenvolvendo bem essa parte da trama, o que deve nos render ótimos momentos no final da temporada.

E pra terminar, nas cenas pós créditos, é mostrada uma cena em que o filho verdadeiro de Lucas Hood tenta contatar o pai. A partir daqui, é bom que o xerife torça muito para que o garoto desista dessa busca, antes que seja tarde demais. Esperando ansiosamente para ver no que essa vai resultar.

01x07 - Behold a Pale Rider



No episódio mais curto de Banshee até agora (10 minutos a menos que o normal) tivemos um ritmo acelerado, sem tempo a perder, e mesmo assim, com vários problemas. Pra começer, eles esqueceram completamente do cliffhanger do episódio passado, em que o filho do verdadeiro Lucas Hood tenta entrar em contato com o pai. Se não fossem avançar nesse problema, não deveriam nem ter introduzido. Vamos ver se nos próximos episódio esse fato voltará a ser mencionado.

No outro cliffhanger do episódio passado nós tivemos um desenvolvimento satisfatório, quando Carrie interrompe as ótimas tiradas entre Sugar e Job para chamar Lucas para participar de um "esquema". Mesmo com os aviso de Job, o xerife é atraído para a armadilha. Carrie amarra Lucas em um hotel afastado de Banshee para que Mr. Rabbit venha buscá-lo. Ela não está nada feliz com essa sua atitude, o que só piora quando ela sabe que a filha está sendo mantida como refém na escola. Lucas também fica sabendo do ocorrido pelo noticiário, e consegue quebrar a uma parte da cama, adiantando o serviço para quando Job vai resgatá-lo. Job ter previsto algo do tipo foi muito nonsense, ainda mais ter colocado um rastreador no celular do amigo. E obviamente que Mr.Rabbit fica #chatiado furioso quando chega no quarto de hotel vazio. 

Enquanto tudo isso acontece, Deva está sendo mantida como refém com a professora e os colegas, pois os bandidos viram essa atitude como a unica alternativa a se tomar, depois de serem perseguidos por roubarem a mercearia e ainda matarem o proprietário. Mesmo que tenham sido os melhores momentos do episódio, achei os bandidos muito sem motivação, e as atitudes muito extremas e incoerentes por se tratar de uma fuga do que devia ser um simples roubo. Depois de fugir do hotel, Hood aparece na cena (deixando Carrie sem reação), ignora os protocolos policiais e entra na escola para resolver a situação. Só o fato de entrar no local já foi imprudência demais, e a negociação com o bandido foi ainda pior. E como Lucas não pode encerrar um episódio sem matar alguém, os dois bandidos são atingidos pelo xerife (múltiplas vezes). Depois disso tudo, eu ainda acho que não haverão consequências para as atitudes do xerife, pois se pararmos pra pensar, ele sempre sai impune depois de tomar essas decisões impulsivas.

Após esse dia cheio, Lucas ainda conversa com Proctor, que o agradece por ter conseguido sumir com a maior evidência contra ele. Job havia falado sobre isso em "The Kindred" (01x05) e aparentemente Proctor agora está em divida com o xerife. Esse favor de Lucas foi feito em troca da localização dos bandidos no quinto episódio. Leiam a review, caso não se recordem.

Depois, quando Lucas vai para o seu quarto, tivemos a reconciliação entre o xerife e Carrie, em mais uma cena carregada de tensão e sexo. Eu acho que ela está sendo sincera nisso tudo, já que vimos a reação dela quando ela havia entregado o ex-parceiro para Mr.Rabbit.

Mesmo que os planos de Mr. Rabbit e Carrie tenham dado errado, o mafioso identifica seu alvo no noticiário, e o episódio encerra com a aparição de seu capanga, Olek, em Banshee. E nas cenas pós créditos, vimos que Job roubou os diamantes quando foi resgatar o amigo no hotel. Pelo jeito, Mr.Rabbit agora tem mais um alvo na cidade. O próximo episódio promete!

Observações:
  • Não entendi a intenção de nos apresentarem a mulher do prefeito naquela cena entre os dois. Não se foi pra dar profundidade no personagem do prefeito, que está sempre muito sobrecarregado ou se foi mais uma cena com teor sexual, sem maiores efeitos futuros. Enfim, veremos nos próximos episódios.
  • Deva precisa mesmo estar envolvida em toda tragédia da cidade?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Netflix Divulga TOP 10 Séries mais vistas por super maratonistas

PREPARAR, APONTAR, ASSISTIR: MAIS DE 8 MILHÕES DE ASSINANTES QUEREM SER OS PRIMEIROS  NA MARATONA DE SÉRIES DA NETFLIX
Um novo tipo de aficionado surgiu com a Netflix, e eles estão correndo para serem os primeiros a terminar séries como Stranger Things, House of Cards, Fuller House e outras . Assistir a uma série inteira antes de todo mundo virou um novo símbolo de status.
A Netflix mudou a forma como o mundo se relaciona com séries  - espectadores podem assistir quando, onde, como quiserem e, principalmente, em qualquer ritmo. Ao fazer isso, a Netflix viu o surgimento de um novo tipo de fã: o super maratonista. Completando em um dia o que os outros levam semanas, os super maratonistas se empenham para serem os primeiros a terminar uma série, assistindo a uma temporada inteira nas primeiras 24 horas após o lançamento. 

No total, 8,4 milhões de assinantes da Netflix se tornaram super maratonistas, e a única coisa mais rápida do que o ritmo em que eles assistem a séries é o ritmo de cresc…

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…