Pular para o conteúdo principal

White Collar – 04x12: Brass Tacks


“Você está pronto para derrubar um gigante?”

Mais um capítulo na busca da verdade sobre o pai de Neal. Dessa vez, eles descobrem que o envolvido pode ser o Senador Terrance Pratt, que era capitão da polícia na capital, ao mesmo tempo em que James e Ellen, o que leva Peter e Neal a considerar que ele era um dos policiais corruptos que está na caixa de evidências de Ellen.   

Quando conseguem o itinerário do senador pela cidade, o FBI arma um jeito de implantar escutas no Senador, aproveitando da parada dele por uma barbearia tradicional. É engraçado ver como Neal se deleitava com as coisas luxuosas da vida, enquanto vivia de trapaças, e ver como isso é recebido por Peter, como quando ele diz que nunca fez a barba dessa forma, com toalhas, espuma aquecida e lamina precisa. Trabalho honesto recompensado com coisas simples e trabalho sujo recompensado com luxo.

Com isso, eles conseguem flagrar o encontro do Senador com um dos maiores construtores da cidade, Cole Edwards. Depois dos freios do carro de Peter terem sido sabotados e o agente parar no hospital, Elizabeth pede a Neal que investigue a chave sozinho e não envolva Peter, mesmo que tenha que mentir. Apesar de ter sido meio forçado, já que ela sempre pediu a Neal para ser honesto com o marido, ajudou e defendeu Neal quando ela acreditava, e acompanhou toda a evolução do relacionamento entre os dois, podemos relevar e entender, uma vez que o marido dela está sob uma grande ameaça dessa vez, e poderia ter morrido.

Paralelamente, temos Mozzie e Jones indo atrás de um dos contatos de Mozzie para saber mais sobre a chave que Neal recebeu de Ellen, chamado de “KeyMaster”, e temos novamente o FBI trabalhando com a ajuda do paranóico. Muito boa as cenas de interação entre os dois, contanto com ironias e mostrando perfeitamente como são diferentes. E para conseguir essa informação com o KeyMaster, Mozzie tem que se desfazer de algo que gosta. No diálogo com Neal, ele diz que é hora de se sacrificar pelo amigo, depois de ver como Neal e Peter se arriscaram um pelo outro. Como já venho dizendo, isso mostra o quanto o personagem também se aprofundou em questões mais introspectivas, já que é nessa direção que está sendo conduzida essa temporada.

Além disso, vemos como James não cai na lábia de Mozzie e consegue descobrir que está sendo passado para trás, com a troca de chaves, feito para deixar Peter de fora da investigação. Ele consegue pegar as mesmas informações que foram passadas para Mozzie e conta para Peter, que percebe que Neal está tramando algo pelas suas costas. Mal sabe ele que tudo isso é a pedido de Elizabeth...

Mesmo com a decepção de Peter quando vê que Neal está mentindo, e diz: “Ele acabou de mentir para mim, na minha cara”, Elizabeth continua sem dizer nada, para proteger o marido. Pratt é perigoso e pode prejudicar muito ainda.

Quando Neal encontra Edwards, se passando por arquiteto, imagino que tenha sido uma grande ironia o nome falso escolhido: William Grey. Isso porque Matt Bomer era um dos grandes nomes para interpretar Christian Grey da adaptação que será feita do livro “50 tons de Cinza”.

Confesso que fiquei surpresa com a saída de Reese, tramada pelo Senador. As vezes eu suspeitava dele ter algum envolvimento com alguma coisa errada, é um personagem tão pouco explorado, e muitas vezes parece mal saber o que acontece com a própria equipe. Porém durante essas quatro temporadas, só nos foi mostrado o lado honesto dele. E vemos também que o adversário da vez não é brincadeira e pode mexer com todos diretamente, a começar pelo alto da hierarquia, já mostrando a que veio.

E a cena final, com Peter visivelmente abalado por tudo, sabotagem, mentiras do Neal e saída do chefe, diz que irá atrás do Senador com tudo, que virou pessoal, tanto quanto é para Neal. E quando diz: “Isso é o que eu faço”, pode-se sentir uma pequena provocação a Caffrey, pois descobrir sujeira está relacionado ao seu trabalho.

E mais uma vez voltamos a brincadeira de gato e rato entre os dois. Acredito que episódios mais agitados e com mais ação estão por vir nas próximas semanas, com a aproximação do final da temporada e o grande vilão aparentemente revelado. Agora vamos ver quem tomará o lugar do Reese, e como as coisas seguirão daqui para frente, provavelmente grandes mudanças estão por vir!


Neal: Você está pronto para derrubar um gigante?
Peter: Pegue o seu estilingue!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Agenda de Séries

Agenda de séries:

Fique por dentro das séries que vão ao ar no dia nos Estados Unidos com essa super agenda.  Dúvidas, críticas elogios... Caso haja algum erro na agenda, mencione-o nos comentários.

O Fim da Saga Red John em "The Mentalist"

Por Jaqueline Pigatto
Chegou ao fim uma das maiores sagas dos seriados da atualidade. Patrick Jane finalmente colocou as mãos em Red John, o serial killer que matou sua esposa e filha. A série, que teve início há 6 anos, sempre focou na busca do protagonista por vingança, com Red John sempre alguns passos à frente, criando mais perguntas para as poucas respostas que conseguíamos, praticamente entrando na mente de Jane e roubando uma memória feliz, até conseguindo sua lista de suspeitos, revelada ao final da quinta temporada.
A partir dali sabíamos que o momento tão esperado chegaria. A produção confirmou: vamos descobrir nessa temporada quem é Red John. Os 7 suspeitos da lista eram personagens que frequentemente passavam pela série, em sua maioria policiais ou ligados ao governo. Pessoas de poder e influência. Mas poucos fãs acreditavam que realmente seria um daqueles. Sempre teve a teoria de que o Red John seria o próprio Patrick Jane. O bizarro Brett Partridge era uma das principais…

Netflix Divulga TOP 10 Séries mais vistas por super maratonistas

PREPARAR, APONTAR, ASSISTIR: MAIS DE 8 MILHÕES DE ASSINANTES QUEREM SER OS PRIMEIROS  NA MARATONA DE SÉRIES DA NETFLIX
Um novo tipo de aficionado surgiu com a Netflix, e eles estão correndo para serem os primeiros a terminar séries como Stranger Things, House of Cards, Fuller House e outras . Assistir a uma série inteira antes de todo mundo virou um novo símbolo de status.
A Netflix mudou a forma como o mundo se relaciona com séries  - espectadores podem assistir quando, onde, como quiserem e, principalmente, em qualquer ritmo. Ao fazer isso, a Netflix viu o surgimento de um novo tipo de fã: o super maratonista. Completando em um dia o que os outros levam semanas, os super maratonistas se empenham para serem os primeiros a terminar uma série, assistindo a uma temporada inteira nas primeiras 24 horas após o lançamento. 

No total, 8,4 milhões de assinantes da Netflix se tornaram super maratonistas, e a única coisa mais rápida do que o ritmo em que eles assistem a séries é o ritmo de cresc…

Entendendo Game Of Thrones

Game of Thrones é uma série que acaba se tornando bem difícil de explicar, e isso ocorre justamente por causa da complexidade dos personagens, que são muitos, e pela quantidade de subtramas existentes. Então, meu objetivo com esse texto é fazer com que uma pessoa que nunca viu ou que não tenha entendido muito a premissa da série, entenda de forma clara qual a principal narrativa. Nesse texto não vou entrar em detalhes sobre os personagens e subtramas (senão você ficaria horas aqui lendo), apenas vou tentar mostrar a direção e o que a série propõe.
Como todos sabem, a série Game Of Thrones (produzida pela HBO) é a adaptação dos livros de fantasia épica escritos por George R.R. Martin, que são chamados de As crônicas de gelo e fogo. Já se passaram a 1° e 2° temporada, adaptando o primeiro (A guerra dos tronos) e o segundo (A fúria dos reis) livro, respectivamente. E nesse domingo é a estreia da terceira temporada, que irá adaptar a primeira parte do terceiro livro (A tormenta das espadas…

Especial: TOP 5 séries que você não deve assistir com a sua mãe

Olá, leitores! Hoje não é um dia qualquer, não é um simples domingo onde você, caro leitor, comerá um pedaço de pizza do sábado à noite no almoço, porque hoje é o dia das mulheres da vida de cada um de vocês, das mulheres que consideram sagradas. Hoje é dia das mães! O Viciado Em Série não poderia deixar de prestar sua homenagem, contudo, decidido a fazer algo diferente do bom e velho “TOP 5/10 Mães de Séries/Filmes”, segue o "TOP 5 Séries Que Você Não Deve Assistir Com a Sua Mãe".
5º Lugar - Game of Thrones

Uma série da HBO para maiores de 18 anos cheia de nudez, cenas de sexo, incesto, orgias, guerras, violência de todos os tipos, entre outras situações embaraçosas. Game of Thrones, definitivamente, não é o tipo de série para você assistir ao lado da sua querida e sagrada mãe, afinal, qual filho não fica constrangido diante uma cena de sexo em um filme aleatório sendo assistido junto dela? Agora imagina uma cena dessas entre dois irmãos... Pois é, MELHOR NÃO! 
4º Lugar – Tr…